Um agente do FBI disse que os líderes dos Anonymous e que eles estão apenas pelo Twitter a fazer posts. Os Anonymous Portugal e a Whit3 Team discordam.

Os Anonymous actualmente já não produzem de uma forma internacional os ataques que produziram no passado. Mastercard, Visa e PayPal continuam sem problemas, porque já foram atacados. Um agente do FBI, da divisão de cibercrime em Nova Iorque afirma que desmantelou os líderes dos Anonymous e que o grupo já não é o que era. Em causa, explica Austin P. Berglas ao Huffington Post, estão as detenções levadas a cabo no ano passado a membros dos LulzSec.

 

FBI diz que desmantelou os líderes dos Anonymous, mas os Anonymous não se “convencem”

 

Desde 2010 que os Anonymous captaram atenção mundial quando foram atrás de grandes empresas nos Estados Unidos. Agências do Governo e outros grandes alvos, deixando websites desfigurados e colocando dados sensíveis na Internet.

No entanto as detenções dosa membros dos LulzSec em 2012 tiveram a ajuda de um “traidor”, segundo os Anonymous: Sabu. Ele foi quem ajudou o FBI e encontrar vários membros do grupo LulzSec que, desde 2012, praticamente se extinguiu.

 

Anonymous comentam

Uma fonte ligada aos Anonymous, que não pretende ser identificada disse que “não vale a pena atacar duas vezes o mesmo site, isso não dá lulz, o que aconteceu é que está a começar a haver falta de alvos interessantes”.

Já um membro dos Anonymous Portugal, que não quis ser identificado, afirmou que “como o FBI não tem nada sobre os Anonymous – como começaram, quem são, o que são, se são ou não uma organização, se tem ou não tem líderes – o que eles fazem é testar a opinião publica, para perceber se alguém se pronuncia, a forma como se pronuncia, para depois poderem analisar cuidadosamente quem possa estar a favor ou contra esta possível (e falsa) detenção, para poderem investigar essas pessoas ou grupos, e poderem perceber o que sabem ou não. É apenas manipulação da opinião pública que muitas vezes é valiosa para eles. Poderão prender-nos, poderão torturar-nos, poderão aterrorizar-nos, mas nunca conseguirão acabar com a luta do colectivo pela justiça e liberdade!”.

Por sua vez, um membro da Whit3 Team, equipa de hacktivistas também ligados aos Anonymous Portugal, afirmou que “essa noticia não é de todo considerada verdadeira, o que os agentes do FBI fizeram foi caçar alguns dos membros mais importantes do colectivo isso sim, agora que desmantelaram o colectivo Anonymous a nível mundial como dizem, isso não, nem nunca irão conseguir fazê-lo, no entanto admito que sim, que talvez as operações mais arrojadas tenham parado devido a falta dos mais importante membros, mas também digo uma coisa, a resposta a anuncio deles já foi dada, e como tal todos sabemos de onde veio os leaks. Por isso de um modo geral o FBI não está a mentir, mas sim estar a contar a historia com palavras a mais”.

Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder