Foram consultados mais de uma dezena de processos na ASAE onde cerca de metade foram arquivados apenas porque demoraram tempo a serem “tratados”.

Pelo meio da nossa consulta, foram encontrados pregos servidos nas batatas fritas (num McDonald’s devido à falta de manutenção da máquina de fritar batatas), pão com bolor servido num dos menus McDonald’s (este no Centro Comercial Colombo) e insetos nas saladas hermeticamente seladas.
Embora esta seja uma minoria conhecida, o Tugaleaks decidiu deslocar-se á ASAE e consultar os processos do McDonald’s, concretamente da empresa Sistemas McDonald’s Portugal, que passaram pela autoridade que regula a higiene e segurança em Portugal.

O caso do Colombo

No caso em que o pão com bolor foi encontrado num McRoyal Delux, todas as testemunhas e factos envolvidos acabaram por informar que tal nunca tinha acontecido antes. Foi apenas devido à reclamação de um cliente que a ASAE chegou a esta queixa.
Na prática, traduziu-se numa admoestação e no pagamento de custas de processo com um valor de 75EUR.

O cabelo no hambúrguer

Outro caso que ocorreu no Jumbo, em Azeda de Baixo, Setúbal, foi o de um cliente ter encontrado um cabelo dentro do seu hambúrguer. De imediato e mesmo antes da reclamação apresentada a responsável da loja indicou que foi verificar se todas as pessoas estavam a usar a rede e outros equipamentos de proteção para a cabeça, o que se veio a verificar ser verdade.
Perante isto, e devido à “insuficiência de prova” a ASAE arquivou o processo.

Salada campestre com inseto

Esta situação aconteceu na Praça de S. Batista em Almada, onde a salada campestre tinha um inseto numa caixa hermeticamente selada. Em sua defesa, o McDonald’s disse que “a responsabilidade pela preparação e embalagem do produto em questão pertence assim ao respetivo fornecedor”, tendo anexado uma declaração de um fornecedor espanhol, Florete.
Recorde-se que a salada vem selada hermeticamente, de Espanha, e passa por rigorosos processos de seleção.
Isto custou ao McDonalds um valor de 500EUR de multa paga voluntariamente mais 50EUR de custas processuais.

Outros problemas

Noutros casos, as infrações não eram apenas de qualidade da comida. 
Veja-se o caso do McDonalds do Mar Shopping em Matosinhos que não tinha há vários anos uma inspeção à instalação de gás quando estas inspeções deviam ser regulares. Ao fim de três anos sem inspeção a ASAE verificou a falha. Foi aplicada uma multa de 249.40 com custas de processo de 50 EUR.

Um outro exemplo, num outro McDonald’s, foi a falta de entrega de uma Declaração Previa à Direção Geral das Atividades Económicas, embora tenha sido entregue à autarquia, valeu à cadeia de fast food uma multa de 1250eur mais 100eur de custas de processo.

Existiram ainda casos em que se obtiveram fotografias do chão engordurado, má acondicionação do alimentos e falta de limpeza na cozinha, mas quando a empresa Sistemas McDonald’s Portugal recebeu a queixa respondeu que pertencia a um franshisado.

Em boa verdade, estas análises foram apenas às queixas apresentadas aos não-franchisados da empresa, pelo que todos os outros podem ter muitas mais queixas, impossíveis de consultar sem sabermos o nome de todas as empresas que estão à frente daquilo que “por fora” se vê como a McDonald’s Portugal.

Convidada a pronunciar-se, a Mcdonald’s Portugal informou que “ao longo dos seus 28 anos de atividade em Portugal” tentem garantir “a máxima Qualidade e Segurança Alimentar, realizando auditorias frequentes aos seus restaurantes, tanto por consultores da empresa, como por entidades externas e independentes”.

Sobre as reclamações que chegam á ASAE, a emrpesa informou que “como empresa do ramo alimentar cumprimos com toda a legislação em vigor, sendo fiscalizados, com regularidade, pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), entidade com a qual a marca tem vindo a cooperar sempre que existe alguma reclamação por parte dos seus Clientes, no sentido de averiguar os seus motivos, e por forma a proporcionar a melhor experiência aos mesmos”. 

O Tugaleaks reconhe e analisa denúncias de vários temas.
Envia a tua denúncia anónima aqui

 

Foto: Facebook McDonald’s

Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder