O Tugaleaks é um órgão de comunicação social social verdadeiramente independente. Não temos qualquer publicidade no site. Consulta aqui o nosso relatório de transparência mensal.

Envia a tua denúncia anónima aqui

Foi esta semana um caso bastante falado pelas redes sociais mas já circulavam os rumores na Internet há bastante tempo sobre a ex-mulher de Passos Coelho e a violência doméstica.

A manchete do Jornal O Crime desta semana avançou que “dizem que bateu na mulher”, acompanhado de uma foto de Pedro Passos Coelho. No interior, alguns relatos de vizinhos e polícias.
Uma ex-vizinha, declarava ao jornal que “As confusões eram imensas e a PSP foi chamada muitas vezes. Ela aparecia cheia de nódoas negras no supermercado e dizia que tinha caído”. A mesma vizinha afirma ainda que “Sabe como é, entre marido e mulher ninguém mete a colher… Muitas pessoas sabiam que havia confusão entre o casal”.

 

 Os rumores e as declarações dizem que Passos Coelho bateu na mulher

Já uma fonte do comando da PSP indicou também ao mesmo jornal que “A haver algum registo será em papel e só com muito trabalho se conseguem encontrar. Na altura não havia o actual sistema informático (…)” e que, por ser hoje Primeiro Ministro, “os registos são confidenciais e o acesso a quaisquer elementos estão bloqueados a quase todos os polícias”.

 

A ex-mulher de que tanto se fala é Fátima Padinha, ex-Doce, conhecida como Fá. Foi responsável, com a restante girlsband, por êxitos na década de 70 e 80 como Amanhã de Manhã, OK KO, Bem bom, entre outros.

Circula também pela Internet a informação que Passos Coelho era toxicodependente, em vários sites e blogs como o Porta Aberta. O Jornal não referencia nada sobre esta informação.

O jornal contactou o Gabinete de Passos Coelho que informou que a situação estava “para análiose superior”.

Acompanha mais edições deste jornal via Facebook

 

 

Queixa arquivada contra o Primeiro Ministro

Já no tempo em que era Primeiro Ministro, o Movimento Cívico Tugaleaks, que funciona na página do Facebook com mais de 73 mil fãs, apresentou uma queixa-crime contra Passos Coelho. A queixa, apresentada com base na lei que regula os crimes feitos em cargos políticos (Lei n.º 34/87, de 16 de Julho), acabaria por ser arquivada três meses depois. No despacho de arquivamento podia ler-se que “Não conseguimos descortinar, pois que umas declarações proferidas em Setembro de 2012 que contradigam outras proferidas sobre o mesmo assunto no ano anterior – aumentar ou não a contribuição aos trabalhadores – violem qualquer valor jurídico-penalmemte tutelado.”

 

A aparente protecção do agora Primeiro Ministro pode não ser suficiente para proteger os crimes de há vários anos atrás. Neste caso, prevalece a lei que na altura não considerada a violência doméstica um crime público.

 

E o leitor, o que pensa desta situação?

Comentários

30 Comments

    1. Muito sinceramente essa informação que circula em varios blogs desde o final do ano passado, quanto ao CV do cidadão em causa, não me parece corresponder inteiramente à verdade.

      A maioria das fontes biograficas apontam para algo como o que está expresso no pagina da Wikipédia, ressalvando é claro, um outro resultado que resulte de uma investigação jornalistica profunda e séria.

    1. Meu caro o seu curto comentário teve o mérito de me integrar a palavra “prolapso” no meu léxico vocabular, desde já os meus agradecimentos.

      Mas…

      A deslocação de um órgão tão importante e necessário como o retal para uma qualquer parte incerta do corpo da senhora, apesar de ser monstruoso (e horrível!), não constituiria crime na mesma uma vez que tal não seria punível por lei na altura tal como descrito no artigo.
      Acrescento ainda que se a esposa porventura, e após um qualquer azedume caseiro (e aqui ciúmes parecem-me completamente fora de causa) lhe tive tivesse feito o tal desvio retal invertendo até as leis da gravidade até ao topo do corpo humano (prolapso radical), também esta não seria criminalizada, mesmo que que houvesse suspeitas disso, infelizmente já tardias, aquando da sua notória carreira politica.

  1. Há rumores que dizem que o responsável deste site é lider de uma seita gay e que molesta crianças há anos. Dizem…

    ps: é tão fácil não é ?

    1. Não! Não é assim tão fácil.

      Se existiram agressões ou não, e também se existiram queixas à polícia sobre esses pretensos factos existe um rasto, que a menos que seja “perdido” ou “comido pelos ratos” pode ser comprovado ou não.
      è tudo uma questão de investigação jornalística e de denúncia do bloqueio á mesma investigação , e se o houver dará imediatamente direito a julgamento pelo bom senso de cada um 😉

      Não tendo nada a haver nada com esta questão, tenho para mim que em Portugal os ratos e ratazanas têm uma apetência inusitada por papel escrito e até timbrado!

      1. Bem nesse caso vamos lá mandar os arquivos de papel para Mafra, a bem dizer longe da vista e á mão de semear dos roedores 😛

      2. nesse caso:

        Há rumores que dizem que o responsável deste site é lider de uma seita gay e que molesta crianças há anos. Diz que até ha queixas na polícia e tudo. Diz que é verdade. Votem no Seguro.

    2. HEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEUHEU

  2. Eu não concordo nada com o que o nosso governo anda a fazer a este país, e se queremos deitá-lo abaixo deveremos usar outras armas. Acho que isso da violencia doméstica é muito rebuscado. Quando querem denegrir a imagem de uma pessoa usam sempre o mesmo argumento, ou cometeu um crime xexual abusando de uma menor ou bate na mulher!
    Não acredito nisso!
    Que o Passos Coelho anda a fazer muita “MERDA” é um facto e isso eu discordo, mas não é preciso inventarem sempre as mesmas coisas! Sejam creativos e se querem inventar algum crime para o pôr fora do governo…inventem
    outra coisa mais original!

    1. Cara Isabel Reis

      Esse Cidadão, que aparentemente funciona como um assalariado de interesses que não os de Portugal, criou um surto depressivo nos PORTUGUESES e está a encher os consultórios das consultas da especialidade do foro psiquiátrico.

      Tenho para mim, e por mim respondo, que essa situação depressiva em nada contribui para um saudável desempenho sexual. Não! não é crime! Mas convenhamos que nada ajuda a prestação PORTUGUESA no tacante a esse assunto que tanto empurra a moral de um povo para BAIXO.

      Quando o mesmo Cidadão, encerra escolas, corta verbas sociais às cegas no ensino mais básico, não! Não bate nas criancinhas…mas bate nos pais das criancinhas, não é um abuso de menores, mas os pais esses…sentem-se claramente abusados até com repercussões em partes muito íntimas do corpo!

      Quanto ao resto …se bate nas mulheres?
      Olhe! É aonde calha…calha-nos a todos!

  3. Não gosto do srº em apreço,mas a populaça é capaz de inventar de tudo,quando queremos denegrir alguem que não gostamos,daqui a pouco é um assassino em série.Terá morto alguns 20 ou 30 não???

    1. Caro xpto

      Quando diz :
      “Terá morto alguns 20 ou 30 não???”

      Refere-se ao actual mandato?
      e assim sendo, por subnutrição ou por carência de cuidados médicos?

      Fiquei confuso sobre o alcance da sua questão….

      1. Eu passo a explicar, vocês são burros como cepos. O srº primeiro ministro tem coragem política,se fosse outro estava-se a cagar para isto mas não está como tu até sabes, ó Carlos mas tambem deves ser fp. Por isso não gostas da fruta. Acabou o tempo das vacas gordas.

        1. Folgo muito e do posto de vista cívico, fiquei realmente bastante satisfeito pelo senhor xpto ainda ter Emprego…

          Eu, tambem tenho, felizmente, e se algum azar lhe bater à porta, posso sempre dispensar-lhe , uma ou duas peças de fruta.

          1. Caro Carlos, se algum azar me bater á porta,espero que não,terei que ter paciençia a vida continua,nunca por nunca ser,baixarei os braços e se tiver que emigrar,emigro por que até já o fiz ,em tempos idos.Mas obgr.pela oferta da fruta.

        2. Tive de aqui vir para ser julgado como burro que nem um cepo!

          Isso faz do XPTO o inteligente cá do sítio. Tão inteligente que é/foi, que se imigrar já não será a segunda vez.

          É por gosto… não por necessidade, ou então a necessidade e os seus comentários farão do XPTO o mestre da burrice em cepos! 🙂

          Sabes o que te digo? Põe-te no … antes que o … se ponha em ti!

  4. No pais em ke vivi os U S A os candidatos a kualker cargo antes de serem eleitos a vida dele e da família e toda escalpizada isto aqui e outra loussa aí em Portugal até ladroes são primeiros ministros deviam ter investigado a sua vida antes de ser eleito

  5. Não sei se é verdade ou não. Esta «notícia» está CHEIA de erros de português. Deviam ter alguma vergonha e mais cuidado.

  6. Mas alguém ainda pensa que haverá algum jornalista com tomates, capaz de investigar isto e pôr a boca no trombone???
    Em Portugal nem as penas são exemplares nem a protecção a testemunhas funciona, para além de quem se metesse nisso arriscaria no mínimo, ficar sem emprego, ou levar uma carga de porrada; por isso e como diz o povo e bem: “quem tem cú, tem medo”
    Infelizmente, isto está tudo minado, e enquanto as pessoas não começarem a agir por sua conta, nunca iremos chegar a lado nenhum, e estes filhos da p*** que nos (des)governam (independentemente da cor, pois a m**** é toda igual) vão continuar a f****-nos à força toda!

  7. Se isso é verdade, é caso para dizer, que este é mesmo um verdadeiro FILHO DA PUTA, porque só um filho de uma puta, parido por uma VACA, emprenhada por um BOI é que é suficiente animal para bater numa mulher, e ainda por cima, a mulher que lhe fez juras de amor, este cabrão não é humano é uma BESTA, cobardola, quem bate na sua amada, mais depressa violenta todo um povo!!!…

  8. ah foi tão fácil fazer os burros ACREDITAR que os comunistas comiam crianças…porque algo que pode ser tão verdade, querem crer que é mentira, aí aí burros…

  9. O Estado esse Grande PATRÃO

    Os empregados do Estado em Portugal existem fundamentalmente para melhor enganar, aldrabar, vigarizar, desviar e roubar o próprio PATRÃO (Estado) em completa legalidade, impunidade e imunidade pois há que precisar que tudo na Constituição Portuguesa (a fazer passar por deficiente mental o maior dos vigaristas) se encontra reunido de uma forma magistral e exemplar para favorecer, beneficiar e proteger em exclusivo os empregados do Estado e em nada o PATRÃO.
    Os empregados do Estado são todos aqueles que recebem uma remuneração em troca de um suposto ”trabalho” na chamada função pública. Ex. : Presidente da Répública, Primeiro Ministro, Ministros, Parlamentares, Secretários, câmaras, juntas, finanças, justiça, militares e etc., etc., etc., etc., etc.
    O engraçado e mais estranho e estúpido nisto tudo é que o PATRÃO (Estado) é o próprio POVO que não tem poder absolutamente algum nas decisões da Répública e nunca terá porque a Constituição assim não o permite ao contrário do poder absoluto dos Políticos que mandam de mão de tiranos e cara de Anjos.
    Impossivel de se encontrar PATRÃO mais condescendente, generoso, ignorante e cego.
    Também por isso é que nunca houve não há e nunca haverá melhor ”emprego” que o de ser empregado do POVO (Estado).
    CONCLUSÃO : Temos que acabar completamente e radicalmente com a Constituição Portuguesa e criar uma nova Répública de raíz ou adoptar um sistema político estrangeiro que se saiba funcionar.
    ASSINADO : Aremando Zarpa

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *