Atualmente não há como negar: a porta de entrada para muitos negócios está na Internet e nada como a ter apresentável, a transmitir confiança e consiga dar a sensação que resolverá qualquer problema.

Nesse sentido, neste artigo abordamos algumas dos passos essenciais para construir uma estrutura de website fiável e informativa. No fundo, que tipo de páginas e conteúdos devem existir para garantir que o utilizador sente confiança durante a sua passagem pelo sítio web.

A seguir, as principais dicas para construir um website fiável:

1. Identificação do negócio

Como? Através da página “Sobre”. Este tipo de conteúdo partilha da lógica informativa. É a secção que apresenta mais detalhadamente um negócio.

A construção de fluxo desta página passa por uma introdução ao negócio, quem o criou e como se distingue no mercado. Por outras palavras, revê toda a história, apresentando a missão e os valores de quem está por trás do negócio.

Esta página é importante para criar ligação com o utilizador e também traz autoridade à própria empresa.

2. Como?

Qualquer website que pressuponha a utilização de um produto ou serviço, tem sempre a obrigação de ter uma página que explique o uso em si.

Exemplos destas situações são muito comuns e em áreas que envolvem principalmente algum tipo de interação do outro lado. Por exemplo:

Jogos de cartas e tabuleiro

Os jogos mentais xadrez e poker, cada vez mais são exemplos de modalidades online que com a transição digital precisaram reeducar os utilizadores. Existem diversas formas de o fazer e muitas plataformas especializadas apostam nesse sentido.

No caso do xadrez, a plataforma Chess tem uma página dedicada à aprendizagem da modalidade, com todas as jogadas e estratégias possíveis.

Já o poker tem na PokerStars outro exemplo de como a informação compilada é essencial desmistificar os princípios básicos da modalidade. Por exemplo, quando se fala em ranking de mãos, a plataforma tem uma página detalhada, na qual indica as diferentes possibilidades e quais as mais fortes e que o seu respetivo significa.

Após a leitura desta informação, “mãos” como Straight Flush, Poker ou Full House, vão parecer conceitos simples de se aprender. Referir também que, este ranking de mãos é fundamental para praticar as diferentes variantes do poker, Hold’em, Omaha ou Omaha Hi/Lo.

Plataformas de transação de dinheiro

Outra das áreas que precisam de questões respondidas é a área financeira. Visto que o processo de transação de dinheiro online pressupõe uma entidade externa para efetuar os respetivos pagamentos, é importante os utilizadores saberem como essa mesma funciona.

Um dos exemplos mais comuns é o MB Way, que tem um guia detalhado das possibilidades da aplicação.

Pedidos personalizados

Outro dos exemplos que necessita um bom conteúdo explicativo são as empresas de pedidos personalizados. Estes pedidos por norma estabelecem a necessidade de passos.

Por exemplo, a empresa Mimosh de Cabazes Tradicionais disponibiliza um processo por etapas para responder às necessidades dos consumidores.

3. Apostar no SEO

Outro dos grandes essenciais do digital, principalmente para quem não quer gastar dinheiro em publicidade de atração é apostar forte numa estratégia de conteúdos orgânicos.

O SEO é o caminho para resultados naturais, onde o Google é um dos principais ajudantes em indicar, através dos seus algoritmos quais os melhores negócios para responder às necessidades procuradas pelos utilizadores.

4. Termos, Condições e Privacidade

Numa época onde a maioria dos consumidores está a um smartphone de distância de qualquer negócio, produto ou serviço, a sua segurança tem de ser garantida.

Nesse sentido, uma explicação legal do website é sempre exigida. Os utilizadores querem saber para onde vão as suas informações pessoais, se os dados bancários fornecidos estão em segurança, que órgãos regem o negócio, etc.

É fundamental criar uma política de privacidade consistente, tal como qualquer contrato legal. Todas as alíneas legais referentes ao negócio devem estar disponíveis para consulta.

5. Segurança online

Outro dos essenciais de qualquer website é a segurança. Proteção acima de tudo. Do próprio produto/serviço, assim de como de quem o utiliza.

Entre protocolos, certificados de segurança e algoritmos para evitar ataques informáticos, a segurança é um dos pilares de qualquer sítio web, seja qual for o negócio.

6. Explicar o produto/serviço

Entre páginas mais institucionais e legais, não podia faltar a dica da explicação sucinta de cada produto ou serviço do negócio.

Quando um utilizador tem em vista resolver problemas quer respostas. Logo, encontrar produtos com boas descrições, serviços com mais valias, é sempre importante para ajudar no processo de decisão.

Assim, quer seja por imagens ou texto, cada produto/serviço deve apresentar o máximo de informação possível. Tem é de ser sempre útil.

7. Fluxo de navegação

Como se costuma dizer, “tudo é muito bonito, o website site tem informação, boas imagens, animações engraçadas… e a navegação?

Não importa se tem a melhor ideia do mercado, o importante é que esta funcione. Quer seja num desktop como num smartphone. Os utilizadores cansam-se em segundos de sítios difíceis.

Com efeito, após estas dicas esperamos que fique mais fácil identificar as necessidades básicas de um website. Pelo menos que tenham sido úteis para aprender que no digital: tudo conta e está ligado!

Ver
Esconder