Você só tem alguns segundos antes do seu cérebro perder o foco neste texto a te pedir para prestar atenção em outra coisa. Pensamento rápido, sabe. Precisa ser mais simples, mais rápido, para a essência ser percebida e você poder seguir em frente com mais segurança.

A maior parte do conteúdo que você consome é adaptado para esta característica – nas redes sociais, os marqueteiros diluem emojis ou “costuram” textos em cartões e os mostram em formato de carrossel. Os serviços de agendamento de conteúdo estão ganhando uma popularidade tremenda para acelerar o trabalho dos marqueteiros de redes sociais e rapidamente criar visuais usando bibliotecas embutidas. Por exemplo, o Postoplan (https://postoplan.pt/) é um serviço que te permite gerenciar as redes sociais mais populares ao mesmo tempo, agendar publicações adiadas, criar um plano de conteúdo e muito mais. As vantagens principais são a presença de diversas funções grátis; a possibilidade de trabalhar com aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp e a ausência de restrições no número de contas conectadas.

A visualização ajuda a atrair atenção e explicar o material mais rápido e com mais clareza. Em vez de dúzias de exemplos verbais, basta mostrar um diagrama uma vez. O material é mais assimilado: ele é depositado na memória a longo prazo e a pessoa não se esquece.

Claramente defina a tarefa da imagem: para capturar a atenção do leitor, passar uma ideia, convencer, ensinar ou classificar. Dependendo da tarefa, você terá um conteúdo adequado.

Lembre-se das regras gerais para apresentar um texto:

  • Acompanhamos o texto com quaisquer dados ou números – construímos um diagrama, pelo menos uma simples “pizza”.
  • Vemos uma comparação – também construímos um diagrama ou tabela para refletir as dinâmicas.
  • Explicando a interconexão dos elementos – vamos desenhar um diagrama em bloco.
  • Mostramos o algoritmo das ações – construímos um mapa mental.

E aqui estão os princípios que devem ser seguidos na seleção das imagens:

  • Não usamos carimbos de estoques.
  • Fotos brilhantes e sem significado podem ser colocadas só por fora, não dentro do artigo.
  • A alegoria não deve ser muito óbvia: em termos de metas, você não precisa desenhar setas.
  • A agenda deve ter um só pensamento específico. Se você não o conseguir formular, muito provavelmente ela ficará sobrecarregada e você a precisará separar em várias.
  • O significado é sempre mais importante que a beleza.
  • A atenção é controlada mas não manipulada.

A criação de conteúdos virais para redes sociais será eficaz se: for fácil entender, despertar um desejo para compartilhar com amigos e conhecidos, se espalhar fácil, provocar interesse entre públicos de diferentes idades, status sociais e nacionalidades. Além do texto, tal postagem deve ter uma publicação de foto ou vídeo.

Se você seguir as recomendações descritas neste artigo, poderá fazer com que suas redes sociais sejam não só uma série de fotos bonitas, mas uma ferramenta completa e eficaz de trabalho. Tal rede social resolverá as tarefas designadas e será usada para promover serviços e vender.

 

Ver
Esconder