Ana Dias pagou cerca de 118.50EUR para receber um empréstimo que nunca chegou. Entidade não está registada no Banco de Portugal.

 

Denúncia: empresa Extra Consumo

 

Artigo de Opinião escrito por Ana Dias

No passado dia 9 acedi ao site Extra Consumo em busca de conseguir solicitar um credito de 2.000€ para conseguir liquidar 2 situações que tenho no meu banco e conseguir avançar com o aluguer de um apartamento.

Preenchi o formulário no site e na ultima questão colocada “Observações (Tem problemas bancários ou não): “ indiquei que tive sim problemas bancários.

Na segunda-feira dia 10.09.2012 fui contactada por email (anexo o mesmo) onde me solicitaram algum documentos que enviei de imediato. Passado cerca de 1h fui contactada por telefone a explicar a situação como seria e apos essa chamada enviaram me novo mail com as condições e que o credito de 2.000€ teria sido aceite e que em 3 dias o processo seria concluído. Falei novamente ao telefone com a gestora de cliente que me garantiu que ate quinta-feira dia 13.09.2012 teria o dinheiro na conta. Para dar continuidade ao processo e dado o credito ter sido aceite teria de efetuar o pagamento de 118.50€ que seriam as custas associadas ao processo. Não teria de efetuar esse pagamento se o crédito não fosse aceite.

Apos efetuar esse pagamento (pagamento de serviços) foi me enviado novo mail com um a quantidade enorme de documentos que não me tinham indicado necessitar mas que de imediato enviei por e-mail para o mail indicado.

Começaram por me deixar de atender o telefone pois contactei para tirar uma dúvida (numero 917833104)
Aguardei que me dissessem se estava tudo OK com a documentação mas não me disseram nada. Enviei e-mail e nada…
Entretanto forcei contacto (mais de 30 chamadas para o numero indicado no formulário dos mesmos 21 315 37 20) até que me atenderam e toda a simpatia que tinha havido ate então foi se…. A pessoa muito arrogante responde me que nada do que eu estava a dizer poderia ser real pois não havia nenhum pedido de credito ainda eu tinha que esperar pois tudo o que indicava terem me dito ela dizia ser mentira. Nesta altura dizem me também que nada poderia ter sido aprovado pois nada tinha entrado em nenhuma intuição bancaria, ainda para mais, não sabiam se as informações que eu tinha dado seriam verdadeiras ou não. Eu podia estar a mentir… e tudo ainda poderia ser recusado.

Entretanto recebo um e-mail desta empresa a indicar que não aceitavam os meus documentos digitalizados (coisa que tinham dito aceitar) pois eu não tinha assinatura eletrónica ativa no meu BI. Como e que sabem se tenho ou não ainda não sei mas não aceitaram.
De imediato respondi que enviaria os documentos por correio.

Mas as coisas já não me estavam a cheirar muito bem e então fui a net fazer o que devia ter feito logo no primeiro momento… Pesquisar se não haveriam reclamações graves sobre estes senhores… e encontrei sim… Fiquei gelada e sem reação… Tinha acabado de deitar fora 118.50€ que tanta falta me fazem.

Entretanto enviei um e-mail a esta entidade a solicitar que me fosse devolvido por transferência o valor dos 118.50€ pois o que eles tinham feito não era mais nada que uma burla. Pois… nada me responderam. Não atendem…. Nada….

Obviamente tentei já de diversas formas que o dinheiro me fosse devolvido de alguma forma, mas todas estas tentativas têm sido em vão, pois foi um pagamento de serviços e não há como cancelar o mesmo.

Não há nenhuma entidade que assegure estas burlas? Que salvaguarde quem foi burlado? Quem foi enganado?

Artigo de Opinião escrito por Ana Dias

 

O Tugaleaks contactou esta empresa através de e-mail e nunca recebemos resposta. Por telefone, o número chama mas ninguém atende.
Contactado o Banco de Portugal, informaram-nos que a entidade Extra Consumo – Soluções Financeiras, Lda.  não é uma instituição de crédito nem uma sociedade financeira registada e que podia vender crédito de outra instituição, mas que não era um “serviço directo” de crédito ao consumo.
O domínio extraconsumo.com foi criado apenas em Julho deste ano e está associado a numa empresa de Internet cujo telefone fixo no whois do domínio está inacessível.
Existem várias reclamações na Internet.

 

Ver
Esconder