O Tugaleaks é um órgão de comunicação social social verdadeiramente independente. Não temos qualquer publicidade no site. Consulta aqui o nosso relatório de transparência mensal.

Envia a tua denúncia anónima aqui

Depois da ACAPOR publicar os dados de um alegado dono no seu site, o Legendatuga encerrou. A ACAPOR apanhou o homem errado.

O Tugaleaks contactou a verdadeira dona do site Legendatuga. Esta informação já estava presente no seu site mas a ACAPOR apanhou o homem errado, que apenas dava o seu contributo para a recolha de donativos.
A ACAPOR escreveu a 30 de Maio de 2013 que o dono era “Humberto Batista, um homem de 31 anos residente nas Caldas da Rainha”. No entanto, nada podia estar mais longe da verdade.

O Tugaleaks tentou contactar a ACAPOR no final da semana passada e interpela-los sobre as condições legais e éticas de divulgar dados de pessoas – que agora, se sabem serem não confirmadas – mas até ao momento não recebeu qualquer resposta.

Chegámos então à conversa com Sandra Santos, a verdadeira dona do Legendatuga, que nos deu uma entrevista sobre o que realmente aconteceu:

 

Legendatuga encerrado depois da ACAPOR publicar no seu site os dados do falso dono do site

 

Porque é que o Legendatuga fechou?

O Legendatuga fechou derivado ao processo movido pela ACAPOR, no qual é referido que a indemnização acresce de 500€/dia que o mesmo continue aberto após entrada do processo, sabendo que a indemnização pretendida pela ACAPOR é de 30.000€ e não querendo colocar mais represálias à pessoa visada, decidi fechar.

 

A pessoa que a ACAPOR visou no site deles é o dono do site?

A pessoa em questão não é dono do site, é sim um utilizador que sempre se dispôs a ajudar em tudo o que fosse preciso. Foi ele que criou um dos logótipos que exibia no site e até ajudou em alguns problemas de design que tive. A ACAPOR considerou o proprietário derivado às partilhas que o mesmo fazia no seu Facebook, por isso estejam atentos, partilhas pode levar à justiça. Toda e qualquer informação que esteja no Facebook é viável pelos vistos na justiça.

 

Como acham que a ACAPOR chegou à pessoa errada?

A ACAPOR não chegou a lado nenhum, a queixa submetida pela ACAPOR contra desconhecidos deu entrada à ASAE, o visado quando falávamos no chat em donativos se disponibilizou em participar. O referido visado, disponha de um meio (multibanco) que poderíamos colocar na angariação de donativos. Acontece que as referências geradas pelo mesmo, pertencem à Hipay, que quando contactada pela ASAE disponibilizou os dados do mesmo. Partindo desse ponto foi de fácil intenção gerar um novo processo contra o titular da conta dos donativos.

 

Consideram correcta a atitude da ACAPOR?

A ACAPOR faz o seu papel, são um associação que representa os donos de videoclubes, os mesmo choram-se que o declínio de lucros é face à pirataria. No entanto não os vejo a intentar contra os ISP que lucram sem ser chamados a quê, velocidade de 360mb para ver o e-mail?
Só tenho pena que a nossa Justiça se deixe interessar por isso e investir tempo e dinheiro, enquanto existe violadores, pedófilos e corruptos que nada é feito.

 

Consideram que o que fazem é ilegal ou errado?

Jesus partilhou os pães e os peixes, praticou ele pirataria?
Posso estar aqui com blá, blá, blá whiskas saquetas, no entanto a única coisa que o site disponha é de redireccionamentos, o site em si nunca teve qualquer conteúdo considerado ilegal. O mesmo está sediado na Suécia e regendo pela sua pátria tudo o que nele era feito, está dentro da legalidade, PARTILHAVA, não disponha de qualquer conteúdo.
Existe uma coisa chamada Cultura, sei por comunicações com os mesmos que muitos utilizadores não dispõem de videoclubes na sua área de residência, temos utilizadores que deram grande apoio derivado ao facto de estarem com mobilidade reduzida, ao qual posso afirmar que alguns se encontram paraplégicos ou com deficiência, serão essas pessoas privadas de cultura?

 

 

Legendatuga encerrado depois da ACAPOR publicar no seu site os dados do falso dono do site

 

O Legendatuga pode voltar a abrir?

Não, alguns dos intervenientes no site podem desenvolver outro projecto similar, mas Legendatuga.com como se conhece fica assim.
Disponha de média 600 utilizadores diários e em bom sábado subia aos 1800, não obstante que quase metade estava no site 10 segundos (ao qual vinha por engano), não tinha uma afluência como as dos sites referenciados pela ACAPOR (pdc, né-niguelito, wareztuga, etc).
O nosso Facebook tem quase 3000 gostos mas pelos comentários sabia que estava no caminho certo para desenvolver um projecto com muita qualidade e que viria a crescer, infelizmente não foi assim.
Nunca foi comercializado qualquer visionamento, logo a despesa era altíssima. Ninguém está disposto a ingressar via judicial por uma coisa que só apresenta despesa.
No entanto está pendente um projecto em que muitos querem participar. O mesmo projecto será delineado como uma aprendizagem do “Know How” que dispomos, ou seja, será um tutorial completo de como criar o seu site de vídeos online.

 

Acham que o fecho dos sites de warez vão permitir aos clubes de vídeo mais lucros?

Há 30 anos não existia “clubes de vídeo” e daqui a 30 anos não vão existir. É um modelo de negócio ultrapassado, somente os proprietários ainda não chegaram a essa conclusão. O declínio dos mesmos não se deve ao facto da pirataria se ter tornado global e de fácil acesso, mas sim ao não ser necessário se deslocar de casa para alugar um filme. Projectos como a MEO, ZON e Cabovisão iniciaram é que vão fomentar esse declínio. Cada vez esses fornecedores têm uma oferta maior, mais variada e a preços competitivos.
O próprio Steven Spielberg já anunciou o fim dos cinemas e a entrada da “cabo” nas estreias. Temo que os proprietários dos cinemas não entendam isso, no entanto a parceria que a Lusomundo já dispõe com a ZON, se futuramente lançarem um canal pago que estreia os filmes sem terem de ir ao cinema, levará à decadência das salas como as conhecemos.
Aí será uma associação de proprietários de cinema a vir dizer que é a pirataria.
Lembro-me que quando houve a saída do gravador de VHS, já a ACAPOR (ou semelhante) dizia que ia arruinar os clubes, depois saíu o gravador de DVD e era o dia do juízo final para a maioria, agora estamos na época da internet e será esta a levar à extinção…
Lembrem-se quando saiu a água canalizada a maioria dizia que a água engarrafada iria acabar, no entanto é o que se vê, modernização e marketing.
O futuro está em VOD se a ACAPOR quiser subsistir apelo que criem um site de streaming, que retenham ideias do que existe mas desta feita o tornem comercializável.

 

 

E o leitor, o que pensa do fecho destes sites e dos processos colocados pela ACAPOR?

Comentários

21 Comments

  1. O que acho engraçado é a ASAE dar-se ao trabalho de entrar nestas cowboyadas e deixar os hipermercados andarem a vender carne de cavalo nas lasanhas como sendo vaca, e passados uns meses aparecem mais produtos com problemas semelhantes (peixe-gato a passar por bacalhau com natas). Isso sim é triste.

  2. Haviam era de processar esse pessoal dos video-clubes, que maior parte que eu conhecia nunca me passou uma única fatura (isto antes de ter internet), de qualquer maneira já não alugo há mais de 13 anos, desde que tenho dvd, comprava na feira filmes por 1€ etc., depois de ter internet ficava-me pelo esplendoroso pdclinks. que já trataram de fechar, e mais recentemente wareztuga cuja morte ainda é recente, desde isso apenas faço download a partir do piratebay, porque embora gostasse dos websites portugueses estes estão muito instáveis e já não se pode confiar neles porque de repente podem fechar… Não sei que direito têm os video-clubes mas é estupido… quem devia ter razão de queixa são os criadores de filmes que vêm menos dvd´s serem vendidos, mesmo assim ganham dinheiro de sobra com os bilhetes de cinema e os senhores dos videoclubes que criem uma estufa de cánabis dentro dos seus estabelecimentos porque é disso que precisam, por muita que seja a guerra… nunca me vão tirar os amados torrents nem a minha liberdade de ter o que quizer e bem me apetecer. É assim que me tenho regido, faço download de um jogo, gosto compro para poder jogar em multiplayer, gosto de um filme, vou vê-lo ao cinema e se gostar de uma banda vou ver o seu concerto. intermediários como os gajos dos videoclubes, vendedores de cd´s e dvd´s são todos uma canbada de chupistas.

  3. Excelente artigo! parabéns

    Sugiro q n percam de vista a moça do legendatuga… as suas palavras cheias de vida e exemplos fenomenais… impedem q ela caia no anonimato…

    Façam o convite p ela colaborar convosco na newsletter… vai ser uma excelente mais valia para o v. projecto…

    Apenas lamento nunca ter conhecido o projecto dela e agr nunca o conhecerei…

    Mas… se for apenas traduzir as legendas… n vejo qual seja a violação aos direitos de autor quando a legenda será um direito conexo e autónomo ao filme…

    É a ameaça e o medo instrumentos da ACAPOR

    Eu pessoalmente pegava na notificação que a moça recebeu e apresentava queixa crime por ameaça ou mesmo por coação… mas ela teria q ser muito bem apoiada pois é claro q ela tem uma enorme capacidade no que faz mas n tem preparação emocional p este tipo de embates…

    Parabéns!

    1. apoiem a dona do site e entrem associada com ela numa parceria frutuosa.
      quanto ao apoio legal entre todos os amigos de certeza que se encontra apoio para vencer. Algum do material é procuçao propria dos queixosos? sendo podem pedir direitos; se sao apenas donos de rendas já há pano para mangas

  4. Sinceramente foi um boa intrevista! Penso que a ACAPOR, como a entrevistada disse, tá a fazer o seu trabalho mas sinceramente penso que a “pirataria” nunca irá acabar e haverá sempre sites, blogs, etc… a divulgar links!

  5. Eu nao percebo é uma coisa: esses da acapor ja estão todos identificados há anos, toda a gente sabe a morada deles há anos, todos são testemunhas do que esses cabrões andam a fazer há anos e entretanto, por não lhes ter acontecido nada nestes anos todos, admiram-se deles conseguirem identificar este ou aquele palhaço que se deixa apanhar por andar certo que nada lhe aconteceria. Se Portugal fosse um País de homens a sério e não de lesmas, Pereira e Cia. já estavam a fazer tijolo há muitos e muitos anos. Ninguém os fode por isso depois reclamam. Seus CONAS!! Fodam-se por que merecem! Nada fizeram para os travar agora fodam-se!!

  6. Dou todo o meu apoio e me disponibilizo para ajudar, quem lê esta notícia sem qualquer partido entende o bem que ela fez e a falta que vai fazer aqueles que por necessidade a acompanharam de perto

  7. Nem conhecia esse site, mas o que mais existe por ai são sites de legendas em português de Portugal e em ultimo caso em Português do Brasil.
    Nem sabia que fazer, disponibilizar legendas constituía algum crime.

  8. Existem milhares de sites para downloads com servidores situados entre o polo Sul e polo Norte , não ercebo porque seguem só os tugas .

    Depois , parece que e alguns pensam ( gabinete do ciber crime do Ministério Público ) que por existir um IP equivale a um numero de telemovel , esquecem que muitos são dinâmicos e outros utilizam tralha de software para os mudar quando lhes apeteça e depois ficam gravados a determinada hora outro inocente !

    A internet é um serviço pago pelo cliente … os conteúdos são publicos a quem os queira tirar de forma gratuita ainda que tenha hoje saído no cinema …

    O significado da internet é : partilha !

    A internet não só para facebook e mail´s !

    Quem deve pagar percentagem do lucro são as operadoras !

  9. Um hacker denuncia montes de pedófilos = é preso e leva com mais anos do que os outros
    A ACAPOR descobre as identidades de pessoas por de trás de alguns sites que promovem a liberdade cultural, sabe-se lá como = pode continuar, porque beneficia a economia

  10. Bom a pergunta é :

    “E o leitor, o que pensa do fecho destes sites e dos processos colocados pela ACAPOR?”

    Para mim é mais uma entidade criada a procura de dinheiro, passo a explicar, já tive um blog tipo legendastuga e fechei assim que ouvi falar sobre o fecho de alguns sites portugueses ainda não percebi qual a legalidade destas acções se o que nos partilhamos são links e não ficheiros os ficheiros têm host fora de portugal e pela lógica desta gente se eu partilhar na minha pagina do face este link http://www.tugaleaks.com/legendatuga.html vou ser processado se ele tiver algo de ilegal ?

    Este é um tema que da muito que falar porque eles não manda a baixo sites como 4share, rapidshare entre outros eles sim ganham com isso …. e não digam que eles não sabem os ficheiros que estão ilegais.

    Resumo :
    A Internet não serve para partilha de informação ?
    Sim, sim informação legal … bla…bla …bla

    Qual a diferença entre Emule e estes sites ? O emule Kaza ou outros pagam ??… lolloo Duvido

    Se foram a casa dos senhores da ACAPOR aposto que eles tiram filmes da net e andam com Cds gravados nos carros ….

    Tudo Cambada de NOOOBSSSSS

    1. “Quem deve pagar percentagem do lucro são as operadoras”

      Exmo (s) Senhor (s) da ACAPOR,

      Acima é referida uma afirnação, no que me têm a dizer quanto á percentagem paga pelos contribuintes na conta da luz para o “universo” audivisual? Uma pessoa paga electricidade, mas nao é obrigada a ter televisão (que é o meu caso). Como é que faço?

      Meus senhores, chamem-lhe cinismo, hipocrisia, o que quiserem, quando temos pessoas da PJ a fumarem e a snifarem, quando temos pessoas da PSP a dar “dicas” de como e quais casas para roubar, não se admirem que no proprio gabinete da ACAPOR nao haja ninguem que não saque ou que não partilhe informação pelos amigos, devido a quê? Dinheiro ?

      Basta alguem na ACAPOR emprestar um DVD a um amigom, familiar que está já a praticar o crime de Pirataria. Os DVD’s ou supostamente todo o tipo de conteudo digital quando partilhado, de que maneira for, já é um acto punivel por nivel.

      Quanto á taxa de audiovisual, porque é que a referi? Se pusessem uma tava, minima que seja, em cada fatura MEO ; ZON ; SAPO e etc, nem que seja um euro a mais de internet (taxa a ser imposta pelo GOVERNO E/OU ANACOM), duvido que as pessoas se iriam importar, para quem paga entre 50€ a 60€ ou até mesmo 100€ de serviços por mês, 1€ nao fará muita diferença.

      Caros Senhores da ACAPOR, em vez de andarem atrás de quem só quer ajudar a partilhar informação, cultura ou qualquer outra coisa, nõ sejam hipocritas, vocês também o fazem e nao é por isso que a ASAE vai a vossa casa até porque tenho quase 100% certeza que deverá haver proprios elementos da ASAE que pratique este tipo de crimes.

      Pensem e resolvam, não andem todos ás turras por uma coisa que nunca irá acabar, encontrem uma solução.

  11. Se querem facturar, mudem de ramo, tal como os videos, filmes, musicas e jogos, a seguir vai ser o “nosso” carro, casa ou companheiro.

    Afinal, não é tudo de todos?

  12. O Estado esse Grande PATRÃO
    Os empregados do Estado em Portugal existem fundamentalmente para melhor enganar, aldrabar, vigarizar, desviar e roubar o próprio PATRÃO (Estado) em completa legalidade, impunidade e imunidade pois há que precisar que tudo na Constituição Portuguesa (a fazer passar por deficiente mental o maior dos vigaristas) se encontra reunido de uma forma magistral e exemplar para favorecer, beneficiar e proteger em exclusivo os empregados do Estado e em nada o PATRÃO.
    Os empregados do Estado são todos aqueles que recebem uma remuneração em troca de um suposto ”trabalho” na chamada função pública. Ex. : Presidente da Répública, Primeiro Ministro, Ministros, Parlamentares, Secretários, câmaras, juntas, finanças, militares e etc., etc., etc., etc., etc.
    O engraçado e mais estranho e estúpido nisto tudo é que o PATRÃO (Estado) é o próprio POVO que não tem poder absolutamente algum nas decisões da Répública e nunca terão porque a Constituição assim não o permite ao contrário do poder absoluto dos Políticos que mandam de mão de tiranos e cara de Anjos.
    Impossivel de se encontrar PATRÃO mais condescendente, generoso, cego e ignorante.
    Também por isso é que nunca houve não há e nunca haverá melhor ”emprego” que o de ser empregado do POVO (Estado).
    CONCLUSÃO : Temos que acabar completamente e radicalmente com a Constituição Portuguesa e criar uma nova Répública de raíz ou adoptar um sistema político estrangeiro que se saiba funcionar.
    ASSINADO : Aremando Zarpa

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *