Um carro usado pelos Bombeiros Voluntários de Beja e pertencente à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Beja, foi usado para divulgar uma tourada este mês.

A denúncia foi feita pela plataforma Basta, um site destinado a denúncia de situações que envolvam touradas em Portugal.
Conta o site que “[e]quipado com material sonoro e cartazes de publicidade alusiva à corrida de touros a favor da CerciBeja e B.V.B. realizada no passado domingo, dia 19 de outubro de 2014, o veículo percorreu durante vários dias as ruas da cidade anunciando a corrida de touros“.

A denúncia é acompanhada de uma foto, a qual reproduzimos:

 

bombeiros-beja-tourada-portugal

 

A plataforma indica ainda que “o caso já foi denunciado às autoridades nacionais competentes bem como ao Comando Distrital de Operações de Socorro de Beja“.

 

O Tugaleaks contactou os Bombeiros Voluntários de Beja que informaram que “estes festivais de benemerência são fundamentais para a angariação de fundos destinados a vários fins, e no caso concreto, para compra de equipamentos para bombeiros” e, por isso, “[a] referida viatura destina-se a transporte de pessoal e foi usada legitimamente pelos dirigentes, como motoristas, o que também é legal, e destinou-se a angariação de fundos o que é ainda mais legítimo e também legal“.

Informa ainda o Presidente desta corporação que “[n]ão compreendemos, por isso, tamanho alarido em torno de uma actividade legalizada e de opção de cada um. Nada temos contra quem não gosta de touradas, mas era bom que se preocupassem com as pessoas que necessitam do nosso apoio, tal como os bombeiros o fazem e continuarão a fazer”.

 

Cada vez menos touradas em Portugal

2013 foi o ano em que foram realizadas menos touradas em Portugal.

Em Março, o Tugaleaks publicou uma informação que dava conta que tendo-se realizado, por exemplo 360 eventos no ano 2000 e 372 no ano de 2002, no ano de 2013 realizaram-se apenas 241 espectáculos. Enquanto que no ano 2002 foram cerca de 620 mil espectadores a assistir aos espectáculos, no ano de 2013 foram apenas cerca de 440 mil, sendo que a maior queda foi registada entre 2011 e 2012, uma perda de 21% de espectadores no total.

 

Vida por Vida é o lema dos bombeiros. Qual será a “vida” do touro?

Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder