web analytics

Exclusivo

Tugaleaks censurado nas escolas Portuguesas

|

A maioria das escolas por todo o país bloqueia o Tugaleaks. O sistema OPTENET gerido pela PT faz o bloqueio sem motivos aparentes. O Tugaleaks exige ao Ministério da Educação a rectificação da situação.

464386 354828311223339 1399906553 o1 Tugaleaks censurado nas escolas Portuguesas(clica para ampliar)

 A imagem acima mostra o ecrã do bloqueio. Isto acontece em todas as páginas incluindo a inicial e não apenas numa.

Num estado de direito termos um site de activismo bloqueado é inaceitável. Democracia é bonita, mas não resolve tudo. Temos que individualmente dar o nosso, “bater punho” e dar valor ao que fazemos. O Tugaleaks pauta-se para dar todos os dias uma informação diferente, sem alaridos ou femónenos semelhantes que estamos habituados nos media tradicionais.

Não entendemos assim, como é que um pouco por todo o país escolas públicas e privadas bloqueiam este site.

O Tugaleaks conseguiu acesso a duas escolas, e testou alguns URLs. Alguns sites pornográficos menos conhecidos (mas ainda assim de renome internacional) conseguiram ser abertos. O site do TOR – torproject.org – que permite criar formas anónimas de ir à Internet está disponível. Até sites com o webloic, uma ferramenta básica que permitem fazer DDoS a websites,  estão disponíveis.
O Tugaleaks, um site noticioso, que segundo a CIA apenas “dá notícias de protestos” está bloqueado. A menos que o sistema da OPTENET, a PT, ou Ministério da Educação ou outra entidade gestora activa ou passivamente na selecção de bloqueios tenha feito uma investigação diferente, é como site de notícias de protestos ou site de activismo que nos anunciamos ao público.
Será isto simples censura ou oportunidade política?

O sistema de bloqueio, sob o slogan “Junte webs ao filtro” chama-se OPTENET e é gerido, segundo o logotipo, pela PT Comunicações. A gestão centralizada deste serviço permite à PT definir os sites bloqueados por categoria ou apenas por URL. A maioria dos sites como o facebook.com pode ser acedido com https e o filtro OPTENET deixa de funcionar. No entanto alguns sites não permitem https e é aí que reside o problema.
Existem ainda outras formas de ultrapassar este ferramenta, usando o Google Translator ou serviços de proxy menos conhecidos.

Este filtro é aplicado nas escolas sem as mesmas terem o controlo necessário. Um aluno que deseje fazer um trabalho sobre hacktivismo, activismo, cidadania ou verdade da informação vê o seu trabalho bastante desfavorecido.

É por isso urgente que se faça cumprir o Artigo 35.º da constituição, que fala da Utilização da informática e que indica no seu ponto 6 que “A todos é garantido livre acesso às redes informáticas de uso público, definindo a lei o regime aplicável aos fluxos de dados transfronteiras e as formas adequadas de protecção de dados pessoais e de outros cuja salvaguarda se justifique por razões de interesse nacional.”

O Tugaleaks não expõe dados pessoais e está situado num domínio de uso público. Exigimos assim o total acesso do nosso site nas escolas Portuguesas.

misi newlogo Tugaleaks censurado nas escolas Portuguesas

Para esse efeito, tentamos hoje contacto com o Ministério da Educação. Parece aparentemente difícil obter ajuda nesta questão, mas finalmente fomos parar ao MISI e falamos com alguém que nos pareceu ter conhecimento dos filtros e que nos pareceu também querer pelo menos investigar a situação. Para nós, isso basta.

Voltaremos a este assunto dentro de algumas semanas, caso a situação não esteja resolvida.

 

Isto pode tornar-se rotina mundial

É por bloqueios como estes que o protesto deste sábado contra o ACTA organizado pelo Tugaleaks em Lisboa, é importante. O que aconteceu aqui pode ser meramente um erro, mas com o ACTA aprovado pode ser algo diário e que passe a ser normal.

Lutamos por uma Internet livre e irrevogável.

 

ACTUALIZAÇÃO 14 de Junho, 11h: tendo em conta que o site continua bloqueado, o movimento cívico Tugaleaks solicitou uma audição à Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura para expor este caso de censura.

 

28 Comments

  1. Pingback: CENSURA: Tugaleaks censurado nas escolas Portuguesas | Fodi.me MEO Passwords

  2. Sophya

    06.06.2012 19:35:24 at

    Rui Cruz, como descobriu que o seu site está censurado? É empregado de limpeza na escola ou finalmente anda a fazer o 9º ano?

    • Diogo Candeias

      14.06.2012 11:40:56 at

      Sophya… Se és realmente alguem com algum tipo de estatuto, porque é que só dizes merda? :x
      Porttanto, como a lei é uma “bosta”, seguindo a tua linha de raciocinio, porquê cumpri-la? Serás daquelas pessoas que se eu roubar alguem na rua, vou preso, mas se um ministro ou figura publica roubar milhões a um país, devemos de trabalhar mais para repor esse dinheiro?
      Os teus argumentos não têm qualquer tipo de sentido! Não é possivel fazer um trabalho a partir de um site só de notícias? Há quanto tempo andaste na escola? Há 50 anos?? Não deves de fazer a minima ideia do tipo de trabalhos que são pedidos em determinados cursos. E só por aí, devias de escrever um pouco menos.
      É claro que podemos ver IMENSAS semelhanças em relação a “sites porno” e “sites de noticias de protestos”…. <.< Porquê estar a comparar? Se tem a ver com bloqueios, porquê tambem bloquear sites de jogos? Ou melhor… ALGUNS sites apenas? Podemos no entanto aceder a outros tantos de todo o tipo de categorias… Libertem a mente… E libertem-nos a nós tambem! O governo está CONSTANTEMENTE a contra-dizer-se! Que nojo <.<

      • José Figueira

        14.06.2012 12:54:48 at

        Esse OPETENET bloqueia muita coisa. Mas às vezes tem falhas. Bloqueia quase todos os sites que têm jogos flash, porno, alguns sites de notícias, incluindo às vezes alguns de grande importância, como o Público, ou o Sol, só porque aparecia uma asneirola ocasional, ou porque tinha conteúdos mais pesados, mas a verdade é que tem falhas. Às vezes, é só preciso recarregar a página para o site aparecer. Outras vezes, como uma vez em que a Wikipédia ficou bloqueada para aí durante uma semana, é simplesmente impossível aceder. O que me parece é que em casos como facebook, e outros que tais, o bloqueio é manual, mas na maior parte é automático (se eu estiver a dizer algo de mal, não me julguem :s)
        Sources: Estou no 9º ano de escolaridade…

    • Velho Do Restelo

      21.08.2012 11:58:04 at

      Fique a saber que existem apoiantes do tugaleaks, nas escolas portuguesas. Não é preciso ter +18 anos para se entender como está portugal.

  3. Sophya

    06.06.2012 19:45:58 at

    “Um aluno que deseje fazer um trabalho sobre hacktivismo, activismo, cidadania ou verdade da informação vê o seu trabalho bastante desfavorecido.” – O Tugaleaks apenas publica notícias. Ninguém vai fazer um trabalho só com notícias. Isto é se alguém fizer um trabalho sobre esses assuntos, o que duvido. Os jovens fazem os trabalhos que lhes são pedidos pelos professores, que normalmente estão relacionados com a matéria leccionada (e que eu saiba não há nenhuma disciplina chamada “hacktivismo, activismo, cidadania ou verdade da informação”).

    • Nuno Ferreira

      14.06.2012 11:16:32 at

      eu como antigo estudantes do curso tecnologico de informatica tive que fazer trabalhos sobre 3 desses temas, e pelos comentarios que li nota-se que a senhora tem algum tipo de interesse por trás de todos os seus comentários,
      “O Tugaleaks é o site onde a criançada se junta, todos armados em hackers, pois partilha os programas que os piratinhas usam para fazer piratices.”? a sério entao tinham que bloquear o google porque tambem permite encontrar este tipo de programas…
      “Rui Cruz, como descobriu que o seu site está censurado? É empregado de limpeza na escola ou finalmente anda a fazer o 9º ano?” isto é puro ataque pessoal…

      Sabe qual o país ideal para si? China niveis de censura ao seu agrado de certeza.

  4. Sophya

    06.06.2012 19:47:21 at

    “Alguns sites pornográficos menos conhecidos (mas ainda assim de renome internacional) conseguiram ser abertos.” – Qual é o mal? Sites desse tipo fazem parte do desenvolvimento sexual dos jovens.

  5. Sophya

    06.06.2012 19:49:07 at

    “É por isso urgente que se faça cumprir o Artigo 35.º da constituição, que fala da Utilização da informática e que indica no seu ponto 6 que “A todos é garantido livre acesso às redes informáticas de uso público, definindo a lei o regime aplicável aos fluxos de dados transfronteiras e as formas adequadas de protecção de dados pessoais e de outros cuja salvaguarda se justifique por razões de interesse nacional.””. A pensar assim, os sites pornográficos, que acha ultrajante estarem desboqueados na escola, também teriam que ser desbloqueados.

  6. Sophya

    06.06.2012 19:51:36 at

    “Num estado de direito termos um site de activismo bloqueado é inaceitável. Democracia é bonita, mas não resolve tudo. Temos que individualmente dar o nosso, “bater punho” e dar valor ao que fazemos. O Tugaleaks pauta-se para dar todos os dias uma informação diferente, sem alaridos ou femónenos semelhantes que estamos habituados nos media tradicionais.” Engraçado, que os comentários que dizem a verdade sobre este site e o seu webmaster são sempre apagados.

  7. Sophya

    06.06.2012 19:56:14 at

    “Para esse efeito, tentamos hoje contacto com o Ministério da Educação. Parece aparentemente difícil obter ajuda nesta questão, mas finalmente fomos parar ao MISI e falamos com alguém que nos pareceu ter conhecimento dos filtros e que nos pareceu também querer pelo menos investigar a situação. Para nós, isso basta. Voltaremos a este assunto dentro de algumas semanas, caso a situação não esteja resolvida.” Podem esperar sentados. Acham que o Ministério da Educação não tem mais nada que fazer? Disseram isso para ver se vos calavam. Imagino a quantidade de mails que para lá enviaram…

  8. poiou

    07.06.2012 00:02:13 at

    o ultra surf resolve esse problema

  9. Diogo

    07.06.2012 11:36:40 at

    Rui, na minha escola, o Tugaleaks está bloqueado.
    Mas os sites pornograficos mais conhecidos como o RedTube e o XXNX não estão bloqueados e pode-se andar livremente nesses sites.

  10. Sócrates

    07.06.2012 13:36:12 at

    Esta (ou será este?) Sophya trabalha no Ministério da Educação e é a/o responsável pelo bloqueio do Tugaleaks.

  11. Zé Povinho

    07.06.2012 15:43:21 at

    “Alguns sites pornográficos menos conhecidos (mas ainda assim de renome internacional) conseguiram ser abertos.” – Qual é o mal? Sites desse tipo fazem parte do desenvolvimento sexual dos jovens.

    Acho perfeitamente lógico, antes crianças a ver pichas, conas e sexo explícito do que ter acesso livre à informação.

    Esse tipo de comentário faz-me lembrar o sketch do Gato Fedorento:
    “Ainda se andasse nas drogas… Era de homem! Agora andar nos escuteiros?!”

    “Sophya” se calhar estas a precisar de ir ver uns filmes pornográficos, a parte boa é que o consegues fazer sem problemas numa escola aparentemente.

    Triste este mundo…

  12. marko

    07.06.2012 17:23:56 at

    o regresso do lápis azul , agora também nos comentários

  13. Sophya

    07.06.2012 18:44:03 at

    Acesso livre à informação? O Tugaleaks é o site onde a criançada se junta, todos armados em hackers, pois partilha os programas que os piratinhas usam para fazer piratices. Com a qualidade dos servidores das escolas, não é difícil mandar os seus sites abaixo. Ainda quer mais razões para não bloquear o Tugaleaks nas escolas?

    • Joca

      14.06.2012 12:16:23 at

      Caso não saibas podes fazer ataques ddos sem qualquer pprograma, basta usares a linha de comandos, o problema não é esse (na minha opinião não é nenhuum, mas pronto). E como foi referido no post há sempre “proxys” para darem livre acesso aos sites, quem perceber alguma coisa de informática, vai sempre conseguir entrar em todos os sites. Agora acho bem que o tugaleaks se tenha pronunciado.

  14. Lamy

    07.06.2012 19:42:51 at

    Verdade , ainda á uns tempos tentei vir ao tugaleaks.com ver as noticias e falar com a rapaziada e o site estava bloqueado , só consigo aceder com um proxys :/

  15. António

    08.06.2012 10:21:01 at

    Há aqui meia dúzia de imbecis que parecem não perceber que se empresas como a PT, a mando do Estado, começam a bloquear sites como o Tugaleaks, caminhamos a largos passos para um sistema de censura que impede que as verdades venham ao de cima e os poderosos continuem a controlar a nossa vida com mentiras. Sim, mentiras. Mentiras e circos que só servem para nos distrair do que é importante. E não me venham com m*rdas e dizer que se permitem o Tugaleaks nas escolas então devem permitir os sites porno. Não é a mesma coisa, e só um burro imbecil seria capaz de dizer isso.

  16. masterbyte

    08.06.2012 11:33:48 at

    independentemente da matéria em causa censurada, é de lamentar isso acontecer nas escolas portuguesas…
    e só dão força ao provébio….
    “o fruto proibido é o mais apetecido…”

  17. Axfixia Democratica

    12.06.2012 22:39:04 at

    O povo ignorante é um povo submisso.

  18. Dog Hunter's

    13.06.2012 22:39:26 at

    Oh seus burros!!! N veem k sexo pode ser e tem k ser pk e uma forma de impedir o desenvolvimento criativo mantendo a nossa mente ocupada e iludida e entretida… (-vómitos) “o portugal do macho n e o portugal da femea”… a milhentas formas de controlo mental e plus vistos o tuga leaks esta á margem desse controlo e a provocar comixão aos VANMPIROS…. lol (vómitos novamente)….

  19. Dog Hunter's

    13.06.2012 22:40:14 at

    vOU BATER UMA PIVIA… =D

  20. alice

    14.06.2012 11:27:37 at

    Que existem pessoas que desejam o regresso ao passado,nós sabemos.
    Para essas:havia de lhes nascer um pinheiro no…traseiro.
    Liberdade de expressão: SEMPRE.
    A pornografia faz parte do desenvolvimento sexual…só um bocadinho para me rir ahahahahahahahahaha.Chega de risota senão ainda desmaio.
    Que a censura está a deitar as garras de fora,TODOS SABEMOS.
    Que fazer?
    Uma tesoura de poda sempre á mão………………………..

  21. Paulo Carlos

    14.06.2012 13:05:43 at

    @Sophya Nome ficticio para agente do ministério da educação, ou professor dos anos 90 na qual descobriu recentemente a internet.
    Segundo este individuo os sites pornograficos ensinam , digamos num termo simples “coisas” sexuais, e tem grande valor de aprendizagem, visto aqui nao so nesta noticia mas tambem nos comentarios as pessoas chegaram a conclusao que (ja devia ter chegado a nossa cara sofia) que a censura de sites como o tuga leaks e o principio, pois se nao se combate a censura a agora, tenho a certeza que daqui a uns tempos nem porn se vai conseguir ver na net.

  22. Pingback: Tugaleaks - Banco fecha conta de donativos do Tugaleaks sem mostrar motivos ou documentos

  23. Luis Lucas

    25.08.2012 15:10:23 at

    Wikileaks merchandizing:

    http://wikileaks.spreadshirt.com/

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>