O antigo Primeiro Ministro foi detido esta sexta-feira. Os crimes de que é investigado culminaram na sua detenção esta sexta-feira quando chegava de Paris.

José Sócrates foi detido quando chegava de Paris esta sexta-feira. Viajou no voo Air France 1124 que aterrou às 22:12 em proveniência de Paris CDG.
Segundo informações obtidas através da Procuradoria Geral da República, “no âmbito de um inquérito, dirigido pelo Ministério Público e que corre termos no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), e onde se investigam suspeitas dos crimes de fraude fiscal, branqueamento de capitais e corrupção, na sequência de diligências, desencadeadas nos últimos dias, foram efetuadas quatro detenções”, um dos detidos é José Sócrates.

Dos detidos, três “foram presentes ao juiz de instrução criminal durante o dia de sexta-feira, sendo que os interrogatórios serão retomados este sábado. Também este sábado, o quarto arguido será presente ao juiz de instrução”.

 

Buscas realizadas

Foram feitas buscas em vários locais com quatro magistrados do Ministério Público em estreita colaboração com a PSP e a Autoridade Tributária e Aduaneira.

 

socrates

 

O inquérito “que investiga operações bancárias, movimentos e transferências de dinheiro sem justificação conhecida e legalmente admissível, encontra-se em segredo de justiça”.

José Sócrates é actual comentador da RTP, programa que tem estado no ar durante alguns meses.

 

Depois de sair do Governo…

De acordo com informações obtidas no Tugaleaks em Maio de 2013, depois de sair do Governo, José Sócrates comprou um carro de 96 mil euros.

Já em Janeiro de 2013 “Sócrates entrou para “conselheiro” da América Latina de uma empresa farmacêutica. Essa mesma empresa, foi a quem o estado pagou, entre 2005 e 2011 (anos de influência de José Sócrates), cerca de 6 milhões de Euros”, avancámos na mesma notícia.

Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder