Mentir é feio. E para um banco, mentir coloca a relação entre o cliente e a instituição em sérios riscos. A nossa conta continua bloqueada, agora por um “novo” motivo.

 

Millennium BCP mente descaradamente e continua o “falso” bloqueio ao Tugaleaks

 

Foi recebida uma carta do BCP datada de 17 deste mês mas apenas recebida por correio na tarde do dia 25, curiosamente quando na manhã desse mesmo dia foi divulgado o nome do banco. Nessa carta, uma enorme surpresa: a carta alega que a conta irá ser desactivada porque não tem movimentos há mais de 6 meses.
Esta informação é absolutamente contrária à informação que nos foi passada pelo gerente da agência do Pinhal Novo sobre a lei do terrorismo. Mais, esta informação é não só diferente como é mentira.
E afirmamos ser mentira com provas óbvias.

 

Millennium BCP mente descaradamente e continua o “falso” bloqueio ao Tugaleaks(clica para ampliar)

 

A carta acima, recebida por nós, indica que não há movimentos há mais de seis meses, e pede para devolver os cartões (que também não existem). Decidimos nesse sentido por isso colocar à disposição o print do homebanking para ajudar à caça da mentira:

 

Millennium BCP
(clica para ampliar)

 

Como se pode ver foi depositado 100EUR para a abertura de conta e no dia seguinte esse montante foi retirado. Por mera sorte, um dia antes da conta ter sido fechada, porque provavelmente nem os 100EUR se conseguiam reaver.

Sorte à parte, está claramente provado que o BCP mentiu descaradamente e que prestou declarações falsas a um cliente. Declarações essas que podem ser facilmente confirmadas como não corresponderem à verdade, mas ainda mais grave, são completamente diferentes das declarações do gerente com quem falámos.

 

Apoio ao Tugaleaks

Temos já confirmação que um utilizador do BCP com ordenado domiciliado, que pretende permanecer anónimo,  apresentou por telefone uma queixa em protesto pelo encerramento da nossa conta. Espera com isso fazer pressão ao banco para rever o nosso caso.
Esperamos que a esta se sigam mais pessoas.

 

Os donativos são legais

Quando falamos em donativos, não estamos a falar de montantes angariados para uma causa. Estamos a falar de um serviço que prestamos, a informação neste site. Este serviço é posteriormente pago através de um recibo verde.
Em momento algum violamos a lei, nomeadamente esta, que indica ser preciso autorização do estado (e logo do estado) para criar essa conta.
Esta informação foi passada à pessoa que nos abriu a conta dia 11, novamente dia 13 e ao gerente dia 16. Até ao momento, o banco tem-se recusado a dar-nos acesso à “descrição” da conta enviada internamente para confirmar se existe a menção da forma como iria ser recebido e tratado o dinheiro.

 

As perguntas que ficam no ar…

O BCP mentiu, é fácil comprovar isso. O que terão eles a ganhar? É bastante fácil processa-los por informações falsas. A nossa principal intenção é ter a conta aberta e não andar em tribunais. Mas se preciso for, iremos até lá.
Porquê é que se recusam a dialogar, seja com um contacto telefónico ou por e-mail?
Até quando um banco, que no ultimo semestre perdeu bastante valor, “aguentar” a pressão deste e outros artigos sobre esta situação escandalosa, nas redes sociais?
E por fim, como pode a maior parte do mainstream media ignorar tamanha farsa sem lhe dar o devido destaque?

São boas perguntas. Mas todas elas sem resposta.

 

Ver
Esconder