O BBVA pensou duas vezes e retirou uma “barreira sem-abrigo”, depois de receber várias queixas e contactos da comunicação social.

O BBVA colocou na agência Av. Miguel Bombarda 80A em Lisboa aquilo a que é costume chamar de “barreiras sem-abrigo”, ou seja, formas de evitar que os sem-abrigo durmam nas fachadas dos edifícios, que outrora estavam lisas e passaram a ficar com “picos” metálicos.

Contactado pelo Tugaleaks, Rui Martins do MaisLisboa que efectuou uma denúncia no Facebook, informou que “a decisão de uma filial de um Banco de colocar uma barreira metálica, contra transeuntes e, aparentemente, cidadãos Sem Abrigo é, a vários títulos, uma declaração pública de falta de inteligência: a visão dos ferros sobre a montra do BBVA destrói qualquer imagem visual que se pretenda transmitir através de cartazes ou da construção (sem difícil, sempre lenta) da imagem pública de uma empresa pela via publicitária. É uma comunicação da vontade do Banco de virar as costas aos cidadãos e uma mensagem de cerco e fechamento da instituição contra os cidadãos, clientes e parceiros que, afinal, deve servir. É, sobretudo, uma expressão de insensibilidade social”-

A Câmara Municipal de Lisboa, embora não tenha respondido aos nossos pedidos, recebeu um processo com o número CML-248925-5CM5 e foi enviado para a Unidade de Intervenção Territorial Centro. Este processo iria servir para analisar se tinha sido solicitada autorização à CML para a alteração da fachada da agência do banco.

 

10305964_819158414770602_5087584050285557991_n (1)

 

Pelos vistos esta acção não correu bem ao banco. Depois da denúncia do MaisLisboa, de pelo menos duas queixas de clientes e de contactos da comunicação social, ontem durante a tarde as estruturas metálicas foram removidas.

Contactada a instituição bancária, não obtivemos qualquer resposta.

A única resposta que obtivemos, sem ser preciso comentar a situação, foi a de que o povo tem poder, e é afinal de contas o povo é quem mais ordena.

 

Conhece outros casos com estas estruturas metálicas? Se sim, envie-nos informações e fotografias.

Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder