Na última Greve Geral do ano passado, o dia da carga policial em frente à Assembleia, muita coisa ficou por contar. Um delas foi este pedido do MP aos manifestantes.

O Tugaleaks teve acesso a um documento que mostra que a IGAI – Inspecção-Geral da Administração Interna – solicitou a alguns manifestantes, curiosamente os mesmos que deteve no dia 24 de Novembro, a ajuda para identificar falhas na atuação da PSP no dia 24 de Novembro de 2012.

 

24 de Novembro: IGAI pediu ajuda aos manifestantes para identificar “infracções” da PSP

 

A carta, com data de Fevereiro deste ano, solicita a colaboração dos manifestantes tendo por base a análise de “infracções disciplinares a elementos da PSP”.

Esta carga foi enviada a alguns dos manifestantes que foram detidos, daí acrescentarem também que “terá conhecimento directo sobre o assunto”.

Mesmo a pessoas que não moram em Lisboa foi dada a possibilidade de o inspector em causa s deslocar à localidade onde a pessoa habita para recolher o depoimento.

 

24 de Novembro: IGAI pediu ajuda aos manifestantes para identificar “infracções” da PSP

 

O Tugaleaks falou com dois activistas presentes nesta manifestação. Um deles, que não quis ser identificado e que apenas aceitou falar na condição de publicarmos na íntegra a frase que tinha para nos dizer, informou-nos de que “depois de nos baterem e humilharem, era engraçado ir ajuda-los… quero que nem sequer me apareçam à frente e da próxima aprendam a comportar-se e defendam o povo”.

 

Outro, identificado como David Libertário, já julgado num processo por causa de incidentes também a 14 de Novembro, afirmou que “nao jogo o mesmo jogo deles, és contra a policia e o governo, etc. e depois vais usar aquilo que és contra para no fim não dar em nada” indicando ainda que “eles fazem as coisas a maneira deles eu faço à minha”.

 

Comentários

Responder a Anónimo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder