O Tugaleaks é um órgão de comunicação social verdadeiramente independente. Não temos qualquer publicidade no site. Consulta aqui o nosso relatório de transparência mensal.

Envia a tua denúncia anónima aqui

Cavaco Silva frequentemente critica e diz que o povo não pode ser constantemente sacrificado… por outro lado, leva um mordomo e dois fotógrafos para férias. Haja memória!

Cavaco Silva

Tudo remonta a Maio de 2011 quando Cavaco Silva pediu “justiça na distribuição dos sacrifícios”, apelando a que cada um seja tratado de acordo com as suas posses, diz o DN.

Aquando das suas férias em Setembro do ano passado na ilha dos Açores, na “bagagem” levou a esposa, o chefe da cava civil e a esposa, quatro assessores, dois consultores, um médico pessoal, uma enfermeira, dois bagageiros, dois fotógrafos oficiais e um mordomo.

Em Janeiro de 2012 Cavaco volta a falar, desta vez a “insultar” Portugueses, indicando que tem bastantes milhares de Euros como reforma. Apenas alguns dias depois Cavaco corrige as suas próprias declarações.

 

De certa forma, o Tugaleaks vem expressar preocupação em, no espaço de um ano, haver tantas considerações e declarações contraditórias. Esperemos as melhoras da amnésia do Professor e Presidente Cavaco Silva.

Comentários

11 Comments

  1. Açores não é uma ilha mas um conjunto de ilhas…
    Não estou a criticar até porque curto o trabalho que fazem aqui mas é um pouco frustrante!..
    Cumps.

  2. Na “ilha dos Açores”????????
    Os açores são 9 ilhas, cada uma com o seu nome, esteve de férias na Ilha de S.Miguel no arquipélago dos Açores.

  3. NunoM :
    Na “ilha dos Açores”????????
    Os açores são 9 ilhas, cada uma com o seu nome, esteve de férias na Ilha de S.Miguel no arquipélago dos Açores.

    No entanto e esquecendo esse erro, fico espantado como o Senhor (coitado) conseguiu tirar umas férias nos Açores, se nem para as despesas ele ganha, será que fomos nós todos a pagar essas férias com os nossos subsidios de Natal???

  4. Não gosto nem um bacadinho do Socratino, mas não concordo quando se acusa este de pai da críse! O pai da críse foi Cavaco Silva que desbaratou á toa, o dinheiro da CEE para desenvolver o país! Ofereceu esse nosso dinheirinho á família, ao amigos do partido e, a gentalha sem escrúpulos. No Alentejo o que se vê desse dinheiro são vivendas com piscina, brutos carros topo de gama e, desenvolvimento ZERO. O Socratino apenas se limitou a cavalgar na onda cavaquista. Cavaco é, na realidade, o verdadeiro pai da críse. E a porcaría que hoje vomita é prova disso mesmo. Nada de estranhar em tal triste e arrogante personagem.

  5. Por defeito trata-se por POVO, para uns, todas as pessoas de menores rendimentos. Para outros, todas as pessoas não ricas nem políticas. Mas, como em qualquer estrutura social o POVO pode-se, e deve-se, separar em 3 grupos: o Povo digno e honesto! O povo-ralé, geralmente apelidados de lambe-botas, capazes de venderem os pais e filhos aos donos ou, de denúnciarem seja quem fôr em troca muitas vezes de nada ou coisa pouca! Por último o povo pobre em tudo, vulgarmente conhecidos por póbroche, que se assume pobre, daí o termo, mas que passam o tempo de joelhos perante quem os explora e, bem conhecidos nos meios laborais! Por tal é de bom tom separar o trigo do joio, e não tratar todos por igual. Povo digno e honesto sempre apoiei e apoiarei! Bufos, escumalha e ralé sempre reneguei, renego e dá-me vómitos. Esses desprezo! E comparar quem não votou nesta cambada de gaiatos políticos mentirosos, com quem os renega, ofende o verdadeiro e digno povo! É que a camarilha de Passos Alemão Coelho e Paulo Submarinos Portas, não foram eleitos pelo povo a que pertenço: o que anda de cabeça erguida e de consciência tranquíla.

  6. Há uma coisa comum neste grupelho de políticos mentirosos e sem escrúpulos: 99% são católicos! Nada de estranhar em uma organização corrupta, que sempre apoiou e viveu da caridade política. Ao lado de cada ditador, está sempre um membro do clero! O mesmo clero que pede paciência e sacríficios aos espoliados por esta gentalha. Isto trás grandes e legítimas interrogações: o tal cristo cansou~se de fazer milagres, como eles tanto apregoam? O tal deus da treta está lá em cima, segundo eles, a gozar o pagode? Tristes patéticos que acreditam na venda da banha da cobra de oportunistas, vigaristas e parasitas que nada produzem. Pobres cabeças ôcas que tanto medo têm do desconhecido. Os que vendem os filhos em troca de um paraíso, que só existe em gentinha idiota e saloia.

  7. Esta notícia tem erros. Aqui não estão mencionados os seguranças nem é feita referência ao staff contratado especialmente para o efeito (cozinha).
    De resto, para as férias em Portugal, acrescentam-se ainda motoristas, mais seguranças e escolta e pessoal da casa de férias e a GNR que lhe faz serviço à porta e não sei se não somos nós a pagar.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder