Quantos de nós podemos dizer que lutamos contra a corrupção e somos altamente prejudicados por isso? José Manuel Coelho pode dizer isso. E muito mais, nesta entrevista.

Entrevista com José Manuel Coelho

Acusações a Jardim começam nas obras que foram feitas e que estão fechadas sem dinheiro para pagar aos funcionários para lá estar e acabam em “homens” do jardim terem atacado fisicamente José Manuel Coelho no passado. Ainda em passado, o Tugaleaks reportou no passado mês de Maio um ataque de violência para com este cidadão.

O partido deste cidadão não interessa nem está aqui em causa. Num estado de direito, ou melhor, no estado de direito da madeira, parece que a democracia está como as bananas: tortas ou curvas.

Coelho fala também da justiça. Não confia na justiça e aceita sempre o que a primeira instância dita. Falou de um conhecido que ao não aceitar e recorrer, ficou a pagar ainda mais.
A comunicação social também está enraizada de amigos, conhecidos, e amigos de amigos. A madeira é uma ilha, numa república: a das bananas.

Foi fácil chegar à conversa com José Manuel Coelho. É uma pessoa acessível e com tempo. Resta saber porque é que a maior parte dos media o ignora.

A entrevista, com duração e 15 minutos, foi conduzida pelo fundador do Tugaleaks, Rui Cruz.

Partilha pelos teus amigos se achas que a corrupção na madeira (mas também no continente) tem que ter um fim!

Ver
Esconder