Fortes ataques falados no Twitter e Facebook fizeram desta operação uma das mais influentes nos últimos tempos.

 

#OperationGreenRights expõe dados de e-mails do governo do Paraguai

 

O colectivo é “novo” e não está associado aos LulZse ou a qualquer outro movimento, pelo menos não oficialmente.
Já colocaram o site monsanto.com offline e lançaram recentemente dois leaks onde mostra dados confidenciais do governo de Paraguai.

Num deles mostra uma lista de correspondências trocadas dentro do Governo de Paraguai. Nessa lista consegue-se ver os cabeçalhos da mensagem, nomeadamente o e-mail de destino, e-mail de origem, assunto e até algum texto.

No outro mostra e-mails, passwords e espaço em disco que as caixas de vários membros do governo de Paraguai, incluindo deputados, têm. Algumas, segundo conversas de chat por várias redes de IRC, ainda funcionam.

Esta acção vem na sequência da tirania, pobresa e falta de condições no Paraguai. Já em 2008 houveram movimentos que ocuparam e bloquearam estradas contra a tirania deste sistema governamental. Mais informações no vídeo abaixo.

Mais informação no Twitter: @OpGreenRights

Ver
Esconder