Se está disposto a arriscar e começar 2022 a empreender, este é o artigo que procurava. Ao longo das próximas linhas vamos dar-lhe a conhecer 11 ideias e tendências de negócio que estarão em alta em 2022. Venha daí!

11 tendências de negócios para empreender em 2022

1.   Lojas online

O comércio eletrónico veio definitivamente para ficar e assume-se como a principal tendência de negócio para os próximos anos.

Segundo o CTT e-Commerce Report 2021, o comércio eletrónico B2C de produtos cresceu em Portugal 46% em 2020, para um valor total de cerca de 4,4 mil milhões de euros, o que representa mais 26 pontos percentuais do que o registado em 2019, ano em que o crescimento foi de 20%.

Estima-se que no final de 2021 serão já 4,6 milhões de portugueses a comprar online, perspetiva o relatório, consumidores que privilegiam as compras online de vestuário, calçado, computadores e produtos de higiene e cosmética.

Apesar destas categorias serem as que apresentam um maior número de vendas, as possibilidades do e-commerce são imensas e pode atuar, simultaneamente, em várias categorias diferentes.

Como lhe será exigido um investimento inicial para abrir uma loja online, uma boa solução pode ser optar por um crédito pessoal que, de forma simples e rápida, lhe permite usufruir de um financiamento a taxas de juro mais baixas do que, por exemplo, as de um cartão de crédito e um planeamento mais rigoroso do seu orçamento dado que o reembolso é pré-programado e pode ser diluído até um máximo de 84 meses.

Este é o caso do UNIBANCO, instituição que oferece no seu site um simulador de crédito pessoal que lhe permitirá calcular os valores de mensalidade para empréstimos entre €5.000 e €75.000 cruzando-o com o prazo em que pretende fazê-lo (entre 24 e 84 meses) e as taxas de juro específicas para cada escolha.

Para além da rapidez da adesão, das mensalidades fixas e do seguro, o crédito pessoal UNIBANCO está disponível para clientes de qualquer banco e não tem comissões de abertura

2.   Marketing de afiliados

A divulgação de produtos através de plataformas online, como as redes sociais, são uma das formas de marketing digital mais em voga dentro das empresas. Esta forma de marketing dá pelo nome de marketing de afiliados e, na prática, leva as empresas a procurarem perfis com visibilidade nas redes sociais ou blogs com muitos visitantes para que estas pessoas “vendam” os seus produtos da forma mais natural possível em troca de uma comissão.

3.   Trabalhar com Dropshipping

Se está a pensar abrir uma loa online em 2022, mas não quer de se preocupar com fornecedores e stocks, o sistema dropshipping é aquilo que procura.

Na prática, este sistema permite ao comerciante utilizar o stock de terceiros para efetuar as suas vendas, tendo apenas que se preocupar com o marketing e venda dos produtos.

Depois de feita a encomenda por parte do cliente, a ordem da transação segue para o fornecedor e este, por seu turno, faz o envio direto do produto em nome da sua loja para o cliente final.

A sua margem de lucro resultará da diferença entre o valor cobrado pelo fornecedor e o preço anunciado aos clientes no seu site.

4.   Consultoria digital

Com uma simples conexão à Internet e uma das muitas ferramentas de videoconferência que a pandemia teve o condão de descobrir, pode lucrar à distância com consultoria em áreas tão diversas como o Marketing, RH, contabilidade ou finanças, por exemplo.

5.   Serviços de TI

Com o teletrabalho cada vez mais integrado na dinâmica das empresas, a necessidade de técnicos especializados em serviços de TI (Tecnologias da Informação) está e vai continuar em crescimento ao longo dos próximos anos, revelando-se uma boa aposta de negócio online.

6.   Infoprodutos

Domina uma habilidade ou uma língua estrangeira na perfeição? Em caso positivo, pense em transformar esses conhecimentos em dinheiro através de infoprodutos como audiobooks, ebooks, podcasts ou vídeo que pode colocar à venda num site próprio, marketplace ou através de plataformas como o YouTube.

7.   Serviço de entregas

A crescente procura por serviços de entrega, consequência natural do aumento das compras online, acaba por fazer desta área uma boa oportunidade de negócio para 2022.

Crie um site ou aproveite os marketplaces do Facebook ou Instagram para promover e vender os seus serviços de entrega.

8.   Negócios circulares

A economia circular é um novo conceito de negócio que propõe a reciclagem, eliminação de resíduos e redução do impacto humano no meio ambiente.

Com a procura da sustentabilidade mais do que nunca em cima da mesa e a procura crescente dos consumidores por produtos que respeitem o meio ambiente e social envolvente, as empresas que atuam nessa área têm tudo para crescer este ano, em especial as que trabalham na recolha e reaproveitamento de materiais.

Caso tenha uma boa ideia para utilizar resíduos e reciclar materiais, pode transformá-la numa startup lucrativa em 2022.

9.   Desenvolvimento de jogos para smartphone

Vivemos com os olhos colados ao ecrã do nosso smartphone sendo que, uma boa parte desse tempo, passamo-lo a jogar fazendo do mercado das apps de jogos para este tipo de dispositivos móveis um negócio florescente.

Assim, se domina a programação e o desenvolvimento de apps de jogos para smartphone não tem segredos para si, aproveite este boom para lançar-se num negócio online.

As apps desenvolvidas podem ser publicadas pelo Google Play, App Store e Windows Phone Store bastando que se registe como pessoa física ou jurídica e pague uma taxa única para publicar e vender a aplicação.

10. Copywriter

Num mundo cada vez mais digital, as empresas delegam uma boa parte da sua atividade ao marketing de conteúdo, área que serve para fortalecer a imagem do negócio (imagem corporativa) perante o público, construir autoridade, divulgar o negócio e atrair clientes.

É aqui que entra a figura do copywriter pois será este profissional que terá a seu cargo a produção dos muitos e diferentes materiais que uma empresa utiliza na sua comunicação, como, por exemplo: infográficos, e-books, artigos, roteiros para vídeos, posts para redes sociais ou até anúncios.

Por isso, se tem talento para a escrita, investir na função de redator de textos corporativos pode ser uma boa ideia para empreender em 2022. Afinal, a redação é uma das principais estratégias de vendas do empreendedorismo digital.

11.  Edição de vídeo

Se domina os melhores softwares de edição de vídeo, o seu conhecimento pode ser de extrema utilidade na criação de conteúdo para empresas que pretendam publicitar os seus serviços ou na monetarização de conteúdo próprio através da sua página pessoal na plataforma YouTube.

Ver
Esconder