#OpMegaUpload: ataques continuam e outros sites de partilha “fecham” com medo

Até agora foram quatro dias. Quatro dias de terror para a indústria musical, cinematográfica e para o Governo dos Estados Unidos

#OpMegaUpload: ataques continuam mas outros sites de partilha "fecham" com medo

A #OpMegaUpload foi lançada 15 minutos após saírem as notícias de que o site MegaUpload tinha sido bloqueado pelo FBI. No entanto, não é o único site com “medo” de represálias, tendo já outros seguido o mesmo caminho mas de forma voluntária.

A lista de sites que até agora se mostrou voluntariamente com “medo”, é:

  • Fileserve – fecho de programa de afiliados e remoção de ficheiros duplicados.
  • VideoBB – fecho de programa de afiliados
  • Filepost – começou a suspender as contas que infringem Copyright, tal como o HotFile fez anteriormente
  • Uploaded.to – bloqueou IPs dos Estados Unidos
  • Videozer – remoção da página de programa de afiliados
  • Filesonic – alguns dos ficheiros foram apagados na hora em que foram criados e colocaram uma função de “assinatura digital” para verificar o seu conteúdo (não confirmado)
  • Existe ainda o report não confirmado de que os sites Filejunfle (dos autores do Fileserve e o site Uploadstation também dos mesmos autores estão a apagar ficheiros e alguns utilizadores não conseguem sequer fazer download.

Como se pode ver, o clima de medo instalou-se e a Internet está hoje mais pobre. Os Anonymous por todo o mundo pensam precisamente o contrário.
Mais de 4000 pessoas estiveram no chat do IRC. Mais de 27.000 pessoas abriram o LOIC. Este LOIC tem uma funcionalidade nunca antes vista: não precisas de carregar num botão, precisas apenas de deixar a página aberta para fazeres ataques. Agências de notícias que quiseram describilizar os Anonymous indicam que é um atentado à privacidade das pessoas estar a sujeita-las a um gripe sem o seu conhecimento.

A lista (provavelmente incompleta) dos grandes sites afetados, está disponível aqui e aqui. Estes são apenas os dois primeiros dias. Uma lista em real time pode ser encontrada fazendo uma pesquisa no Twitter por #OpMegaUp’load.

Existem mais sites que ao minut vão sofrendo ataques.

Podes também entrar no chat para conhecer desenvolvimentos em tempo real e é neste chat que se discutem novos alvos.

Acede ao canal #OpMegaUpload na AnonOps

 

A lista aumenta a cada hora que passa. Esta operação, apelidada por alguns por ter sido levada a cabo por “raiva”, confere aos Anonymous um marco histórico na sua ideologia e na sua causa.

Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder