Nos últimos anos cannabis tem sido um tema recorrente na sociedade Portuguesa. Muitos têm sido os debates onde cannabis é um dos temas, desde o “legalize” até à parte em que cannabis pode ser utilizada como uma planta medicinal extraindo alguns dos seus componentes, como o CBD.

Foi por isso que, regulado pelo Infarmed, a Lei n.º 33/2018, de 18 de julho permite a subscrição de produtos de medicamentos, preparados e substâncias com base na cannabis desde que para fins medicinais.
Isto embora há vinte anos, ou seja desde 2001, que a posse de cannabis para consumo individual está despenalizada.

Consumo em Portugal

Cannabis tem tido cada vez mais adeptos em Portugal, sendo que o seu cultivo em massa pode não ser a parte mais legal do mundo, no entanto o uso de sementes para consumo próprio está devidamente regulado. Por isso, ter sementes derivadas da planta cannabis para consumo é perfeitamente lógico para algumas pessoas.
Por outro lado, a consciência tem sido cada vez maior, com várias notícias a dar conta de que as sementes não podem ser cultivadas em massa, devido às apresentações feitas regularmente pela GNR.
Por isso, os Portugueses têm tido a consciência de fazer a escolha certa e legal.

Benefícios do CBD

CBD é um, dos mais de cem, componentes encontrados na planta da cannabis, que tem tido grande aceitação nos últimos tempos precisamente pela forma como têm demonstrado poder melhorar a qualidade de vida de quem toma este produto, em óleo ou em capsulas.
É feita uma extração da planta de cannabis e o CBD é convertido num dos formados ditos anteriormente, e colocado à venda.

O CBD tem, de acordo com vários estudos científicos, benefícios como:
Somo: Para quem tem dificuldade em dormir, o óleo de CBD tem efeitos positivos, e existem mesmo estudos científicos que o provam. O estudo realizado em 2019 e publicado no The Permanente Journal mostrou que quase 70% das pessoas com problemas do sono tiveram uma real melhoria das suas condições ao tomar óleo de CBD.
Ansiedade: Todos nós sabemos que a ansiedade pode trazer problemas não só pessoais como no relacionamento com os outros. O óleo de CBD foi utilizado num estudo em 2011 publicado no Neuropsychopharmacology onde se concluiu que os pre-tratamentos de ansiedade feitos com CBD ajudam a diminuir a mesma.

Estamos a mudar o paradigma?

Se fosse há dez ou vinte anos, muitas pessoas viam o termo “cannabis” como apenas uma droga. Mas não podiam estar mais errados. As aplicações da planta de cannabis para fins medicinais estão ausentes de efeitos psicotrópicos associados ao comum nome da “droga”, o que se considera por isso seguro para consumo e para fins medicinais.
Portugal foi um dos pioneiros na liberalização da planta, e está aos poucos, à medida que a sociedade também se adapta, a permitir um maior conhecimento desta planta à população.

Se ainda não conhece produtos à base de cannabis, considere pesquisa-los pois se forem vendidos para e em Portugal, serão certamente seguros para si.

Ver
Esconder