Loading...

Em Setembro de 2012, uma manifestação anti-tourada em Torreira, Murtosa, acabou com um vídeo viral publicado no YouTube.

O protagonista foi o cavaleiro tauromáquico Marcelo Mendes, que investiu contra manifestantes anti-tourada e causou o pânico aos manifestantes que se encontravam a manifestar contra a realização de uma tourada numa praça amovível ali instalada.

Quatro anos mais tarde, a condenação chegou. Um juiz do tribunal de Estarreja deu como provado que o cavaleiro investiu por duas vezes contra os manifestantes.

O juíz “não teve dúvidas em atribuir as investidas à direção de comando do cavaleiro, de modo a desmobilizar o grupo, condenando o arguido, até agora primário, pelo crime de coação na forma tentada ao pagamento de 120 dias de multa (o máximo eram 240) a seis euros diários, perfazendo 720 euros”, avançou o Notícias de Aveiro.

 

Assiste aqui ao vídeo:

 

Várias queixas arquivadas, menos uma

Naquele dia, as pessoas afectadas pela investida do cavalo foram escrevendo, pelo seu punho, queixas que entregaram posteriormente à GNR que os inquiriu como testemunhas. O Ministério Público arquivou grande parte delas, e os queixosos talvez por desconhecimento da lei, não exerceram o direito de instrução, ou seja, a reabertura do processo com novos factos ou novas diligências não efectuadas. Esteve para ir a julgamento noutra queixa, mas o Juiz de instrução decidiu que o cavaleiro tinha perdido o controlo do Cavalo.

Agora, na queixa de J. de Ovar, o cidadão que sevê na gravação a fugir do cavalo, o Ministério Público ao visualizar o vídeo não teve dúvidas e o juiz condenou Marcelo Mendes, pelo crime de coação (Art.º 154.º do Código Penal) a pagar uma multa de 720 euros.

 

Já são várias as reacções positivas no Facebook e nos próprios comentários do vídeo, publicado há quatro anos atrás.

O Cavaleiro à porta do tribunal anunciou que iria recorrer, de acordo com o Notícias de Aveiro.

Comentários

Loading...

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *