O Tugaleaks não está admirado, afinal é comum os media mainstream nem sempre dizerem as verdades todas. Mas a violência policial na Es.Col.A levou-nos a mostrar o que mais ninguém mostra.

Es.Col.A: a história e a violência policial que não passa nas televisões

Es.Col.A: a história e a violência policial que não passa nas televisões

Nestas duas imagens, podemos ver o que se repetiu na manifestação em Lisboa. Claramente, alguma coisa está bastante mal, uma vez que desde o ano passado que o Corpo de Intervenção da PSP tem tido ataques ferozes

O Tugaleaks contactou um cidadão que prefere ficar anónimo e que nos contou, estando já em frente à CM Porto para exigir a justiça de reaverem um espaço social, o que aconteceu de manhã: existiam dois grupos, um grupo no edifício e outro no pátio. Arrastaram-os à força para fora enquanto estavam agarrados uns aos outros, revistaram-nos à força e sem mandato e por isso os ocupas não colaboraram mas não foram violentos.

Existem duas pessoas agora três pessoas presas neste momento e apela-se à solidariedade e a que toda a gente vá até à CM do Porto, algo que foi decidido em Assembleia Popular.

Um grupo de cidadãos em Lisboa marcou uma vigília a favor da não brutalidade policial e em solidariedade com a Es.Col.A para o Largo do Camões às 20h em Lisboa.
Em comunicado ao Tugaleaks, informam que ‎”Hoje tentam demover a solidariedade social e a compaixão; tentam demover qualquer tentativa que seja mudar o mundo. Contra o despejo do Es.Col.A da Fontinha, vamos mostrar solidariedade”

Este espaço colectivo autogestionado é de todos e para todos, defendem eles.

O Tugaleaks lamenta que o mainstream media não passe a verdade da informação.

 

Acompanha desenvolvimentos no Facebook

 

Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder