A empresa tem ao serviço “preços” diferentes para estagiários, funcionários da NSN e ao outsourcing, onde este último, os trabalhadores queixam-se irregularidades contratuais

A Nokia Siemens Networks (NSN) tem cerca de 60.000 empregados pelo mundo, segundo a Wikipedia. Em Portugal o número é desconhecido, mas ao que o Tugaleaks apurou existem em determinados departamentos três “grupos” de pessoas a praticar a mesma função e com salários diferentes. A nossa investigação começa com os estagiários do IEFP que, financiados por este, estão na NSN a trabalhar da mesma forma que os outros funcionários, mas pagos pelo estado. Existem ainda os funcionários da NSN que têm o valor mais alto do “grupo” de funcionários. Depois, existem os funcionários cuja sorte não esteve do lado deles: contratados pela empresa de outsourcing.

 

Nokia Siemens Networks: ilegalidades laborais no outsourcing provocam mau clima de trabalho

 

A empresa de outsourcing

A empresa chama-se Upgradem e pertence ao grupo Multipessoal. De acordo com fontes ligadas aos trabalhadores, a empresa que contrata para a NSN estipula os preços conforme o empregado. Por vezes é recusada uma oferta e a Upgratem aumenta o preço, por forma a “garantir” o trabalhador. Ao mesmo tempo, aos que aceitam a primeira oferta, têm no seu recibo de ordenado um valor fixo de 55EUR mensais pelo trabalho nocturno dissimulado dentro do valor base. No entanto, este valor é igual caso trabalhem 1, 9 ou 10 dias. Sempre 55EUR a mais. A lei é contrária a esta prática, pois no Código do Trabalho, Art 266º, número 2, alínea b, refere que esta prática é possível “desde que não importe tratamento menos favorável para o trabalhador”. Segundo um dos trabalhadores, “auferimos um ordenado míserável” que “ fazendo as contas segundo o que dita o código de trabalho nem estamos a auferir o ordenado mínimo garantido” caso os valores fossem discriminados.

 

Outros problemas

Segundo outra fonte, os problemas da NSN não ficam por aqui. Têm a trabalhar, também por outsourcing, algumas chefias. E por mais 150EUR/mês alguns ficam de “prevenção” a trabalhar cerca de 16 horas por dia, um número de horas acima do permitido por lei.
Voltando ainda às diferenças que existem em termos do ordenado, as mesmas foram já objecto de discussão entre os trabalhadores, criando um óbvio mau estar para os que ganham menos de 600EUR (incluindo “subsidio nocturno”), pois a divisão salarial é acentuada.
Mesmo esse valor está incluído no recibo de vencimento como “vencimento base” e não está devidamente clarificado.

 

 

O Tugaleaks tentou contactar a NSN e a Upgradem. Quanto à NSN, tentámos por duas vezes via e-mail e uma por telefone, obter esclarecimentos sobre a qualidade do trabalho realizado na NSN, mas sem resposta. Sobre a Upgradem, tentámos enviar um e-mail para a caixa de e-mail indicada no site, mas estava cheia o que para uma das nossas fontes “para uma empresa que se diz ser tecnológica, falta uma competência de gestão básica”. Por telefone, indicaram-nos que “não temos nada de ilegal” e recusaram-se a responder qualquer questão por telefone ou e-mail, deixando ainda assim a possibilidade de contacto presencial.

O relatório anual do Provedor da Ética Empresarial e do Trabalhador Temporário estima que um terco dos trabalhadores temporários a ganharem menos de 600EUR. Se o pagamento de horário nocturno fosse efectuado segundo a lei, estes trabalhadores não fariam parte deste número.

Comentários

123 Comments

  1. Mas a NSN tem piores condições de trabalho, relativas ao facto de n podermos ter casacos nas costas das cadeiras, não podemos fazer barulho, nem podemos fazer grupos de 3 pessoas e falar nas nossas pausas…. isto sim devia ser falado

    1. É de uma ridicularidade aquela empresa que até mete dó. Desde a história dos coletes, de pessoas a serem despedidas por serem apanhadas a comer á porta da empresa com o colete vestido, de no local onde fumam não podem ter um colega ao lado a comer porque fica na ponta oposta do edificio, ali para se ser despedido é tipo a história do Rei Midas, mas ali chama-se Picoito, e recebes um toque no ombro e um “amanhã já não voltes” muito sereno para acabar com o emprego de uma pessoa.
      A empresa em si é optima….os gestores é que são um nojo.

    2. És mas é parvo, as cadeiras servem para sentar, não para pendurar casacos! Para isso existem cabides ou armários!
      Como é óbvio num local de trabalho, não podes andar a fazer barulho, claro que deves poder conversar, entre outros, barulho barulho como é lógico e ético, não o deves fazer!
      Mas tu nas pausas vais fazer ‘menage à trois’ ? aposto que nunca ninguém foi advertido por estar 3 pessoas a conversar.

      1. Sim as cadeiras são para se sentar mas os armarios e os cabides são partilhados por todos o que acontece é meu casaco ficar cheio de pelos de animais de outras pessoas, estar num armario fechado cuja a higiene de algumas pessoas não é da melhor. E sim já houve advertencias por 3 ou mais colaboradores irem ao exterior para fumar / conviver, até porque o indicado pela nsn, pausas devem-se fazer sozinho e no almoço podes eventualmente ir com um colega seu.

        Acho triste o teu comentário de pausa fazer ”menage à trois” pois é assim amigo queres ir fumar um cigarro ou beber um café, vais admitir que não é muito melhor ires com um colega para falar / conviver?

    3. Mas nas outras empresas podes ter o casaco nas costas da cadeira??? Nunca ouviste falar em cabides,armários,bengaleiros,etc,,, A não ser que a empresa não os tenha,nesse caso nem empresa é. Sai rápido dessa pocilga!!!

  2. acontece/acontecía algo do género na Teleperformance, com uma empresa que pagava apenas os horários nocturnos, de uma determinada campanha, a Emprecede.

    procurem emprecede no google e é uma moradia na Costa,

    Sócios – Dr. José António Costa Esteves
    Dr. Tito Pedro Nunes dos Santos Costa Esteves
    Dr. Ricardo António Nunes dos Santos Costa Esteves
    Drª. Raquel Filipa Cândido dos Reis Costa Esteves
    Director Geral – Dr. J. A. Costa Esteves
    Director Técnico – Drª. Martina Costa Esteves

  3. Sim mas isto é ridículo. A nokia siemens em Portugal tem bom ambiente e a renumeração não é assim tão má.
    Acho que foram pegar no pior exemplo… há tantas bem piores. Com salários em atrasos, horas-extra não pagas, pressão sobre trabalhadores para darem horas de borla á empresa…
    E muitas delas no rankings das melhores empresas de IT para se trabalhar em Portugal…..

    1. Horas extras há empresa??? Então e na NSN quando deixaram de pagar prevenções e a Catarina Soares pediu aos gestores de projecto para quem se recusasse a fazer as mesmas (sem receber) para ser elaborada uma lista das pessoas e lhe ser entregue para futuro despedimento??? Isso é o quê?

    2. Pior exemplo, eu trabalho na nokia siemens e sei bem o que se passa, queres pior???
      Não ganhamos assim tão mal?
      Fazemos horario por turnos pessimante distribuidos e em que um terço é horario noturno, pagam-nos apenas o salario base(salario minimo) mais subsidio de alimentação ou seja esquecem-sse do subsidio de turnos e subsidio noturno, e sim nós se um colega se atrasa ou falta somos pressionados pelos lideres de turno a permanecer no posto de trabalho até o colega chegar ou se ele não chegar para ficarmos a fazer 16 horas seguidas que não são pagas e sempre com aquela pressão de que se não o fizermos estamos a ser maus profissionais e que podemos ser despedidos
      Ter estagiarios a serem pagos pelo estado numa multinancional, quando o pais está em crise e eles podiam perfeitamente pagar???
      E só á bem pouco tempo modaram a politica dos hórarios, porque durante imenso tempo os hórarios de trabalho para o mês seguinte eram entregues apenas no ultimo dia do mes ou seja sempre em cima do calcanhar, actualmente são nos dado com mais alguma antecedencia mas sempre horarios mal distribuidos, onde as horas de descanso entre turnos não são cumpridos, pessoas a trabalhar 9 e 10 dias consecutivos sem uma folga etc…
      É certo que a nokia é um projecto enorme e nem todas as pessoas têm as mesmas condições mas nós falamos relativamente ao nosso projecto em que 80% das pessoas que são cerca de 70 têm estas condições.
      Para não falar que quando são escolhidas pessoas para fazer prevenção semanal (ou seja ficar alerta durante a semana e a qualquer momento poder ser chamado para ir trabalhar) esta prevenção é paga no valor de 150€ mas para alem de haver pessoas que reclamam que não lhes pagaram, quando pagam juntam tudo no ordenado, o que faz com que essa pessoa suba de escalão e desconte uma batelada e as vezes quase que se ganha menos do que sem se fazer prevenção, e isto não é legal pois estes valores têm de ser descriminados á parte.
      Se achas que isto são boas condições Ok, Nokia Siemens é só nome, se fosse tão bom não havia montes de pessoas a ir embora para outras empresas…

  4. Epah, isto não é novidade nenhuma! O Outsourcing é a nodoa do nosso empreendorismo, sem que seja correctamente regulado, vai continuar a existir situações identicas a esta!

  5. Isto acontece em quase todas as empresas de media dimensão para cima, a firma emprega alguém mas paga o ordenado a uma empresa de trabalho temporário. Assim pode despedir quando quiser e lhe apetecer e todos os direitos dos trabalhadores são ignorados pois qualquer atrito da direito imediato a despedimento. Há milhares de empresas a fazer isto inclusive Empresas e órgãos estatais. Mas os principais beneficiados com isto são as empresas de trabalho temporário que de escrúpulos tem pouco e os seus lucros são abismais, muitas são administradas por ex-políticos que fizeram as leis todas para que estas situações sejam legais. Já trabalhei para vários órgãos estatais e grandes empresas e infelizmente sempre foi assim, enquanto la estiverem estes partidos vai ser assim e cada vez pior, pois ainda financiam as empresas de trabalho temporário (http://www.esquerda.net/opiniao/22064carreira-de-desempregadoa). Mais, há empresas que despedem trabalhadores, entram em acordo na indemnização para de seguida contratarem outros em outsource para o mesmo posto a pagar bem menos e sem direitos nenhuns. Mais, estas empresas fazem mudanças a nível do seguro de saúde, subsidio de alimentação, pagamento de ajudas de custo (isto e para disfarçar o pagamento do ordenado que e o mínimo e fugir aos impostos) e só depois avisa o trabalhador, se não estiver de acordo dizem de caras que há mais quem queira e que a porta está aberta. Tudo o que disse acima acontece ou aconteceu comigo e não são historias inventadas ou recontadas.

  6. Andei por la..andei..durante quase 4 anos, sem aumentos, mas com reducoes, cheguei a trabalhar 24h sem parar por incompetencia de chefia que se esquecia de escalar gente para ficar de turno. Caso tivessemos alguma opiniao ou queixa sobre o estado de coisas, recebiamos a seguinte resposta por parte da chefia: “A porta da rua é serventia da casa”…entre tantas outras coisas…mas enfim..acho que toda a gente tem mais historias veridicas que pode contar.

  7. Ver inclusive chefia que no final do ano de 2011 com o Bonus recebido comprou um belo Mercedes novinho em folha, gracas ao trabalho de uma equipa de jovens engenheiros a receber 600 euros por mes a trabalhar durante a noite, durante o dia, a ter que ir as casas de banho da cave porque as do seu pise estavam avariadas, sem ter agua potavel para beber durante mais de um ano, agua essa que surgiu apenas quando a empresa foi avisada de que haveria uma inspeccao de condicoes de trabalho…..pfffff…nojo

  8. Trabalhar na empresa a mais de um ano sem ter cartao de acesso, ter que abrir as portas a forca…e uma vez mais grande parte da equipa so viu os seus cartoes feitos quando a empresa foi avisada da tal inspeccao…

  9. E os bancos fazem créditos de habitação até aos 80 anos de idade da pessoa .

    Com estas instabilidades de empregos ou lá o que chamam , ora vejam o que possa vir no futuro .

    Muitos irão já depois de velhinhos e terem pago umas 3 casas ao banco em juros , as perder porque depois quando tiverem perto dos 80 anos ou estão num lar e falham uma prestação ao banco ou precisam do dinheiro para pagar medicamentos e comprar comida .

    Antigamente compravam-se as casas com crédito mas no máximo dentro de 10 anos estavam safos dos banqueiros .

  10. Na ZON também acontece estou a trabalhar na Reditus em turnos de 24*7 sem receber subsídios nocturnos ou horas nocturnas já para não falar em feriados pagos.
    Este é o estado de uns pais onde a nossa classe dirigente têm uma falta de visão crónica e uma “curruptite” aguda.

  11. Já trabalhei na NSN pela Upgradem e o que posso dizer é que existem abusos intoleráveis aos quais apenas nos sujeitamos devido à precariedade do mercado de trabalho em que vivemos e à necessidade de fazer face às despesas quotidianas com que nos deparamos obrigatoriamente.

    A Upgradem, empresa do Grupo Multipessoal, que “tem como accionista de referência o Grupo Espírito Santo”, conforme mencionado no seu próprio website, pretende desta forma continuar a aumentar os seus lucros à conta da exploração de mão-de-obra qualificada e da passividade das autoridades de fiscalização competentes.

    É preciso continuar a denunciar estes abusos e intervir activamente, até estes senhores perceberem que o povo não anda a dormir e que não deixa passar em claro o que nos estão a fazer.

  12. Trabalhar atualmente na NSN é como estar numa ditadura, num clima de medo permanente, do Dr. Picoito, CEO da NSN. Existem relatos que se o Exmo Sr. “apanha” alguém que não cumpre com o que está estabelecido e é logo mandado aos Recursos Humanos para fazer as contas e ser despedido. Entenda-se que na NSN não se pode ter casacos nas cadeiras, copos, nem nada que não tenha haver com o essencial para trabalhar em cima da mesa de trabalho. Por vezes assisti às secretárias, uma dela sua “amante” à anos a sairem a chorar do gabinete deste Exmo. Sr… Conseguiu trazer este investimento para Portugal, mas é triste como trata as pessoas. Não aconselho a ninguém a trabalhar na NSN, seja pela pressão (pelo maus motivos), pelo ordenado baixo face às horas exigidas, pela falta de perspectiva de carreira, e ser um permanente temporário.

  13. não é nada assim. Conheço bem porque já lá trabalhei como funcionário e como outsourcer e nunca ganhei menos de 2500€ por mês e era simplesmente um técnico. O que se passa é que muita gente acha que trabalhar lá é ir fumar 10 vezes por dia, navegar no facebook e tomar cafés….

    1. Tu deves ser um caso dos chulos que trabalham nos departamentos de engenharia, que fazem 10 pausas por dia, internos, com isenção de horario, e 1 horinha de almoço….porque ali no antigo GNOC ninguém ganha esses valores sem ser chefia. e mesmo esses têm que estar numa boa posição.

      1. Tb conheço lá uns “sr.s” que ganham isso, mas como já se sabe foi por cunhas. Isso e darem os contractos a assinar quando já te encontras a trabalhar e nem consegues prestar bem atenção à merda que estás a assinar, e depois de uns meses virem-te pedir que assines um Nondisclosure Agreement, que ainda tens de imprimir, porque se esqueceram de te pedir junto com o contracto, ahahah não assinei nem nunca mais se chatearam,
        Deixo aqui a minha impressão da GNOC, o pessoal com quem trabalho e que está lá todos os dias a garantir que os clientes ficam bem servidos, são 5 estrelas, a chefia pudia morrer era toda que até se ouviam palmas e assobios pela NSN a dentro

    2. Hó ex-colega… Estamos a falar da NSN….. Não te enganas-te? Por esse valor devias ser PM ou LM mas contratado como outsourcing… (TUDO isto no tempo “das Vacas gordas”….)

  14. Reditus essa que é administrada pelo Pais do Amaral…
    Reditus essa que já teve como administrador não executivo o Passos Coelho e senão estou em erro o Relvas…

    1. Reditus? Pior cancro e desilusão da minha vida… Completamente enganado!!

      Relativamente á NSN acho que já está tudo dito… Uma cambada de exploradores numa época em que a escravidão já foi abolida á muito tempo… 550€ de base? Já com prevenções e subsidio nocturno incluidos? Onde? Só na NSN e na Républica das bananas que é este país…

      Enfim, aos que possam, arranjem melhor…

  15. trabalhei lá durante 4 anos e tudo o que vi foi o mais completo desprezo pelas pessoas que la trabalham..

    Durante mais de 4 meses tivemos sujeitos as obras a serem efectuadas no edifico, fomos o único grupo que não saiu do edifício, levando com todo o barulho de maquinas pesadas, paredes a partir, pedras a caírem do tecto, canos rebentos e a cair em cima de nós, imenso pó, cabos de vários tipos pendurados sem protecções. destruíram a copa e durante meses não houve nenhum sitio para tomarmos pequeno-almoço/almoço/jantar e se comêssemos nas instalações (pois era o único sitio abrigado) éramos ameaçados, houve inclusivamente pessoal a comer nas wc.. e quando arranjaram um sitio para as pessoas comerem foi….. na garagem… sem quaisquer condições , ao frio, com ratos….
    Houve a agua como já foi referida anteriormente passados uns meses também foi removido…
    As horas extras deixaram de ser pagas… as “prevenções” só eram pagas até duas semanas… se fizemos mais não pagavam e se tentássemos dizer que não la vinham as ameaças outra vez… aumentos nunca se viu só mesmo de trabalho e responsabilidade.. pois subias de posto e o teu ordenado não era actualizado…
    e a NSN como as empresas estão contratar com a questão dos estágios, no caso da NSN se for um externo a passar para interno a NSN pede para assinar um papel em que dizes que não trabalhas-te na NSN no ultimo ano…
    e das ultimas mais graves é ter sido havido pessoas despedidas por terem ido a rua com o colete da NSN posto (a questão de andar com o colete tipo “homem das obras” o dia todo é ridículo).

    Falamos da empresa que o Sr. Eng. José Sócrates foi inaugurar com os tais 600 engenheiros altamente qualificados.

    Felizmente já sai da NSN e não me arrependo nem um bocado.

  16. Atenção a este caso no qual o estado investiu mais de 90 milões de euros em 2012 e o qual serviu para empregar uns amigos /familiares bem renumerados enquato q todos os outros recebem o minimo. É uma empresa Multinacional que em Portugal parece um negócio de família

  17. Verdade verdadinha… A NSN só é boa para uma coisa.. ganhar experiência e sair o mais rápido possível. Para contar o desrespeito que vi pelos trabalhadores, quase que dava umas boas páginas de texto…Mas tudo resume-se a uma coisa, ou tens sorte e vais para um projecto decente com uma chefia decente ou vais ter de te sujeitar a muita coisa…. isso depende de cada um.

  18. O outsourcing não passa da escravidão do século 21, n me venham dizer k ganhar o ordenado mínimo em horários 24*7 (sem horas nocturnas pagas) dá para viver em Lisboa, quando uma casa nos arredores custa de renda cerca de 400€. Mas como em tudo neste pais o pequeno trabalha para encher os bolsos dos grandes.

  19. Na PT é a mesma treta…

    Temos um trabalho com uma responsabilidade brutal, a ganhar 500€ de salário base, e um contrato de merda que “dura 6 anos, renovável mensalmente”… O que quer que seja que isso quer dizer…

  20. AT: “salários em atrasos, horas-extra não pagas, pressão sobre trabalhadores para darem horas de borla á empresa…
    E muitas delas no rankings das melhores empresas de IT para se trabalhar em Portugal…..”

    Posso-te dizer que no meu caso (e em mais) nunca recebi uma única hora extra, faço e muitas horas de borla e pressão para trabalhar “a mais” é uma coisa tão banal como beber água. Além disso existem diferenças salariais escandalosamente ridículas para pessoas que tem exactamente o mesmo cargo e nem por isso são menos competentes. Não é o “pior” exemplo, é a realidade de muitas pessoas ali dentro, embora existam também muitos cargos decentes e bem remunerados na NSN, com direito a tratamento humano.

  21. E o facto de não haver condições nas refeições para quem faz turnos, ser proibido apanhar sol, pois não existe nenhum local onde nos deixem estar ao ar livre, isto td deve-se a um ditador da NSN que ignora os trabalhadores o SR PICOITO. Eu creio que este senhor idolatra o hitler, pois a NSN neste momento vive numa ditadura cruel, inclusive obrigam os trabalhadores a fazerem horas extras, sem lhes pagarem.

  22. Mas a Reditus também anda na NSN, e a malta da Reditus ainda recebe menos que os 600€ que os da UpgradeM recebem! E é uma vergonha de empresa… Feriados feitos são pagos quando se lembram ou após várias reclamações, recibo de vencimento vem quando eles querem e não se percebe nada daquele recibo, horas extra não são pagas, pagam valores por fora e chamam-lhe despesas de quilómetros havendo pessoal que para receber o salário, todos os meses tem de inventar quilómetros.
    A Reditus lol, ainda me lembro da minha entrevista “Pois só podemos pagar 600€, sabe é a crise, e o cliente para que você vai também não paga muito bem”
    Mas que grande desculpa!! Toda a gente que entra, independentemente para o projecto (cliente )que vai, entra a ganhar 600€.!
    E sim isto que se disse é verídico, passo por isso todos os dias, mas há muito mais por onde falar.
    Agora têm umas regras “campo de concentração”, e já foi pessoal despedido com estas regras parvas que não lembram a ninguém. Não é permitido parar de circular quando no exterior, pois basta parar 10 segundos para cumprimentar alguém que vem logo um dos novos seguranças avisar para continuar a circular. Nas pausas beber café e fumar ao mesmo tempo? Não podes, és despedido na hora! Café é só na “copa”! Sim porque agora temos uma “copa”, mas andámos meses a fio a comer na rua e isto no inverno! Depois na rua já não se podia comer, só no estacionamento dos internos…ainda me lembro, era tão bom tar ali a comer (almoçar e jantar) e a ver os carros passar ao nosso lado e sentir aquele aroma a escape…
    Só se pode fumar num lugar designado por eles, e basta um pé estar fora do cimento para ser motivo de te identificarem e fazer uma queixa tua que pode dar em despedimento!
    Agora toda a gente é obrigada a andar de colete colorido para catalogar a malta, e se te esqueces de tirar o colete ao ir à pausa és despedido, nem que tenhas um casaco por cima!
    Também há as cunhas que fazem o mesmo trabalho que os outros, mas além de tratamento especial (faltar e não levar faltas, ter o horário que pretendem ter, fazer porcaria e fecharem os olhos), recebem mais 50% do ordenado que os outros recebem.
    Depois há as chefias, que para além de incompetentes, faltam-nos ao respeito de várias maneiras, que vai dos nomes que nos chamam às ameaças constantes!
    Enfim, podia continuar, há muita coisa ainda por dizer, algum dos meus colegas se quiser que continue!
    Força pessoal, continuem a acreditar que isto vai mudar!!

  23. Pois é, a NSN assim como muitas outras aproveita-se do outsourcing e da crise pra poupar custos. E as condições desde a minha entrada até o dia em que eu saí só pioraram, nunca com a promessa de melhoria. Mas no meio da crise não há como combater, quem não quiser sujeitar-se a isso simplesmente dá lugar a quem queira, já que há tanga gente a precisar de emprego..

  24. Não é justo as pessoas aqui dizerem que isto não é nem assim, porque já deu para perceber que existem várias realidades muito divergentes dentro da própria empresa.
    Na parte da Opitcal Networks, que agora é Coriant, as pessoas não se podem queixar das condições, independentemente dos salários.
    Mas tenho conhecimento que na área de GNOC aquilo é mesmo exploração ao máximo, e também deu para perceber que a administração é mesmo do pior, pelo menos as histórias que se houvem do picoito… el engenheiro!

  25. mentira
    Mentiroso
    Mai 17. 2013

    não é nada assim. Conheço bem porque já lá trabalhei como funcionário e como outsourcer e nunca ganhei menos de 2500€ por mês e era simplesmente um técnico. O que se passa é que muita gente acha que trabalhar lá é ir fumar 10 vezes por dia, navegar no facebook e tomar cafés…

    ESTE DEVE SER O CÃO DE FILA DELES

    Pois tenho 1 familiar lá a ser ESCRAVISADO que só recebe 600€

    1. mentira
      Mentiroso
      Mai 17. 2013

      não é nada assim. Conheço bem porque já lá trabalhei como funcionário e como outsourcer e nunca ganhei menos de 2500€ por mês e era simplesmente um técnico. O que se passa é que muita gente acha que trabalhar lá é ir fumar 10 vezes por dia, navegar no facebook e tomar cafés…

      ESTE DEVE SER O CÃO DE FILA DELES

      Pois tenho 1 familiar lá a ser ESCRAVISADO que só recebe 600€
      ____________

      É verdade, este gajo tem de dizer onde anda a mamar, para ver se somos todos actualizados para os 2500€/mes!!!!!
      Piu piu!

    2. Se lá continua é porque gosta… Se está descontente que arranje melhor. Também há gajos que gostam de levar nele…

  26. A politica de baixos salários em Portugal é e sempre foi baixa. A progressão de carreira passou a ser uma miragem neste tipo de empregos e a crise não é a única justificação, mas também a mentalidade de quem está por detrás. Todos sabemos que os accionistas destas empresas não vêm pessoas, apenas números (lucro).

    O que se está a passar na NSN não é diferente do que se passa noutras empresas onde os trabalhadores são contratados a termo incerto, por valores baixíssimos, são exercidas pressões físicas (aumento e acumulação de horas de trabalho e funções) e também psicológicas a troco de um vencimento miserável. Mas quem aceitou trabalhar na NSN, independentemente do vinculo contratual, já sabia o que ia auferir mensalmente.

    No entanto, isso não dá o direito de “obrigarem” as pessoas a aceitarem cargos para os quais não foram contratados mantendo o mesmo vencimento que recebiam na posição anterior.

    Por exemplo, os Coordenadores e Shift Leader`s (FL&C) que ganham tanto como os AM`s, mas têm muito mais responsabilidades. Shift Leader`s que desempenham as mesmas funções mas uns ganham 600 euros por mês e outros 1000 ou mais.

    Os horários não respeitam as horas de descanso entre turnos, isto aplica-se a todos, sem excepção, traduzindo-se em cansaço físico e psicológico que dão origem a quebra de rendimento, desinteresse pela função e desmotivação.

    O ambiente que se vive é degradante, pesado e conflituoso, acompanhado de faltas de respeito constantes entre colegas, cliente e parceiros diversos, pior que isto só a selva.

    Mas também há quem não mereça os 00 ou 600 euros mensais, por faltas constantes, por serem desleixados e pouco profissionais, esses deviam dar o lugar a quem quer e precisa de trabalhar.

    Há muitos que trabalham bem, aplicam-se, não faltam e a consideração que recebem é praticamente nenhuma. os salários não são revistos e a empresa não aposta na formação continua com vista a aumentar a produtividade dos colaboradores.

    Estamos muito mal nesta empresa, mas cabe a cada um unir-se com o próximo e juntos serão mais fortes. Pensem com a cabeça, sejam justos mas não subservientes nem mal tratados, o tempo da escravatura acabou há muitos anos.

  27. O artigo devia salientar que a Reditus é a outra empresa de outsourcing que com a UpgradeM contrata na NSN colaboradores para as mesmas funções. De referir também que é comum ter ao lado outro colega que faz exactamente o mesmo que tu mas que está a ganhar mais, não tem conhecimentos e é novo na empresa. Justo/legal? Não.

    Pagam-me 600€ para reportar alarmes mas sou obrigado a fazer muito mais tarefas para além das que estão no meu contrato sob ameaça de ser dispensado. AM’s a fazer trabalho de FM e tier2, shift leaders a ganharem 600 quando mandam e controlam AM’s. Justo/legal? Não.

    E que tal as cameras ocultas por cima das posições de trabalho? A maioria dos trabalhadores nem sabem que elas existem. Legal? Claro que não.

    Muito mais para dizer mas já foi colocado noutros posts. Entre o ditador Sr. Picoito e as cunhas venha o diabo e escolha. Posso falar do Sr. José Jesus cuja única e exclusiva função é a de elaborar o horário de um só projecto e nem isso consegue fazer direito. Os horários acabam SEMPRE por ser feitos pelos próprios colaboradores tal é a falta de brio profissional do senhor. Falar ou enviar qualquer questão sobre o assunto com essa pessoa é o mesmo que falar para uma parede. E ganha cerca de 4x mais que eu.

    Como dito por alguém aqui a culpa é dos gestores pois noutros departamentos as pessoas estão bem mais satisfeitas.

  28. Tanta reclamação, como diz o velho ditado, ‘ Quem está mal, que se mude!’

    Muitos miúdos no primeiro emprego, que nem se sabem vestir para ir trabalhar, desde calças de fato de treino, calções e sweatshirts até ao joelho e depois vêm para aqui falar isto e aquilo.
    Ganhem mas é juízo e se reclamam assim tanto que vão trabalhar para outro lado, devem pensar que nas outras empresas é tudo um mundo de rosas!

    1. enfim…se calhar não sabes do que falas mas muitas das pessoas que estão aqui a mostrar insatisfação são pessoas que possivelmente não é o primeiro emprego. Que eu saiba o vestir não é igual a trabalho, posso me vestir mal e trabalhar bastante ou vestir um fato e nem sabe sequer o que estou ali a fazer. Nem tudo é um mar de rosas é claro mas não nos impossibilita de mostrar o que esta mal porque só assim existe evolução. Para mandares tais comentários era preferível estares calado porque pela atitude que demonstras-te nesse comentário também eu podia dizer que és um miúdo se calhar não fisicamente mas mentalmente. Quem está mal que se mude se calhar é mesmo isso que estamos a fazer mas estas pessoas que estão aqui a fazer para que a situação mude para os futuros trabalhadores da NSN, e mais uma coisa, esse pensamento que não se sabem vestir é um pensamento que esta a levar estes empregos a ruína, prefiro levar uns calções e um tshirt para o trabalho do que ir para “inglês ver”. Não e o que levo vestido que faz de mim melhor ou pior trabalhador por isso esse tipo de pensamento e desnecessário.

    2. Ó ‘enfim’ poupe-nos!! isso de como andamos vestidos é tão séc.XX.
      E afinal não se percebe bem porquê mas parece que é das poucas coisas que ainda não foi proibida aí por essas bandas (até parece que os calções e as t-shirts não parecem ser muito relevantes para a folha de Excel)

  29. e depois ha os trabalhadores que se recusam a chegar a horas, acham que se trabalham uma ponte é um ultraje, ficam dignados por nao lhes pagarem feriados mas depois acabam por ver um bonus no ordenado e ficam felizes. para esses nao ha igualdade, esse pessoal que defenda os outsourcing: porque nao pedem igualdade salarial? se calham tem medo de receber menos ordenado…

  30. Falo que pelo menos o GNOC está com condições de trabalho muito más , falta bom senso a certas chefias que nem sequer se importam com o grupo de trabalho apenas esperam que as pessoas falhem para terem motivos para mandarem as pessoas embora para projectos mortos em via de acabarem.
    Espero que este artigo se espalhe que mostre a verdade.

  31. Tirando a parte das horas extra não pagas e as nocturnas também, exactamente igual ao ultimo sitio onde trabalhei… ARVATO BERTELSMANN Portugal, que é nada mais nada menos que o OPERADOR LOGISTICO da VODAFONE, empresa esta por onde passam por exemplo 85% das AVARIAS nacionais possivelmente existentes deste OPERADOR.

    Nem queiram saber as condições é que os vossos equipamentos supostamente avariados andam pessoal, é muito triste mas só dá mesmo para rir…

    E o mais engraçado é que a IMAGEM que a supostamente passa para a VODAFONE é bastante POSITIVA

    Tenho seguido com bastante atenção os vossos posts deste género… Quem quiser dê um olhinho nesta 😉

    Têm muito com que se entreter…

  32. Eu vou trabalhar para a NSN todos os dias e nunca ninguem me obrigou a usar um colete. Aliás muitas vezes até vou de calções e sandálias, e nunca ninguem me disse nada.

    1. é porque não trabalhas no GDC (ex-GNOC). Existem 4 empresas, a Siemens, a Nokia, a NSN e o GDC (não são consideradas pessoas, só numeros).

  33. O que no inicio parecia um sonho veio a tornar-se mais tarde num pesadelo. A verdade é que no inicio quando estava desempregado, aparecer uma proposta da Nokia Siemens Networks parecia encantador…e pelo o que a entrevista tinha sido por 600 euros o trabalho era aceitável e até era visto como uma grande oportunidade de melhorar o meu know-how.
    No entanto mais tarde tudo se veio a descobrir, trabalho em demasia e poucos para o fazerem, mas tudo era de uma certa forma aceitável..tudo o que é novo traz algum trabalho no inicio até estar tudo definido. Só que sabe-se lá o porque de tal, mudou-se toda a chefia que até aquela data estava a fazer um bom trabalho e tratavam-nos como pessoas, e mudou-se para pessoas que mais tarde juntaram-se mais uns e que no fim aquilo parece tudo um bando de agricultores que nem sabem aquilo que dizem…se calhar não deve ser da responsabilidade deles saberem mas certamente uma pessoa que não sabe não vai para perto dos trabalhadores ensinar como se faz depois de termos aguentado o projecto sem formações adequadas e fomos nós sozinhos que adquirimos as capacidades para o trabalho em concreto para depois virem dizer que fazemos tudo mal e com constantes ameaças de despedimento e trocas de lugar com pessoas de outros projectos que se vai extinguir e que não trazem nada de novo ao nosso trabalho…até o ajudam a piorar…mas isso são outras coisas que acho que não tem nada a ver com que se esta aqui a escrever. Obras…ai as obras, lugar de trabalho a levar com pó, fechados numa espécie de aquário sem ar condicionado a trabalhar e com temperaturas altas, já para não falar em algumas 20 pessoas naquela parte todas amontoadas….escusado será dizer que o cheiro e o suor começava a incomodar. Mas com as obras nós tivemos que ir para o andar de cima comer e ir a uma única casa de banho onde a nsn ia sempre, ou seja uma casa de banho para não sei quantas pessoas inclusive os homens das obras, escusado será dizer que aquilo era uma nojeira total..por vezes nos fins de semana nem papel higiénico tínhamos… . Mais tarde tiveram a brilhante ideia de começar a reparar a zona de onde almoçávamos e foi ai que nos deparamos com uma situação..aonde é que íamos comer. Muito bem verificou-se que o sitio onde íamos comer era la fora a chuva e ao frio onde aonde tínhamos um abrigo era dentro de uma parte que ainda estava em obras que mais tarde foi fechada para não estarmos la… Foi então que tiveram a brilhante ideia de mandarem-nos para o parque de estacionamento onde aquele aroma a escape juntamente com o frio chuva que entrava e por vezes a zona onde comíamos estava cheia de agua num espectáculo em que contando não chega para descrever aquele ambiente…É por isto que digo que invés de termos líderes ou mesmo chefes competentes temos um bando de agricultores, sem querer menosprezar essas pessoas que se esforçam para ter comer nos pratos, que olham para aquilo e pensam que sabem, maltratam as pessoas menosprezam todo o trabalho que as pessoas tiveram mesmo sem formações e sem o know-how necessário para aquilo. Coletes…ai os coletes, excelente maneira de fazer uma “identificação” dos trabalhadores e que num dia diziam que temos que estar com os coletes vestidos até la fora e noutro dia em que era proibido sairmos com os coletes..se calhar um certo receio para que não passe esta imagem la para fora.
    Essa pessoa que disse que trabalhou lá e nunca ganhou menos de 2500 euros deve ser uma daquelas que durante a semana vai para a nova zona dos comes e bebes e ficam lá a manha inteira a conversar, riri, beber cafés enquanto os que verdadeiramente trabalham não se importam de ir buscar um café para se sentarem a mesa e trabalharem o que e proibido que até a data nem uma garrafa de agua podias ter em cima da mesa…É verdade que podemos ir fumar 10 ou 15 vezes mas com o que se passa ali e bem normal isso, navegar no facebook é plenamente normal quando não se tem trabalho para fazer até parece que todas as chefias não o fazem..se calhar tu inclusive não o fizeste..
    O trabalho que temos lá dentro e com a pressão toda, os 600 euros não chegam e se calhar quem lê isto pode estar a dizer, epa olha estes gajos a queixarem-se e receberem 600 euros…só vos queria ver ali sentados 1 semana para verem o porque do pessoal estar revoltado.
    Mas irá haver ou existem ainda mais histórias que esta estimada NSN tem para contar, espero eu que o pessoal que está ou esteve a trabalhar na NSN se venha aqui manifestar e que isto passe lá para fora…

  34. Achei este artigo interessante e mais ainda os comentários de vários colegas meus e ex-colaboradores.

    Posso dizer da minha experiência nos ultimoa 5 meses que a unica coisa que se safa mesmo desta experiencia são os colegas que se conhecem e algumas amizades que se criam.

    Desde falta de condições como varios colegas mencionaram relativamente ao barulho de martelos pneumaticos, homens das obras a cantarolar (isto ainda nos faz sorrir) falta de ar condicionado num ambiente com dezenas de pessoas encavalitadas e imenso equipamento informatico, a termos que ir comer ao frio, ao lado de carros a arrancar e consequentemente a deixar os fumos do escape ali, a termos que ser obrigados a ir para o frio e chuva pois nao nos deixam fazer 1 simples telefonema dentro do predio, seguranças que fazem perseguiçoes aos trabalhadores tanto dentro como fora do prédio, até ao facto de estar dentro da casa de banho e ter senhoras das limpezas a entrar e a passear pela wc como se nao tivessemos lá, a sermos constantemente insultados por chefias. Chefias a falar mal de outras chefias, guerras “territoriais” entre chefias com colaboradores no meio a sofrer os danos colaterais, total falta de consideracao pelos colaboradores etc etc etc…

    Não é tudo mau…se tivermos sorte pode-nos calhar um lider minimamente bom tanto tecnicamente como do lado humano e posso identificar uma pessoa que (para mim) identifico como tal, Fernando Carvalho, mas mesmo nisto temos que ter cuidado…muitos dos chefes sao pouco estaveis e podemos passar de bestial a bestas em momentos.

    Este nao foi o meu 1º, 2º, 3º ou 4º trabalho, certamente nao sera o ultimo, nao me visto “mal”, nao chego atrasado periodicamente e quando chego aviso com antecedencia,, nao falto sem justificacao valida (4 x’s) Posso dizer que uso facebook e acedo a outros sites “recreativos” mas faço isto em plena consciencia que tenho o meu trabalho em dia e que tal comportamento nao esta a comprometer em nada o meu desempenho. vejo muita hipocrisia nas cruzadas contra os colaboradores debaixo que sao “apanhados” nos sites visto as proprias chefias os consultarem avidamente e 99.999% dos trabalhadores os usarem…é uma questao de sorte se és “Picoitado” ou nao…

    aos meus colegas….os que precisam desesperadamente como é o meu caso…resistam…aceitem…aos que nao precisam…revoltem-se, organizem-se e mandem o GNOC a baixo…a NSN maltrata e despreza os trabalhadores que a sustenta…sem AM’s e FLC’s o GNOC nao funciona…nao serao certamente as chefias que vao fazer o vosso trabalho. a maneira de resolver isto é com uma semana de “estou doente” coordenada pelos AM’s e FL&C

    ai eles viam como elas doiam…1..2..3…4…5…eles substituem…todos nao.

  35. Todas as irregularidades podem e devem ser denunciadas aqui::

    Sindicato dos Trabalhadores de Telecomunicações e Comunicação Audiovisual
    http://www.stt.org.pt/

    Autoridade para as Condições do Trabalho
    http://www.act.gov.pt/(pt-PT)/Paginas/default.aspx

    Associação de Combate à Precariedade
    Precários Inflexíveis – http://www.precariosinflexiveis.org/

    IMPORTANTE:
    Consultem se as empresas de outsourcing estão a fazer os vossos descontos corretamente para a SEGURANÇA SOCIAL, caso detetem irregularidades, denunciem ao ACT:
    https://www.seg-social.pt/consultas/ssdirecta/

  36. Estou na NSN e entrei como colaborador pela Upgradem. Juro pela minha saúde que quando passei a “interno”, se enganaram a pagar o que deviam (subsídios de férias, Natal e férias não gozadas). Foram cerca de 300€ que ficaram em falta quase 3 meses. Era sempre para o mês a seguir que as contas do mês já estavam fechadas. Tive que me exaltar e relembrar que existem meios legais para resolver este tipo de problemas. Eu dei conta do “lapso”, colegas houve que certamente ficaram pendurados por não reclamarem.

    Como NSN, existe também a política de forçar as prevenções durante o fim de smn. Prevenções essas que nunca me foram pagas e que, na eventual recusa da minha parte, se fazem acompanhar de ameaças de represálias. Fiz prevenções durante a noite que me fizeram estar a trabalhar durante dois “horários” diários e um nocturno e ainda fui repreendido por ao segundo turno diário ter ido para casa mais cedo por exaustão. Exaustão essa que estava a comprometer a qualidade do meu trabalho. O meu cargo não tem turno fixo, daí ainda ser mais ridícula a situação. Quando chegou a minha avaliação, o line manager deu-me parecer negativo porque “trabalhar fins de semanas e feriados não é suficiente! Fazer o que é pedido, não é suficiente! É preciso superar em muito o que é pedido! É preciso vestir a camisola!”. Eles não a vestem, visto-a eu? Putas que os pariu a todos…

    Pode já agora falar-se na obrigatoriedade de se comer na garagem. Situação que durou cerca de 5 meses e que só foi resolvida 3 dias antes de lá aparecer a ASAE. Entretanto o novo espaço, a dita copa, atinge picos de 110 dB de ruído, para não falar que 20 pessoas lá, tornam o espaço apertado.

    É uma empresa que tem tudo para ser boa mas, por chefias e gestores mentecaptos, arrogantes, exploradores e gananciosos, não irá longe (assim o espero).

    1. Sò não concordo com uma coisa aqui dita, se a função do trabalhador é a mesma, vencimentos deverão ser semelhantes, não interessa se é dos cursos de Psicologia ou Telecomunicações.
      Agora se é o melhor para a empresa ter pessoas desses cursos, já não digo nada… ao menos serve para capturar os incentivos do IEFP de estagiários e primeiro emprego.

  37. A perseguição é tão grande que os seguranças mais compreensivos e educados foram todos despedidos para virem para cá gorilas de bar de alterne. Estou sempre à espera de apanhar na cara por parar à frente da porta para atar os atacadores, ou por não ter o cartão o pescoço com a fotografia para a frente, ou por esperar por um colega junto dos elevadores, ou só porque sim…

    1. Isso são as regras do estágio do IEFP, não da NSN. Se calhar é melhor revoltares-te contra o estado…

      De qualquer modo, os estagiários têm tido direito a uns dias de férias, mesmo indo isso contra as regras do dito estágio.
      Mas isso não convém referir, pois há “kem” só saiba dizer (e escrever) mal…

  38. Pessoal… Vão ler a convenção colectiva de trabalho… Está lá tudo o que precisam para se defenderem… Deve estar disponível nos HR.

  39. Em relação as queixas dos casacos, não fazem qualquer sentido existe armários para o efeito não vejo nenhum mal nisso. Em relação as líquidos em cima da mesas. ..basicamente foi uma imposição provocada pelas experiências do passado que o pessoal sujava as carpetes. Em relação às empresas de outsourcing deviam ser proibidas por lei só servem para que meninas com o curso de psicologia ganhem o delas à custa de pessoal formado com cursos aserio. já em relação o que se fala do ambiente é verdade existe um clima muito mau. As pessoas não se sentem valorizadas. Apenas exploradas e como foi dito a porta da rua é serventia da casa. Quando vejo manifestações de funcionários públicos penso que eles nao aguentariam nem 1 dia na NSN. Mas o que mais doeu foi estar a receber um ordenado da treta e ter formação de telecomunicações e ser tratado da mesma forma que pessoas sem formação na área e que não é uma questão de rotina ja não sabem o que fazer. Portanto estou feliz por ter saído.

  40. A NSN PT está dividida em várias áreas, onde se passa muito das queixas daqui é o GNOC onde há turnos e trabalho ao FDS.
    Queixas em relação ao ordenado, é o que há para pagar alguém ver eventos e teclar umas coisas, não esperem grandes ordenados para essas funções, por isso há muitos com 12º ano, basta para isso.

    Mas é verdade que se passa muita coisa duvidosa legalmente bem como degradação do ambiente em todas as secções como já foi referido aqui várias vezes.

    Videovigilância: não há sinalização/avisos que a há, no entanto pode existir nas instalações se não estivar a apontar para um posto específico. E é preciso autorização da Comissão Nacional de Protecção de Dados.

    Como já foi dito, não há horas extraordinárias pagas, se há trabalhao nessa condição, só te dão tempo livre não oficial – embora nos papéis “oficiais” estás na empresa a trabalhar nesse período.
    Isto para além de recolha de assinaturas para oficializar cursos que nunca existiram ou que foi usado um power point – para receberem incentivos indevidos dos contribuintes!
    Infelizmente muitos assinaram os papéis.

    É verdade que os seguranças foram trocados para que um regime autoritário se imposesse, é o espelho das chefias de topo e que se propaga até cá baixo.
    O problema não são regras de não ter casacos na cadeira ou comer no local de trabalho ou fumar fora dos sítios, são as represálias ridículas como despedirem na hora por isso.
    Os serviços estão orgulhosos do “bunker” que é usado como espaço para comer, onde os trabalhadores nem conseguem descontrair por uns minutos tal é o ruído e o espaço exíguo, e só há acesso por escadas – não, não há luz solar.

  41. Vamos a factos.

    O que é descrito no artigo é real mas refere-se maioritariamente ao Global Delivery Center (GDC), grupo tomado de assalto por João Picoito suas cadelas de fila (os cães em breve assumirão as suas posições) : Leonor Almeida, e Catarina Soares.
    A primeira figurava ao lado de João Picoito e Álvaro Santos Pereira em Abril de 2012 quando o segundo exclamava «Este é um projecto de alto valor acrescentado para o país», , destacando que este novo centro «irá dar azo à criação de cerca de 1.500 postos de trabalho», acrescentando que neste momento a NSN e o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) “já estão a trabalhar no intuito de recrutar o mais depressa possível mais de 500 engenheiros em Portugal». Já lá chegarei a como se recrutou e ao que se fez para garantir tranches de investimento público para alimentar a sede de poder e influência.

    Estas, escondidas por trás de aspirantes a cães de fila como José Falé ou Pedro Pedrosa, que dificilmente serão por manifesta falta de confiança do dono, ditam as ordens que vão da falta de ética à pura ilegalidade.
    Estes episódios que se acentuaram desde meados de Junho de 2012 incluem:
    – Recusa em pagar a disponibilidade para emergência, em muitos casos explicitamente contratada.
    – Recusa de pagamento de horas extraordinárias já executadas
    – Tentativa de coação para que a disponibilidade 24×7 fosse oferecida pelos funcionários sem qualquer pagamento, tal como as horas extraordinárias.
    – Trabalho nocturno sistemático sem direito ao respectivo subsídio. Em alguns contratos da Upgradem conseguiram introduzir este valor, mas em outros tal não figura e muitos internos sujeitos a este regime não recebem. Essa realidade é mais visível em alguns grupos como os que fazem upgrades durante a noite de modo sistemático, como o OUC.
    – Destituição de chefias conhecidas como menos alinhadas sem aviso ou explicação comunicada nem aos próprios nem às equipas.
    – Substituição das mesmas por colaboradores que não o desejavam e aos quais tal não foi proposto, apenas comunicado que já estaria em vigor.
    – Tentativas de enxovalho como colocar seniores destituídos de cargos de responsabilidade e com reconhecida valia técnica em funções de principiante, algumas destinadas a recém chegados sem qualquer experiência
    – Coação a colaboradores para assinarem folhas de presença de formações que nunca receberam, para justificar os fundos do IEFP. Neste casos os alegados formadores teriam sido algumas destas chefias, como Catarina Soares ou José Falé.
    – Manipulação do registo de horas (vulgo WTR) para falsificar resultados, por exemplo não imputando as horas que o GDC teria feito para projectos de Portugal, transferindo os custos para outros países reduzindo cosmeticamente os custos da organização no País.

    Tudo exemplos do que o ministro chamava de exemplo, projecto de valor acrescentado. Saberia o ministro que publicitava uma empresa que se preparava para estes comportamentos, aproveitando a impunidade que uma realidade de desemprego crescente lhe traria?

    Estas acções são feitas à revelia do board da NSN mundial e dos valores que eram os da NSN, valores nobres na sua essência.

    Estes factos não nos foram relatados, mas por nós vividos ou presenciados.
    Necessitam ser divulgados e investigados. Partilhem até que as autoridades deixem de assobiar para o lado.

    Este é um grito de revolta de quem não suporta ver uma empresa de valor perder constantemente os seus melhores por que o ar ficou irrespirável.
    Em breve traremos mais deste icebergue à tona.

  42. A NSN é uma vergonha, mas o projecto NEXTEL ja ganhou..

    – Aqui ja trabalhei com um cabo de alta tensão na cabeça.

    – Sem ar condicionado no verão numa sala de janelas fechadas.

    – Copa na garagem, sem poder estar ao ar livre pois apenas era permitido transitr na garagem.

    Sem contar com as condições contractuais fantasticas da Upgradem, que nunca me pagou um feriado.

    Fora o regime filhos da mãe contra filhos da puta,…

    Temos aqui uma grande cozinha, varios taxos, ums maiores outros menores, cada um dentro do seu, os subcontratados que trabalhem e se o projecto sair eu vou para outro projecto.

    1. ^This. De valor foi a formação adquirida com os colegas de equipa e com os técnicos da Nextel. A NSN em Portugal é uma vergonha

  43. Tenho contactos de direção na HQ Nokia Siemens em Finlandia e acabei de enviar o link desta série de comentários para que eles tenham em atenção o que se esta a passar. Confirmaram-me que irão fazer uma auditoria as condições que esta a trabalhar a filial em Portugal, no entanto será uma auditoria sem data oficial de forma a confirmar a veracidade dos factos.

    Obrigado pela divulgação desta situação constrangedora.

  44. Já que se fala em WTR, no ano passado estive 3 meses a meter em WTR projectos onde nunca estive. Para se conseguir cobrar mais aos clientes. Em WTR metia 16 diárias de trabalho quando, alocado a projecto, só trabalhava oficialmente 8.

    1. Como deverias saber os clientes têm que aprovar tudo o que é imputado em WTR, portanto não percebo a relevância do teu comentário.

      Muitas vezes são os clientes que, por uma questão de conveniência (ou preguiça), preferem ter apenas uma pessoa a cobrar as despesas todas dum projecto, ao invés de várias.

  45. Faz agora um ano que entrei para a NSN, entrei para ganhar know how e fazer carreira, pois eu ganhava mais no emprego anterior, mas vi ali a oportunidade de aprender e evoluir. Tento sempre dar o meu melhor a cada dia de trabalho, tento perder o minimo de tempo possivel a beber cafe ou a ir a casa de banho, NUNCA abri o meu facebook no trabalho, mas o que se passa está a desmotivar-me imenso.

    Nunca me pagaram horas extraordinarias, o meu vencimento mal chega a 600 incluindo horas noturnas ou fds, O meu horario tem constantemente irregularidades e apenas o sabemos dias antes do mes começar, horarios esses que são elaborados por um superior que aufere seguramente varias vezes o meu ordenado e que passa o dia na “net”. O meu actual chefe que entrou a meio do projecto a primeira vez que me dirige a palavra, numa frase de 7 palavras usou 2 de caracter ofensivo, e não estou a falar de nenhum tipo de chamada de atenção, era apenas uma questão.
    O problema que ali se vive parece, infelizmente , comum em Portugal em que as chefias se encostam á bananeira e são incompetentes.
    Em relação aos nomes aqui falados, simplesmente subscrevo, tanto para os bons como para os maus. O que me decepciona em relação a isso é que os bons são cada vez mais afastados para dar lugar a cunhas, que são imensas, e que posteriormente usam a sua bananeira tambem.
    Esta é uma empresa de renome internacional que recebeu muitas dezenas de milhões de euros do estado português, mas parece uma empresa de familia para uns e obra escravizada para outros.

    O caso dos salarios vem de um outro problema que é o outsourcing. Não é nenhuma novidade o que é o outsourcing mas aqui estamos a falar de várias ILEGALIDADES cometidas por empresas que pertencem a grandes grupos financeiros portugueses. Esses sim deveriam ser os primeiros alvos deste artigo, pois estamos a falar de centenas de jovens na sua maioria de bom desempenho profissional que entraram com muta vontade e capacidade mas que neste momento estão “entre a espada e a parede”.

  46. aki fica o que diz a lei sobre a cena de alteracao dos horarios e folga. JJ se tiveres a ver isto mama na kinta pata do vitelo.

    As alterações de folga e horário têm que ser comunicadas com sete dias de antecedência, ou seja “ser afixada na empresa com antecedência de sete dias relativamente ao início da sua aplicação” conforme consta no artigo 217º, número 2, do Código do Trabalho.

  47. Segundo o Correio da Manhã de Hoje dia 24/05 a Nokia-Siemens vai beneficiar do Programa de Estágios pagos com 350 estagiários.

  48. Pensamento… se a NSN pagasse mais pelas pessoas que contrata poderia subir os padrões de contratação e a maior parte das pessoas que aqui estão a queixar-se não o fariam porque simplesmente não teriam sido contradadas.

    Uma vez que é uma empresa global… “You get what you pay for”

    E é precisamente este o grande problema da NSN em Portugal actualmente. Mas se calhar é um mal necessário para a subsistência. Só o futuro o dirá.

  49. F….
    que M…., do segurança ao pobre trabalhador eswcravizado todos passam mais tempo no FB q a trabalhar…;-)

    Estou tão revoltado qt vocês mas atenção q é preciso ser minimamente sério não nos podemos queixar dos 600 euros e dp é FB e Utube…;-)

    Fica a proposta, vamos exigir mais euros, espaço,café e bolinhos mas em troca deixamos o FB

  50. Catarina Soares,
    Picoito,
    Jorge Costa,
    Nuno Garrinhas,
    Luis Letras,
    Paulo Gonçalves,

    É SÓ PADREIROS!!!
    Tudo a mamar à conta do profissionalismo e entrega de muita gente ali dentro… Ainda sou do tempo em que a NSN era uma boa escola mas ainda assim as condições já não eram boas! Quer dizer… para alguns… Houve uns quantos que ganharam milhas da TAP (THIS IS BRASIUUUU)

    Hasta luego tios 🙂

  51. Com todo o respeito, isto mais parece dor d cototovelo dos outsourcing por não pertencerem aos quadros da NSN. Se fossem realmente excelentes profissionais não teriam de se sujeitar ao outsourcing e, por ex., estariam nos quadros da PT. Sobre o salário, é muito bem feita, a culpa é vossa e de muitos informáticos, pois quem realmente é bom e não se deixa levar não aceita salários ridículos e prefere ficar em casa ou emigrar ( que é o meu caso e de muitos colegas).

  52. A malta queixa-se mas a copa lá em baixo até é boa… tão boa que ontem até tinha ratos lá a passear no meio da malta.

  53. Na realidade trata-se apenas de colocarem um esquizofrénico como manager ficticio (porque oficialmente o Pereira de Oliveira é o administrador) e ele colocar uma incompetente como chefe dos serviços (Leonor Almeida).
    Como não sabem gerir coisa nenhuma o unico ponto que têm é a repressão aos trabalhadores, o dominio pelo terror.
    Isto dito por alguem até parece exagero mas a realidade é muito pior.
    Então e o chefe dos recursos humanos ? esse comete todo o tipo de ilegalidades, pressiona as pessoas, despede-as e muitas vezes elas mudam de empresa sem saberem, depois fazem reuniões para pressionar os chefes a serem “cães de fila” e andarem a oprimir o resto do pessoal.
    Que me dizem á rapariga externa que foi despedida porque saiu com o colete colorido à rua ? do colaborador que foi chamado a meio da noite para tirar uma coisa de cima da secretária e isto para não falar do passado onde a Leonor Almeida tirou de Portugal áreas apenas porque não as conseguia controlar levando a empresa a ter prejuizo, Portugal a perder a sua influencia e metendo pessoas na rua (sairam de comum acordo).
    Quanto custou o gabinete actual do Picoito ? Porque é que se alterou o orçamento das obras ? então e a politica de carros que serve para os amigos terem mercedes enquanto que aos outros os carros que tinham da empresa e que sempre lhes foi dito que era parte do ordenado foram retirados.
    A politica da exploração de mão de obra conduziu a NSN Portugal a uma demencia quase ridicula quando eram super conceituados juntos dos parceiros no estrangeiro, a qualidade é uma batata embora façam grandes planos e formações para tapar os olhos aos estrangeiros.
    Poderia falar das amantes, dos maridos etc …. algo que quase transformava uma multinacional numa empresa familiar mas pronto isso quem trabalha lá conhece bem.

  54. Gostei de ver que os comentários aqui colocados, alguns com notório conhecimento de causa e eloquência, que é a melhor forma de partilhar a mensagem sem desacreditar a generalidade. Outros nem tanto…

    O que se escreveu por aqui provocou um “Town Hall” onde se chicoteou uma entidade impessoal “Real Estate”. Passaram a ser os culpados de todos os males do mundo. Estranhei não ver nesta reunião o rajá capataz e o pinguim dono de obra, não são estas entidades responsáveis pelo decorrer da obra e alterações constantes? São eles o real estate?

    Destaca-se o aviso, são uns desgraçados: o vosso parceiro já perdeu o trabalho, os vossos filhos saíram dos colégios, a avózinha veio do lar lá para casa e esta crise deixa-vos à beira da bancarrota por isso agora tudo depende de vocês manterem a farsa – foi uma ameaça?

    As condições de trabalho degradantes tendo no entanto especial atenção a detalhes mesquinhos a que as pessoas foram submetidas durante as obras e actualmente. São da exclusiva responsabilidade destes pseudo gestores que, nesta empresa ganharam estatuto por todas as razões menos profissionais. Veja-se a ascensão meteórica da Catavento, recrutada directamente das fileiras para o leito real.

    Motivou um festejo forçado com uma sardinhada para o povinho, confesso que fiquei desiludido por não terem atirado esmolas da mesa vip. O “real estate” esqueceu o chapéu de sol e recearam que o careca entrasse em sobreaquecimento com tamanho banho de realidade: sardinhada no meio de um pátio inacabado onde é proibido comer, fumar e parar mais de 2 segundos. Se falar com algum colega neste espaço arrisca-se a um arraial de porrada por um dos gorilas recrutados do estabelecimento onde ele vai ver o numero da banana.

    Não se fala no assunto na comunicação social, no IEFP que pagou milhares em formações fictícias (será compensação por permitir a tentativa de associação Passos Coelho a tecnologia) e o ACT continua a olhar para a biqueira dos sapatos.

    O rei vai nu! Mas tem todo o mérito porque está consciente que leva o que quer no papo, o grande ladrão rouba às claras para ninguém ver.
    Mas tem pontos ponto fracos. Pederá a vaidade se for mais uma vez rechaçado pela maçonaria? Por incrível que pareça depende deste povo para isso.

  55. A culpa é de quem mete lá gente. A Upgrade M e a Randstad, não se preocupam com a qualidade só com a quantidade.
    Eles gostam é de encher o cu a eles próprios e metem lá os putos anos a anos a fio, sem qualquer aumento, sem qualquer consideração. Assim que a avaliação sai e eles tem de ir se embora, rescindem logo os contratos. A malta tem é de abrir a pestana para as empresas de outsourcing e escolhe-las a dedo.
    Força ai a luta continua.

  56. E as operações de cosmética que se estão a iniciar? Na falta de pao vamos ter circo.
    Sardinhadas…
    houve quem transformasse o seu aniversario em dia da NSN Portugal.

    Siga com estes relatos para os jornais e grupos parlamentares.
    Siga com queixa para o Ethical

    A Leonor, medrosa, ameaca todas as chefias dizendo: se as queixas dos colaboradores continuam a culpa é vossa.
    O Fale como sempre vem ca para fora lamentar-se: a gaja e maluca, eu nem concordo, mas tenho que o fazer.
    Nao muda, uma vitima. Os novos encarregados copiam-no ( olha o Tiago, tão coitadinho)… E o Vitor que la se lixou.

    Pressao alta!

    1. O Fale, ai o Fale… Pelo que se ouviu foi ele que vendeu a cabeça de uns quantos: Nonnato, Luisa… Ou mesmo daqueles que foram muletas dele como o Isaac e o Morgado… Quem não disse amen… Off with the head!

  57. Eu venho agradecer, em meu nome, e em nome dos meus colegas que laboram para a NSN a quem teve a ideia de participar esta situação ao Tugaleaks. Mais ainda, a todos que tiveram o bom-senso de contar as coisas como elas são nos comentários, pois aqui é que está toda a situação devidamente exposta.
    Ainda há gente com bom senso. Não está é nos lugares de decisão na NSN.
    Ainda nada mudou, mas agora eles sabem que não somos uma cambada de ignorantes adormecidos que tudo papam em silêncio.
    O meu muito obrigado a todos! Unidos (ainda que anonimamente) somos mais fortes.

  58. Leonor Almeida… um bom exemplo de como a ascenção empresarial não deve ser. Desta “colaboradora” só retenho:

    – Incompetencia a rodos, como se constata do saltitar de projectos

    – Concistentemente a pior oradora nos Congressos NSN (em adição a ser rebaixada pelo seu chefe perante a audiência)

    – Péssimo trato com os seus colaboradores (reflexo do trato que recebe do seu chefe?)

    Enfim, má tecnicamente, má nas relações pessoais, má oradora, má motivadora… O que justifica a posição que ocupa para além da lealdade?

  59. Estou chocado.. trabalho na área.. trabalhei em PT 4 anos e pensava que era mau e emigrei para a Alemanha.. agora que vejo isto.. só vos digo.. emigrem.. é uma parvoíce e perda de tempo trabalhar em Portugal.

  60. O que me admira é que o fato de neste pais existir tanta entidade e não existir uma entidade que anule todos os contratos do IEFP. Isto é pura exploração desde não pagarem subsídios nocturnos, não existe por parte da Upgrade qualquer discriminação em relação as qualificações das pessoas. Existem pessoas licenciadas em telecomunicações a serem remuneradas como as pessoas que vêm de Eng. Biomédica e não têm a mínima noção de telecomunicações e a NSN cobra aos clientes como experts. Se fosse os clientes da NSN pedia justificações. Nem vale aqui a pena mencionar as perguntas estúpidas que estas pessoas fazem. Enfim a culpa não é deles. Ainda é que acrescentar o mau ambiente generalizado nesta empresa. Em resumo a NSN é uma boa empresa mas só mesmo pelas costas.

  61. Bem já todos concordamos que existem situações ilegais ou no mínimo absurdas e visto que a lei não esta a ser cumprida o próximo passo será enviar emails às entidades de direito. Acho que chegou ao ponto que as ameaças já não são suficientes. Estamos a ser pagos com os dinheiros da UE, não existe qualquer plano de formação é pura fachada, é nos nomeado um orientador de estágio que não existe, nem tão pouco sabe o que andamos a fazer. Eu não quero viver num pais em o estado permite este gasto de fundos. Quando acabar os estágios não existe qualquer formação pois andamos a fazer trabalhos de chinês e não obtivemos formação asério. Andamos a fazer Ugrades noturnos que é carregar num botão. Apenas é feito por nós porque ninguém quer.

    1. realmente são caros, por isso é que agora durante o dia alguns estão apagados, depois as chefias dizem-nos que estão a poupar na fatura mensal, estão é a poupar o desgaste isso sim, senão lá vão mais quase 600€, mesmo com janelas, a iluminação que elas nos dão não nos permite trabalhar com qualidade pois o brilho é tanto que temos de fechar as persianas por causa do reflexo, depois como as luzes estão apagadas não conseguimos ler alguns documentos……..FRANCAMENTE…………

  62. NSN Portugal is currently under an internal audit.
    Time to act:
    It would be nice if the auditors enquired:

    How was it possible that almost no working hours from GDC were transfered on WTR to Portuguese projects on the last months of 2012? As a result the hours were transfered to other projects from Latin America, France or Nordic Countries as the contro was low.

    What is behind the coincidence that almost everybody leaving GDC (to other companies or staying in NSN) were ranked with Improvement Required, despite previous evaluations

    In 2012 people were convinced to sign as if they attended several internal trainings provided by GDC managers. This was done to ensure public funds were given to NSN. Could the auditors enquire some of the “trainers” or “trainees” that left GDC but are still on NSN if they provided or received those training sessions?

    How come that an organization like GDC that provides a lot “out of working hours” support has such a reduced payment of overtime if that is not allowed by the portuguese law?

    How come for several months since 2012 GDC has people booking more than 15 hours a day to some projects? Is it to compensate the enormous external workforce, almost all coming from the same provider (UpgradeM)?

    How come GDC delays erasing external workforce that left NSN from IM master? Is it for headcount cosmetics?

    How many people left NSN Portugal on the last two years compared with the years before?

    People da NSN, façam isto chegar aos auditores! Sem medo! Não é a NSN que não tem valores, o GDC é que está tomado por gente que não tem nem valores nem valor.

  63. O Estado esse Grande PATRÃO
    Os empregados do Estado em Portugal existem fundamentalmente para melhor enganar, aldrabar, vigarizar, desviar e roubar o próprio PATRÃO (Estado) em completa legalidade, impunidade e imunidade pois há que precisar que tudo na Constituição Portuguesa (a fazer passar por deficiente mental o maior dos vigaristas) se encontra reunido de uma forma magistral e exemplar para favorecer, beneficiar e proteger em exclusivo os empregados do Estado e em nada o PATRÃO.
    Os empregados do Estado são todos aqueles que recebem uma remuneração em troca de um suposto ”trabalho” na chamada função pública. Ex. : Presidente da Répública, Primeiro Ministro, Ministros, Parlamentares, Secretários, câmaras, juntas, finanças, militares e etc., etc., etc., etc., etc.
    O engraçado e mais estranho e estúpido nisto tudo é que o PATRÃO (Estado) é o próprio POVO que não tem poder absolutamente algum nas decisões da Répública e nunca terão porque a Constituição assim não o permite ao contrário do poder absoluto dos Políticos que mandam de mão de tiranos e cara de Anjos.
    Impossivel de se encontrar PATRÃO mais condescendente, generoso, ignorante e cego.
    Também por isso é que nunca houve não há e nunca haverá melhor ”emprego” que o de ser empregado do POVO (Estado).
    CONCLUSÃO : Temos que acabar completamente e radicalmente com a Constituição Portuguesa e criar uma nova Répública de raíz ou adoptar um sistema político estrangeiro que se saiba funcionar.
    ASSINADO : Aremando Zarpantário…

  64. É realmente um absurdo estas desigualdades,como se fossem mais “competentes” que qualquer outro trabalhador.

    “Os salários milionários dos apresentadores de televisão

    “Manuel Luís Goucha, da TVI, é o apresentador de televisão mais bem pago em Portugal, com um salário a rondar os 40 mil euros.
    Manuel Luís Goucha é o apresentador de televisão mais bem pago em Portugal. Segundo adianta hoje a revista “TV Mais”, o conhecido apresentador de “Você na TV” ganha cerca de 40 mil euros na TVI.
    A antiga apresentadora da SIC, Fátima Lopes, que se mudou recentemente para a TVI, surge em segundo lugar com um salário na ordem dos 35 mil euros.
    Seguem-se Júlia Pinheiro, Catarina Furtado ( a apresentadora mais bem paga da RTP), Cristina Ferreira, a parceira de Luís Goucha em “Você na TV” e Cláudia Vieira, com salários de 25 mil euros, o apresentador de “O Preço Certo”, Fernando Mendes, com 21 mil euros, José Carlos Malato, Jorge Gabriel e Diana Chaves com 20 mil euros mensais e João Manzarra, com 10 mil euros, adianta a mesma publicação.
    Os mais bem pagos
    40 mil euros”

    http://www.dn.pt/inicio/tv/interior.aspx?content_id=1648007&seccao=Televis%E3o

  65. Olhem bem o nível e a chantagem desta para a corte.
    A propósito, este mail e mais alguma informação relevante já foi partilhado nas respectivas traduções com as pessoas certas.
    Não se enervem!

    From: Almeida, Leonor (NSN – PT/Amadora)
    Sent: Thursday, July 18, 2013 11:04 AM
    To: Prudencio, Miguel (NSN – PT/Amadora); Fale, Jose (NSN – PT/Amadora); Costa, Jorge 1. (NSN – PT/Amadora); Pedrosa, Pedro (NSN – PT/Amadora); Pereira, Paulo J. (NSN – PT/Amadora); Valente, Tiago (NSN – PT/Amadora)
    Cc: Costa, Helena (NSN – PT/Amadora)
    Subject: Reducao de backlog de case handling e melhoria em geral da cooperacao GDM/ Stream

    Estimado team
    Acho que nao estao a levar a serio o tema do case handling
    O futuro das tarefas do GDC passa mto por case handling
    Voces estao a criar condicoes para a Polonia entrar nos nossos casos
    Em extremo isto significa baixar a nossa utilizacao e despedir pessoas em Portugal
    Tiago organiza uma reuniao e quero ver medidas concretas definidas assim como resultados! Plano ate amanha as 12:00

  66. São incompetentes todos incluindo as pessoas que contratam. Sinto me que tive formação numa faculdade aserio para andar a brincar as telecomunicações com pessoas que nao fazem puto do que andam a fazer e receber o mesmo. É um circo.

  67. Friends and colleagues,
    if you want to change anything then stand up and fight! Don’t use only this forum to complain. You need to rise your voice. Get together and write to the local authorities about these irregularities. Write to Eva from GS and put Jose Luis in Cc. Write to the Legal &Compliance department of NSN. If you are scared use a private email but write facts and in a professional way.
    It is in your hands to make a change. Don’t be scared of these dictators!

    Força

  68. Boas, o meu primeiro dia de serviço é já amanhã (dia 4) como estagiário estou de veras “assustado” com o que li, algum conselho? Obrigado

  69. Muitaas coisas do que se diz é verdade, mas tenta te abstrair do que se passa a tua volta e tenta aprender o maximo para basares da NSN assim que puderes

  70. Olá pessoal,
    sinto me a chapar massa com aqueles lindos coletes. Estou a pensar deixar de comprar camisas e começar a investir nas blusas de alças. Sinceramente estão mais em contexto.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder