Só nos Estados Unidos, os ciberataques custam cerca de 590 milhões de dólares a empresas e cidadãos privados por ano. O surpreendente dado estatístico foi incluído num relatório de cibersegurança da revista Forbes, que alertou para o progressivo aumento de investidas de ransomware ao longo de 2021. Os ataques provêm não só de organizações criminosas avançadas, como de hackers com recursos limitados e a agir em nome próprio. E os visados não são apenas grandes empresas, mas também cidadãos comuns que não se encontrem devidamente protegidos.
Num momento em que a privacidade e segurança online é uma preocupação de todos, é normal que algumas pessoas olhem com desconfiança para o mundo dos jogos de sorte e azar online. No entanto, faz sentido questionar a segurança dos principais sites de poker portugueses?
Nenhum serviço digital pode ser considerado totalmente seguro, mas os sites de poker online em Portugal são de confiança e estão limitados por uma série de regras compreensivas, desenhadas para proteger os direitos de todos aqueles que os utilizam. De tecnologia de encriptação avançada até algoritmos que garantem a imparcialidade de todos os jogos, estes são os principais fatores que fazem com que jogar poker online seja mais seguro do que nunca:

Licenças de jogo oficiais

A legislação do jogo online em Portugal é relativamente recente, já que a primeira lei do jogo online só foi promulgada em 2015. Desde então, é necessário obter uma licença de jogo junto da Sociedade de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ) para operar um site de jogo online em Portugal. Naturalmente, os sites de poker online também estão incluídos nesta categoria: todos os serviços de jogo disponíveis em território nacional precisam de cumprir uma série de requisitos de segurança de modo a poderem funcionar nos trâmites da lei.
No momento de escolher um site para jogar poker em Portugal, optar por um serviço licenciado deve ser a prioridade. Nada garante a segurança de um site de poker online português como uma licença da SRIJ, que é legislativamente mais eficaz do que licenças internacionais emitidas por países como o Curaçao ou Gibraltar. Em Portugal, o Poker 888 é visto como um dos sites licenciados de maior reputação para jogar poker online.

Verificação de registos

A lei do jogo online de 2015 também introduziu em Portugal a noção de que os sites de poker online devem fazer todos os possíveis para limitar o acesso de cidadãos menores de 18 anos. Por norma, os serviços de jogo online excluem utilizadores menores através do requisito obrigatório de uma série de comprovativos legais. Ainda que seja possível completar a inscrição em alguns sites com pouco mais do que um e-mail e número de telemóvel, realizar depósitos só é possível mediante a apresentação de scans de CC/bilhete de identidade e de uma ou mais faturas de pagamentos realizados ao Estado.

Encriptação de ponta

Tal como um banco, os sites de poker online podem receber quantias significativas de dinheiro que continuam a pertencer a cidadãos privados mesmo após a realização de um ou mais depósitos. Por esse motivo, faz sentido que os sites de poker online recorram a tecnologia de encriptação de ponta semelhante à que é utilizada pelos sites dos maiores bancos do mundo. A cifra Blowfish é uma das mais utilizadas, seja através de encriptação 488-bit ou 1,024-bit RSA. Mesmo os sites de jogo mais humildes devem encontrar-se protegidos, no mínimo, por uma encriptação base 128-bit SSL.

Imparcialidade total

Para além de questões relacionadas com a cibersegurança, a imparcialidade do jogo é outra preocupação comum entre potenciais clientes de serviços de jogo online. Alguns jogadores temem que os algoritmos de determinados sites possam estar desenhados para favorecer a casa. Felizmente, a União Europeia controla potenciais conluios de jogo através de regras relacionadas com a inclusão de random number generators (RNGs) no software de todos os jogos de sorte e azar. Os RNGs são algoritmos matemáticos desenhados para assegurar que os resultados de um determinado jogo—como, por exemplo, as cartas sorteadas num jogo de poker—são totalmente imprevisíveis e não podem ser manipulados por nenhuma entidade.

Proteção financeira

Finalmente, os sites de poker online encontram-se submetidos a uma série de regras financeiras desenhadas para proteger não só os interesses dos seus utilizadores, como dos próprios sites. Neste ponto, uma das regras-chave relaciona-se com a segregação de fundos, sendo que os montantes depositados por jogadores nunca devem ser confundidos com o dinheiro destinado para a atribuição de prémios. Deste modo, é possível garantir que—em caso de necessidade—qualquer consumidor possa receber o seu dinheiro de volta após a compra de um serviço num site de jogo online, à semelhança do que aconteceria em qualquer outro serviço digital.

Ver
Esconder