Vários sites do PCP e CDU foram ao início do dia invadidos por uma equipa de hacking que ataca alvos governamentais em vários países incluindo Portugal e Brasil.

Mais de 30 subdomínios do PCP e CDU estão offline, incluindo os sites principais. Isto deve-se ao facto da organização dos dois partidos ser semelhante: agrupar cada “assunto” ou local num subdomínio diferente.
A mensagem indica que o ataque é feito “em apoio do activismo Português” e o ataque é reivindicado pela equipa Hightech Brasil Hack Team.

 

Sites do PCP e CDU invadidos esta manhã

 (clique para ampliar)

De notar que o PCP e o CDU estão alojados no mesmo servidor, um servidor da Cgest.
A Cgest é uma empresa em Portugal, vocacionada para empresas, que pratica serviços de “alta qualidade” a preços caros para o mercado.

Os sites principais estão online mas, como exemplo, emigracao.pcp.pt e coimbra.cdu.pt estão ainda com o deface.
A lista completa dos defaces pode ser encontrada no pastebin ou no Zone-H (página 1 e 2)

Agora que os políticos estão a vir de férias, será que o activismo online não dará descanso aos sites dos partidos?

 

Ver
Esconder