O Tugaleaks é um órgão de comunicação social verdadeiramente independente. Não temos qualquer publicidade no site. Consulta aqui o nosso relatório de transparência mensal.

Envia a tua denúncia anónima aqui

Dois meses depois de participar na polémica reunião dos senhores do mundo Bilderberg, Jeff Bezos, fundador da Amazon, compra o jornal americano The Washington Post. Coincidência ou consequência?

Jeff Preston Bezos nasceu a 12 de Janeiro de 1964, na cidade de Albuquerque no Novo México e manteve desde infância um gosto especial pela informática.
Formou-se na Universidade Princeton, com um diploma em Ciência da Computação e outro em Engenheira Elétrica e começou a trabalhar na sua especialização em Wall Street, onde mais tarde teve oportunidade de adquirir competências na área do comércio.

 

Bilderberg: novo proprietário do The Washington Post envolvido em reunião secreta

 

Quatro anos depois, em 1994, criou a multinacional estadunidense com a sede em Seattle, que tem como objetivo a comercialização online de diversos produtos, especialmente livros.
Sendo um conceito inovador para a altura, Amazon desafiou os mais céticos quando viu as suas vendas crescer rapidamente, chegando a faturar mais de 20mil milhões de dólares desde a sua criação.

Numa infografia publicada em 2012 pela revista Forbes, Bezos é elegido a 26º pessoa mais rica do mundo, com um património estimado em 18,4 bilhões de dólares.

 

 

Em 2013, Jeff Bezos foi publicamente associado a dois acontecimentos mediáticos importantes para o panorama internacional:

Participou, no passado dia 6 de Junho, na controversa reunião Bilderberg, que este ano decorreu em Inglaterra, supostamente para discutir sobre o futuro das tecnologias informáticas.
Desde a sua inauguração em 1954 na Holanda, Bilderberg reúne anualmente representantes de vários países, pertencentes tanto aos quadros governamentais como ao sector privado, de maneira a debaterem, num secretismo sempre contestado, os temas da atualidade político-social.
O seu carácter imponente e a proibição da presença de jornalistas, provocaram desde o início uma onda de desconfiança relativamente aos objetivos finais desta.
Jeff Bezos marca com a sua presença o encontro deste ano, que se realiza em Inglaterra, sendo que a lista dos tópicos de discussão inclui debates ligadas a sua área de conhecimento. Menciona-se que, nesta mesma reunião, marcam também presença, representando Portugal, o líder do PS António José Seguro e o vice-primeiro ministro, Paulo Portas.

 

 

No passado dia 5 de Agosto de 2013, Bezos compra o jornal de referência norte-americano The Washington Post, pelo valor de 250 milhões de dólares.

O The Washington Post é um jornal diário americano, criado em 1877 pelo Stilson Hutchins, com sede na capital estadunidense, destacando-se pelo jornalismo de investigação de alta qualidade e pela influência deste na política nacional. Os vários prémios Pulitzer ganhos ao longo dos anos e trabalhos com ressonância internacional – como o caso Watergate que levou a demissão do presidente (da altura) Richard Nixon – tornaram o jornal num dos principais jornais de referência na imprensa norte-americana.

No passado dia 5 de Agosto do ano corrente, o jornal gerido por Donald Graham desde a década de 90, fez pública a notícia da sua venda a título pessoal ao Jeff Bezos, pelo valor de 250 milhões de dólares líquidos.

Bezos escreveu uma carta com especial atenção aos colaboradores do jornal, numa tentativa de clarificar as suas intenções para o futuro da empresa. Deixou bem claro que não tencionava fazer nenhuma mudança drástica, seja na equipa do jornal ou nos valores e princípios da mesma, continuando a primar a excelência do jornalismo com que os leitores foram habituados.

 

Terá o Grupo Bilderberg encomendado a compra do jornal?

Comentários

  1. obmenphono diz:
    O seu comentário aguarda moderação. Esta é uma pré-visualização, o seu comentário será visível depois de ter sido aprovado.

    Компания http://obmenneg.com/ является автоматическим и круглосуточным онлайн -сервисом, который позволяет обменять средства. И для этого нет необходимости выходить из дома. Так получиться осуществить обмен между системами, банковскими картами, криптовалютами. Но самое главное, что сервис работает круглосуточно, а потому совершить операции вы можете в любой час. При помощи полной автоматизации удалось добиться важных преимуществ перед аналогичными компаниями:

    1. Все операции происходят очень быстро, включая автоматическая обмен webmoney
    2. На минимальную сумму обмена влияют требования определенных платежных систем
    3. Обмен можно осуществлять в любое время: поздно ночью, либо ранним утром
    4. Из-за того, что издержки минимальны, то и комиссия взимается символическая

    Все эти преимущества создают необходимые предпосылки для того, чтобы обратиться за помощью именно в эту компанию. Так вы потеряете минимум времени и денег. Воспользуйтесь услугами компании, которая дорожит клиентами и выполняет все обязанности на высшем уровне.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *