O Tugaleaks é um órgão de comunicação social social verdadeiramente independente. Não temos qualquer publicidade no site. Consulta aqui o nosso relatório de transparência mensal.

Envia a tua denúncia anónima aqui

Estávamos em 1976. O documentário foi feito por duas pessoas. Mais de uma hora da nossa história falada em Inglês e Português.

Documentário: Cenas da Luta de Classes em Portugal

 

Passou no New York Cinema em 1976 um documentário que falava da luta de classes pós 25 de Abril. Desde coisas como as reuniões (ainda) secretas de movimentos, aos extremistas, ao socialismo, à bomba no emissor da Rádio Renascensa – essa ocupada pelos trabalhadores – a muitos mais coisas que fazem verdadeiramente parte da nossa história.

Hoje vivemos igualmente tempos difíceis. Vivemos num mundo cheio de problemas onde cas classes sociais de há quase 40 anos são hoje problemas políticos e injustiças dentro da própria justiça.

É já amanhã que vai haver uma Primavera Global por tudo o mundo. Mas em Portugal não podemos esquecer as nossas raízes.

A não perder:


Comenta o que achaste sobre este documentário.

Comentários

2 Comments

  1. Muito bom. O primeiro documentário sobre a nossa “revolução de abril” com a realidade dos factos. Soares corrupto e manipulador, para continuar com a supremacia da burguesia. Notei que por Breves meses tivemos exatamente o que precisamos actualmente, um governo de gestão sem poder de decisão em matérias de dinheiros e controlado por uma constituição que garanta as liberdades pessoais contra idéias de arrecadação de poder por parte de funcionários públicos sedentos de poder.

  2. na vez de criticar devemos sim nos mobilizar e assentarmos arraias à porta de casa deste senhor, sem violência, o povo deve só se sentar nas rotundas, nas praças ou mesmo irem para a praia, uma semana sem produzir em Portugal, uma semana só com os serviços mínimos assegurados de hospitais, bombeiros, policias e postos médicos, e quando voltássemos ao trabalho aí já seria com um governo provisório, com as medidas de austeridade suspensas e com uma lei que obrigasse a um referendo sempre que o governo tivesse que tomar medidas drásticas na nossa economia, muitos referendos trarão mais clareza nos negócios do estado

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *