web analytics

Banco fecha conta de donativos do Tugaleaks sem mostrar motivos ou documentos


Novidades do Tugaleaks por e-mail:


Na passada sexta-feira, um banco privado fechou de forma no mínimo imoral a conta de donativos do Tugaleaks.

 

euro20010 Banco fecha conta de donativos do Tugaleaks sem mostrar motivos ou documentos

 

Anunciamos a conta na quarta-feira nesta página para fazer face às nossas despesas que mensalmente são cada vez maiores. Despesas em investigação, material tecnológico e outras são suportadas até hoje inteiramente por quem dedica o seu tempo a uma simples causa: expor informações controversas.

Pelas 10h15m da manhã de sexta-feira, o Tugaleaks, aqui representado pelo seu fundador, recebeu um contacto da agência onde dois dias antes tinha aberto uma conta bancária e onde na mesma instituição tem uma conta particular. Naquele dia de abertura, nada foi abordado ou indicado como possibilidade da conta não poder ser mantiga.

Ao chegar ao balcão fomos confrontados e surpreendidos com um diálogo onde o mesmo agente que fez a abertura da conta nos indica que “os donativos são complicados (…) vindos do estrangeiro tem leis específicas (…) se não pretender cancelar a conta será o banco a fazê-lo, e enviamos-lhe uma carta onde tem 15 ou 30 dias para responder”.
Foi de imediato solicitada a possibilidade de levar naquele momento a “prova” que vinha de um departamento que tinha dado a ordem par afechar a conta, as leis a que se referiam, e se a conta podia ser passada para uma “conta pessoal”. Nada disto foi possível. Alias, pela conversa foi notório que o agende não estava a conversar com uma pessoa, mas sim a transmitir uma ordem a uma pessoa. A ordem vinha de cima.
Por um contacto telefónico posterior para a linha de atendimento, foi-nos possível apurar que a conta tinha sido fechada antes de sermos chamados ao banco.

Mais grave é que isto se passou a uma sexta-feira. Se por qualquer o Tugaleaks não pudesse estar presente naquela instituição bancária, significaria um período de “ignorância” até segunda-feira, uma vez que o atendimento telefónico não pode dar informações e remete sempre para a agência.

 

O que é preciso para abrir uma conta em Portugal?

Certamente não é preciso perguntas sobre o motivo da conta, “qualquer pessoa pode abrir praticamente quantas contas quiser”, indica-nos um TOC, a quem o Tugaleaks recorreu. E aos jornalistas a quem perguntamos, a opinião foi a mesma.
Segundo o Aviso do Banco de Portugal n.º 11/2005, na redacção que lhe foi dada pelo Aviso n.º 2/2007, no art. 8, mostram os limites a que a nossa conta devia ter estado sujeita. Em ponto algum indicam o longo interrogatório sobre o tipo de donativos, para que “instituição” eram (indicamos o nome e o site do Tugaleaks) e a proveniência. Indicamos sempre que cada donativo teria sempre um recibo verde associado, não só pela informação que prestamos ser um serviço mas também para enriquecer a legalidade do acto.
Naquela quarta-feira tentamos abrir uma conta da parte da manhã, e foi-nos indicado para voltar à tarde, porque uma conta de donativos era “uma conta especial”.
Aparentemente, parece que nem todos os bancos pretendem receber dinheiro.

No entanto, espalham-se causas pela Internet de bebés com cancro ou deficientes de causas tão ou mais nobres que a nossa sem que para qualquer banco houvesse até hoje um impedimento da abertura de uma conta.

Mesmo se o Tugaleaks fosse um traficante profissional de droga – o que não é – apenas com uma ordem judicial era possívle fechar uma conta.

 

O caso do Tugaleaks

O Tugaleaks parece que não é “um site qualquer”. A começar pelo seu fundador estar como arguido num processo deste Março, passando pelo Tugaleaks ter sido mencionado no CIA Factbook de Portugal em finais de Março e do site do Tugaleaks ser censurado nas escolas (ver também notícia do Jornal SOL) em inícios de Junho.
Agora, um mês depois, um cidadão que represente o Tugaleaks não pode abrir uma conta e mencionar o Tugaleaks que levanta logo vários problemas.

Mas o único problema que o Tugaleaks vê aqui é algo bastante mais simples: se a conta fosse pessoal, se as palavras “donativos” e “Tugaleaks” não fossem escritas, a conta não teria problemas. No entanto, o Tugaleaks para defender a verdade tem também que a praticar: e decidiu desde o início dizer para o que é que era a conta quando foi inquirido pelo agente do balcão.

 

A nossa luta

Pela desinformação que o banco indicou, pela falta de informação do canal telefónico e por acharmos injusta e ilegal esta acção, decidimos apresentar uma queixa no Banco de Portugal:

 

bancodeportugal Banco fecha conta de donativos do Tugaleaks sem mostrar motivos ou documentos

 

Vamos ainda no dia de amanhã apresentar uma queixa na instituição bancária, em livro de reclamações, e entregar também uma carta do movimento Tugaleaks nesse mesmo balcão para a Administração do banco.

Na próxima quarta-feira teremos mais desenvolvimentos sobre este assunto num novo artigo, possivelmente com o nome do banco e eventuais respostas dadas, ou não, sobre mais uma tentativa de calar o Tugaleaks.

 

Comentários

  1. Zé António diz:

    De todos os artigos que ja li neste blog este deve ser o mais estupido deles todos, alias, estúpidos são quem doa dinheiro a este sr.

    Este sr anda a traz do vosso dinheiro, Se ainda n repararam este site tem pelo menos 3 banner publicitários por página. Isto é um pagamento e Ads que este Sr recebe, certamente o suficiente para pagar um dominio .com que custa 7,5 euros ano bem como o alojamento que no máximo custa 100 eur por ano, bem mais deve ele tirar em publicidade.

    E ainda à idiotas que depositam dinheiro na sua conta… Sim sr que cambada…

    1. Zé Verdades diz:

      Zé António, conta-nos mais acerca de seres uma triste ovelha do sistema que tem a mania que é mais esperto que os outros mas que na verdade não passa de um ignorante :D

      1. coelho diz:

        Como é que este país há -de progredir , se vem a falar de bugalhos e vem logo um otário ( Zé António ) a falar de alhos .

      2. Zè Antonio diz:

        Não sei se sou eu o ignorante ou se es tu.

        Para te provar do falo lê este artigo http://www.ptblog.info/entrevista-com-rui-cruz/

        Interessante a frase “O que me motiva é o dinheiro, como a grande parte das pessoas que tentam obter um income da Internet.” e não fui eu que escrevi.

        Agora lé e repensa no que disseste se serão eu o ignorante ou todos os estupidos que acreditam nesse atrasado mental.

        1. Rui Cruz diz:

          É interessante veres coisas de 2010 antes de fundar o Tugaleaks. E ignorares o que escrevo depois.

          E mais interessante, é que tu e a Sophya tentam sempre atacar-me quando o site não é só meu.

          Ataques pessoais não vão ser mais tolerados. Ou comentas o artigo em si, ou ignoras-o.

          Rui Cruz

    2. Zé António.. são donativos. Quem os faz não se questiona como serão aplicados e apenas os faz porque tem interesse que o site/organização continue em funcionamento. É como fazer donativos para a Unicef ou para o Kony2012.

      A questão é porque encerraram a conta? Com que legalidade o fizeram?

      Mas o chico esperto, tipicamente tuga invejoso vem-se questionar com coisas irrelevantes… Temos o país que merecemos… com muita pena minha…

      1. Zé Antonio diz:

        Dou-te razão na parte de fazer donativos para a Unicef e Kony2012, eu tambem o faço principalmente para a Unicef quando deixo que parte do meu IRS seja entregue a esta instituição. Uma instituição legal e com fins bem definidos, com uma contabilidade organizada que está disponivel no site deles e que me diz exactamente onde é aplicado meu dinheiro.

        Que eu saiba a tugaleaks não é nenhuma organização legal, não paga impostos, metade dos artigos são falsos na maioria com interesses pessoais.

        Agora invejoso? Não vivo com o que tenho e demais de nada preciso, os meus rendimentos são dignos e todos eles são pagos impostos,

        1. Ze da Ti Julia diz:

          lol há pessoas mesmo muito muito ignorantes -.-

    3. Wolfman diz:

      Zé antónio não achas que quem defende os pequenos deve ganhar o seu dinheiro também? Ou achas que só os grandes tubarões dos lobbys podem facturar?
      Vê-se logo que és um grande otário ou um belo FDP que explora gente pobre.

    4. N diz:

      Zé António, se achas o negócio bom, cria um também…i.e. se tiveres capacidade para isso!
      Só dá que quer, ninguém é obrigado! Deves ter uma vida triste, preocupaste demais com a dos outros…

  2. vi diz:

    A favor da transparência e liberdade de informação, seria de interesse geral ver facturas das “famosas” despesas que o tugaleaks tanto se queixa!

  3. Hugo diz:

    “ZÉ VERDADES” COMMENT: ROOTTTTTFLLLL

  4. AM2L diz:

    A Enron tb dizia exactamente aos seus accionistas como aplicava o dinheiro… e foi por ali, Freddie Mac e Compª, k se iniciou esta crise financeira Mundial!
    Como é k alguém pode acreditar num livro contabilístico e em rúbricas como “outras despesas”?
    Eles mostram o k kerem mostrar, não necessariamente a verdade. Aliás, mostrar a verdade qualquer um mostra. O “bom contabilista” é o k consegue esconder a verdade de forma tecnicamente credível. É preciso ser-se muito ingénuo para se ignorar isto!!!
    Mas isso daria outro debate…

    A questão aqui é a legalidade e a moralidade do fecho de conta por parte do banco, e para mais, nos termos em k se deu.

    Força TugaLeaks, não desistam :-)

  5. Nome diz:

    e que tal abrir uma conta na ilha de man ou em gibraltar ? não resolve ?

  6. Ruben F diz:

    Tipo existe o Paypal… querem melhor? Para receber donativos é o melhor que há…

    Em relação ao Chico esperto do Zé António, vai para a put* da tua ilha e deixar estes senhores trabalhar! Como qualquer entidade que participa na sociedade o TugaLeaks deve ter em sua posse fundos para que se possa movimentar… e não é só isso estes senhores mesmo que recebam dinheiro e fiquem com ele (não me refiro aos donativos mas sim ao da pub) não vejo qual é o mal… quem trabalha deve ser recompensado!

    Esta é provavelmente a única media portuguesa não controlada pelo Estado!
    Deixem os homens trabalhar!

  7. Sophya diz:

    Zé António, finalmente encontro alguém que não está no rebanho do Rui Cruz.

    1. Zé Antonio diz:

      Não sou apoiante de qualquer partido politico, nem tenho nenhum taxo e nem vivo à base de subsisdios.

      Trabalho todos os dias, tenho o meu trabalho, vivo a minha família. Todos os meses pagos as minhas prestações como qualquer bom cidadão. (Se os bancos ganham o dinheiro deles não é meu problema, tendo fazer a minha vida o mais barata possível mas honestamente)

      Nunca entrei numa loja da segurança social. Nunca pedi um subsidio de nada

      Tenho compro, não tenho não compro. Simples, Pagos os meus impostos como todos deviam fazer. (Se todos o fizessem não estávamos na situação que estamos)

      Por isso não defendo políticos, nem bancos nem ninguém.

      Agora ver pessoal como este a criar forums e blogs a dizer mal de tudo e de todos e sem qualquer pingo de democracia (ainda ameaçam de retiram comentários)

      Podem-se fazer manifestações e criticas construtivas sem denegrir a imagem das pessoas nem destruir o património alheio.

      Sei muito bem como funciona um blog, as comissões sobre os artigos, artigos comprados ou encomendados, lucros sobre a publicidade, etc… E este é só mais uma forma de ganharem uns tostões que alias é bem mais do que o ordenado dos que os defendem ( e não estou a falar de ordenados mínimos, nem subsídios de RSI)

      Abram os olhos que esta gente não interessa, lutem pelo que realmente interessa.

  8. Três sugestões:

    1 – Revejam o Português dos textos que escrevem. Este é capaz de ser o pior que já vi aqui e não só vos tira credibilidade como ainda vos faz parecer ignorantes. Se querem realmente lutar contra injustiças e serem levados a sério nessa luta, não podem transmitir uma imagem de analfabetos.

    2 – Arranjem uma conta do Paypal e usem-na para os donativos em vez de usarem a conta do banco. Infelizmente por cá a corrupção ainda fala mais alto do que muitas coisas e por isso quem tenta fazer algo acaba por ser pisado.

    3 – Deixem de ser sensacionalistas e de refilar por tudo e por nada e/ou com uma maneira de falar (escrever) que faz parecer que são só mais um tuga qualquer que adora refilar com tudo e com todos. Têm razão neste artigo mas a maneira de escrever torna-o pouco credível, parece que é escrito por um bando de reaccionários revoltados contra algo que nem eles sabem o que é. Com a dedicação que vocês têm, podiam fazer um trabalho muito melhor.

    Boa sorte para resolver a história do banco.

  9. Luis diz:

    Caríssimo Rui,

    Sou seu apoiante, mas por acaso estive atento a este post e devo dizer que o Zé António tem razão. Você já eliminou 3 comentários que não são do seu agrado.

    Isso não é jornalismo nesse aspecto está a ser como todos os jornalistas “do estado” que você tanto critica.

    1. Rui Cruz diz:

      Caro Luis,

      Eu acho que já fui muito claro, mas vou voltar a sê-lo novamente:
      Não são permitidos, ainda por cima depois de outro aviso, qualquer ataque pessoal a qualquer pessoa – seja membro ou não do Tugaleaks. O post em causa eliminado dizia apenas ao contexto de ataque e não ao comentário deste post.
      Quando houveram ataques pessoais aos membros do Wareztuga num post que facilmente o pode encontrar neste site, também esses foram apagados.
      E assim o será no futuro.

      Como tal, e apenas para deixar aqui novamente o aviso que já deixei antes: “Ataques pessoais não vão ser mais tolerados. Ou comentas o artigo em si, ou ignoras-o.”

      E devido a tantas complicações, irei falar com os restantes membros do site sobre a hipotese de adicionar isso às regras já qude a nossa política que está no topo do site com link é abstrata nesse âmbito.

      Rui

      1. Rui,

        No artigo das escadas rolantes há uns dias foram apagados vários comentários que não atacavam absolutamente ninguém. Esses foram apagados porquê?

      2. Ignorem o meu post anterior, já vejo o meu comentário, peço desculpa. Ou estava em fila de espera para moderação ou então foi a cache do browser que me pregou um truque. Peço desculpa.

  10. Mas olhe se você escreveu asneiras no passado deve viver com isso. \n\n Faz parte da condição humana.

  11. vi diz:

    Curiosamente, ataques pessoais feitos à minha pessoa, à Sophya, ao Zé António e aos demais utilizadores que criticam certas noticias/posições do Tugaleaks já são permitidos.

    Mais uma vez, curioso esta definição de democracia e liberdade de expressão do Tugaleaks.

    Não teu esqueças Rui… Os trapos são como os chapeus… Há muitos, mas há uns mais memoráveis que outros. ;)

    PS: Claro que os ataques ao Wareztuga foram censurados, fazem parte da pandilha de que tanto apoias. Que admiração! A máscara está-te finalmente a cair.

    Nem é preciso fazer muito para ver o verdadeiro Rui Cruz a revelar-se.

    O AstonMartin manda-te beijinhos. ;)

  12. Mas olhe se você escreveu asneiras no passado deve viver com isso. Faz parte da condição humana.

  13. Mas olhe se você escreveu asneiras no passado deve viver com isso. Faz parte da condição humana.

  14. treco diz:

    “Os trabalhadores ingleses recebem os ordenados semanalmente! Mas há
    sempre uma razão para as coisas e os trabalhadores ingleses, membros
    de uma sociedade MAIS crítica do que a nossa, não fazem
    nada por acaso!

    Lembrando que o 13º MÊS em Portugal foi criado em
    1972 no governo de MARCELO CAETANO e que nenhum governo depois mexeu nisso, “fala-se agora que o governo pode vir a não pagar
    aos funcionários públicos o 13º mês ou subsídio de natal.Se o fizerem,
    é uma roubalheira sobre outra roubalheira.

    O 13º mês é uma das mais escandalosas de todas as mentiras dos donos
    do poder, quer se intitulem “capitalistas” ou “socialistas”, e é
    justamente aquela que os trabalhadores mais acreditam.

    Eis aqui uma modesta demonstração aritmética de como foi fácil enganar
    os trabalhadores.

    Suponhamos que você ganha €700,00 por mês. Multiplicando-se esse
    salário por 12 meses, você recebe um total de €8.400,00 por um ano de
    doze meses.
    €700,00 X 12 = € 8.400,00

    Em Dezembro, o generoso governo manda então pagar-lhe o conhecido 13º Mês

    € 8.400,00 (Salário anual)
    + €700,00 (13º salário) =
    ——————————————————–
    € 9.100,00 (Salário anual + o 13ºMês)

    O trabalhador vai para casa todo feliz com o “governo amigo dos
    trabalhadores” que mandou o patrão pagar o 13º.

    Agora veja bem o que acontece quando o trabalhador se predispõe a
    fazer uma simples conta que aprendeu no Ensino Básico:

    Se o trabalhador recebe €700,00 mês e o mês tem quatro semanas,
    significa que ganha por semana € 175,00.

    €700,00 (salário mensal) e 4 (semanas que tem o mês) = € 175,00 ( de
    salário semanal)

    O ano tem 52 semanas. Se multiplicarmos

    € 175,00 (Salário semanal)
    X 52 (Número de semanas anuais)
    ——————-
    € 9.100,00.

    O resultado acima é o mesmo valor do Salário anual + o 13º salário .

    Surpresa, surpresa? Onde está, portanto, o 13º Salário?

    A explicação é simples, embora os nossos conhecidos líderes nunca se
    tenham dado conta desse fato simples:

    A resposta é que o governo, que faz as leis, lhe rouba uma parte do
    salário durante todo o ano, pela simples razão de que há meses com 30
    dias, outros com 31 e também meses com quatro ou cinco semanas (ainda
    assim, apesar de cinco semanas o governo só manda o patrão pagar
    quatro semanas) o salário é o mesmo tenha o mês 30 ou 31 dias, quatro
    ou cinco semanas.
    No final do ano o generoso governo presenteia o trabalhador com um 13º
    salário, cujo dinheiro saiu do próprio trabalhador.

    Se o governo retirar o 13º salário ou subsídio de natal dos
    trabalhadores da função pública, o roubo é duplo.

    Como palavra final para os trabalhadores inteligentes:

    Não existe nenhum 13º salário. O governo apenas devolve e manda o
    patrão devolver o que sorrateiramente foi tirado do salário anual.

    Conclusão:

    Os Trabalhadores recebem o que já trabalharam e não um adicional.

    13º NÃO É PRÊMIO, NEM GENTILEZA, NEM CONCESSÃO. É SIMPLES PAGAMENTO
    PELO TEMPO TRABALHADO NO ANO!

    E EU QUE NUNCA TINHA PENSADO NISSO …”

  15. Mas+olhe+se+voc%c3%aa+escreveu+asneiras+no+passado+deve+viver+com+isso.+Faz+parte+da+condi%c3%a7%c3%a3o+humana.

  16. Susana diz:

    Caro Rui, escritor deste artigo e fundador do site:

    Concordo com a opinião acima descrita, cujo nome do autor já esqueci – a tua escrita neste artigo é má, retira credibilidade ao que escreves.

    Concordo também quando mencionam para não seres piegas e não reclamares por tudo (lol), no entanto, concordo com a acção que estás a intentar. Eu posso dar-me ao luxo de não querer ter uma conta bancária, se tu não, e é de facto é injusto, portanto luta, com garra!

    Quanto às restantes críticas, entendo perfeitamente a necessidade de ordem e tentativa de servir de exemplo. No entanto, acredito só mesmo todos os contribuintes de Portugal – e quando digo todos, incluo aquelas classes aberrantes – tecnocrata e capitalista – é que faria Portugal ser outro.

    Quando olhamos a uma só árvore, perdemos a visão da floresta.

  17. Brafia 7 diz:

    Boas, venho cá dizer que eu propio sei os gastos que são implicados para ter um “site” activo e ter de dar informação “fresca” diariamente, Donativos são para transportes, pagar sites, pagar material informático etc etc, enquanto a publicidade? Não vejo nenhum mal em que os criadores do site no meio de tanto gasto tantas gestões e tanta trabalheira de manter os verdadeiros Portugueses/as (Aqueles que não recebem salários de 3000€ por Levar o pais a ruína) informados com a verdade, tomem algum “fruto” da sua colheita.
    PS: O SR. Rui Cruz faz muito por nós Portugueses/as mas mesmo que pouco ele fizesse ainda estava a fazer mais que muitos nós que queremos dar a volta a situação do nosso pais estando sentados no sofá a ver a tv e a beber Cerveja.
    Força Tugaleaks! Gota a gota enche o rio!

  18. [...] Tal como indicado anteriormente, o Tugaleaks ao tentar abrir uma conta há precisamente uma semana atrás para donativos, deparou-se com a conta fechada após dois dias da mesma ter sido aberta. Sem aviso, sem explicações. O artigo no Domingo passado dava conta de uma série de factos moralmente contestáveis e, tal como prometido, hoje publicamos a continuação desta saga de discriminação e tentativa de opressão deste movimento cívico. [...]

  19. seria interessante saber qual o banco, confesso que ao ler atravessado não percebi se era mencionado ou não o nome da instituição não terrorista…

  20. Caro Rui, acompanho o seu trabalho há alguns anos. recentemente o Tugaleaks tem captado a minha atenção, na medida em que se coaduna com a realidade politico-social do País, bem como com algumas das minhas opiniões pessoais. Compreendo a sua incisividade, Eu próprio se escrevesse sobre determinados assuntos seria também um pouco cáustico. Todavia não posso deixar de concordar com alguns dos comentadores anteriores, o registo de “crónica/artigo de opinião” não está a ajudar o TugaLeaks. O Tugaleaks tem tudo para crescer como website de Jornalismo independente, bastaria para tal uma categorização que diferenciadora da “notícia” e da “crónica”.
    Defendo que seria uma mais valia para o leitor um relato nu e cru dos factos sem qualquer alusão à opinião pessoal do autor do artigo.

    Quanto às motivações financeiras, o trabalho tem de ser valorizado, é para mim legítimo que o website possa ter uma conta num banco de forma a receber donativos. Além disso ( provavelmente vou dizer uma barbaridade ) a rentabilização clássica via adsense está a morrer, parece-me legítimo que um webmaster procure novas formas de obter o cash flow necessário para cumprir o que é para mim principal requisito de qualquer website: A Evolução.

    Deixo assim a minha opinião; votos de um bom trabalho!

  21. Medinos diz:

    Caro Rui,
    Parece-me que tem um bom automóvel mas não sabe conduzir. A minha crítica aberta encontra-se disponível no bloque de entretenimento para o qual também escrevo. Sem AdSense e afins, diga-se de passagem.
    Espero que tenha sentido de humor.

    1. Ze Antonio diz:

      Interessante artigo que em forma de ironia e sarcasmo. Prova o quanto idiota é este site ;) E os seus autores. Se fosse eu ao BCP metia mais um processo a juntar a quantos outros que o Sr. Cruz ja tem. hahahaha

  22. [...] 2010 as Portugal's Wikileaks, had its bank account for donations arbitrarily closed on July 13 with no official communication [pt]. Tugaleaks contributors were finally told the account had been closed based on Act 25/2008 [...]

  23. Anonymous diz:

    Não sei qual o problema do desagrado de certo leitores deste blog… ou seja, se acham este blog mau, porque o lêem??? seja por ter erros, por pedir donativos ou por outro motivo qualquer. Serão vocês todos bancários???

    O Donativo só dá quem quer, ninguém é obrigado e vocês discordam porque tem PUB, já os Bancos vão tirando pequenas quantias à vossas contas sem nada fazer e chamam-lhes taxas de isto e aquilo… e isto já concordam, mas eu chamo ROUBO.

    Enfim, segundo quanto sei, o Tugaleaks é dos Blogs mais lidos em Portugal e será mais por isto que causa muita impressão a muita gente e se sente incomodada porque é que um Blog que tem erros e tem tanto sucesso. A resposta é: contem verdades inconvenientes.

    Até se sentem ofendidos e até censurados quando são apagados os Posts que deitam abaixo o esforço dos editores deste Blog. Pah o Blog é deles… não é como na TV que vos dizem que é pública e é manipuladas a favor dos poderosos.

    PS: Oh Zé António vai apanhar no ** e paga o teu imposto sobre isso.

    FORÇA TUGALEAKS eu simpatizo com o vosso trabalho…

  24. [...] as histórias anteriores sobre este caso (aqui, aqui, aqui, e aqui) podemos ver que o Millennium BCP fechou a conta de donativos do Tugaleaks. [...]

  25. Bicharel das Beiras diz:

    Ze Tonho, a malta gosta muito de peida mas e, sem pelos. Ai Tonho… Tonho que a vida ta dificele… para te prestares a este papel.