Lixeira tinha panos que serviam para forrar caixões. Coisas mórbidas, mas bastante reais. A Câmara diz que resolveu, e culpa a crise pelo atraso.

Uma nota de 9 de Abril que a CDU enviou à imprensa dava conta de que o “Cemitério de Odivelas não respeita os mortos, a sua família e a saúde pública”. Denunciava que desde 2001 o cemitério está numa situação de ruptura. Mas não se ficam por aqui c colocam fotos no PDF.

 

Lixeira a céu aberto ao lado do Cemitério de Odivelas

Trata-se de uma lixeira a céu aberto, com uma área estimada de 300 a 400m2, ao lado do cemitério que segundo o Tugaleaks apurou não consegue servir as necessidades da população. Para o responsável do CDS/PP Odivelas que também denunciou a situação no Facebook, Miguel Xara Brasil, esta é uma situação onde “há camadas [de lixo] que se sobrepõe, montes de 1-2 metros, e em algumas já estão cobertas por vegetação” e que é um perigo para a saúde pública pois “estes resíduos estão a céu aberto, sem qualquer protecção ou vedação”. O responsável do CDS/PP ODivelas preferiu não especular sobre o que se podia encontrar na lixeira, mas assegura que “os panos que servem para forrar os caixões se encontram no meio dos resíduos, o que por si só, como é fácil de entender constitui uma perigo e uma ameaça para a saúde pública e sobretudo para os que ali trabalham diariamene”.

 

Lixeira a céu aberto ao lado do Cemitério de Odivelas

 

Já a Câmara Municipal de Odivelas faz uma versão diferente dos acontecimentos. Em resposta a um pedido de esclarecimento do Tugaleaks, informa que “procede regularmente ao esvaziamento de um depósito existente para colocação de materiais e resíduos diversos que resultam da atividade normal de um cemitério” e atribui o problema “aos constrangimentos causados pela nova Lei dos Compromissos e Pagamentos em Atraso aplicados às autarquias locais, provocam situações em que, por vezes, não nos é possível sermos tão céleres nas respostas quanto aquilo que gostaríamos e seria necessário na resolução de alguns problemas”.
A Câmara Municipal assegurou ainda que “o terreno onde se encontravam depositados os referidos resíduos foi já limpo por esta autarquia, encontrando-se assim ultrapassada esta questão”.

Nas fotos enviadas ao Tugaleaks não é possível verificar o depósito indicado. Talvez por estar tão cheio.

Fica a questão, para o leitor: o que fará a austeridade para o futuro deste cemitério?

 

Lixeira a céu aberto ao lado do Cemitério de Odivelas

 

Ver
Esconder