A notícia que circulou pela Internet este fim de semana, sobre um pastor que tinha “o pénis abençoado”, foi copiada de um site de notícias falsas do Brasil.

A notícia foi criada em primeiro lugar no site da TVI. Dentro dessa notícia podemos encontrar várias informações, todas elas falsas. Procurando no Google por “distribuir o leite sagrado“, um dos termos usados como citação na notícia, chegamos ao blog Jesus Maneiro, onde encontramos um artigo bastante semelhante.

 

TVI e Correio da Manhã copiam notícia falsa de blog humorístico do Brasil

 

Esse artigo, com fotos diferentes do site da TVI, além de como já informamos ser bastante semelhante, está num site que após um olhar profundo ao logótipo e outros factos nos suscitou dúvidas.
Uma outra pesquisa no Google levou-nos até ao site E-Farsas, também Brasileiro, que nos explica e que rebate, ponto por ponto, a notícia.

Na verdade, o blog de onde a TVI copiou a notícia é um blog humorístico que publicou uma história falsa.

Horas depois, o Correio da Manhã copiou a TVI e decidiu também escrever sobre o tema. Algo mais curto, mas também com bastantes semelhanças aos artigos da TVI.

Já ao escrever esta notícia foi verificado que o site Quir também replicou esta falsa notícia.

O Tugaleaks pauta-se pela informação livre. E não podia deixar de assinalar vários pontos e perguntas que na nossa opinião que devem ser esclarecidos como o facto de sequer ser possível a um jornalista escrever uma peça copiada praticamente com “copy paste” de outro site, noutro idioma, sem se aperceber do contexto e de que forma hoje a redação de um órgão de comunicação social funciona em termos da obtenção de notícias.

Este é apenas mais um golpe na frágil estabilidade da informação em Portugal.

 

Existem padres pedófilos mas não este

O que estes e outros órgãos de comunicação social deviam fazer era falar dos factos reais. O Tugaleaks apresenta aqui um vídeo, que ilustra quase o mesmo caso, mas real: um pastor praticou sexo com duas pessoas, uma menor, enquanto celebrava uma missa.

Comentários

10 Comments

  1. Se deu na tvi deve ser verdade.
    Eu não acredito que uma televisão que nos deu morangos, big brothers, casas dos segredos, goucha etc etc publique noticias falsas…
    Que vai o tugaleaks inventar a seguir? Que os titulos do futebol clube do porto estão todos manchados com fruta e chocolatinhos?
    Ou então ainda vão inventar que o passos coelho está a trabalhar para o bancos e não para o povo.

    1. Sabugas, deves estar a gozar… Das duas, tres! Ou não tens a mínima noção do conceito ”média”, ou não tens a mínima noção da realidade da televisão hoje em dia.

  2. Desculpa lá, mas como brasileira, soltou aos olhos a frase “(…) praticamente com “copy paste” de outro site, noutro idioma, (…)”. Até onde sei, apesar das várias influências ao longo da história que língua de Camões sofreu, a pronuncia diferenciada, alguns desacordos gramaticais e afins, ainda, digo mais uma vez, até onde sei, a língua oficial do Brasil é português. Gostem ou não, falemos, nós brasileiros, errado ou não, é o português. E assim, por essa questão de termos em um momento partilhado nossa história enquanto nações, deveriam vós ter algum orgulho do maior país da América Latina honrar a vossa língua! E não falamos outro idioma e nem tupi, falamos todos, para vosso desgosto, português!

    1. Claudia não é necessário ficar tão ofendida com aquilo que foi escrito. A única distinção que estava a ser mencionada era decerto a distinção entre o Português e o Português do Brasil. Esta distinção surgiu devido às poucas – mas existentes – diferenças que existem ao falar um idioma e o outro. Tanto que estas até se podem encontrar, por exemplo, em ofertas de trabalho no estrangeiro ou ao instalar um programa no computador (“Portuguese” e “Brazilian Portuguese”).
      Sou Português e, ao contrário daquilo que sugeriu com a palavra “desgosto”, tenho muito orgulho em que um povo tão grande e rico – em todos os sentidos – como vós comunique entre si com o Português. Contudo, tal como cultura própria que são e tantas sub culturas que albergam, praticam o vosso português, que é distinguido por muitos como o Português do Brasil.
      Não se sinta lesada por alguns diferenciarem. Pode parecer que não,mas é sinal de que a forma de utilizarem a língua portuguesa no Brasil está a ganhar força e independência. Daí ser distinguido.
      Espero que me compreenda.
      Cumprimentos.
      Júlio

  3. Muitas páginas informativas nas redes sociais também apresentam noticias desses sites de humor, pensando que são verdade, não admira nada…. Só mesmo os brasileiros para fazerem destas mer*as; deviam fechar estás páginas e multar os donos que muitas vezes não informam que o site é humoristico.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder