Um novo grupo de hacktivistas promete deitar abaixo o Pingo Doce e lutar contra a fuga fiscal e corrupção.

Depois da EDP, o Pingo Doce decidiu aliar-se ao mercado internacional já que a crise em Portugal fez com que aparentemente as marcas dos Portugueses comecem a transformar-se em estrangeiras.

O grupo tem uma atividade hacktivista à semelhança do AntiSecPT e denomina-se como Freedom LTD. Tem Twitter e canal de IRC (#FreedomLTD1 na AnonNet) e promete não só ao Pingo Doce mas também a outros sites, continuar a fazer ataques contra a fuga fiscal e a corrupção.

Pingo Doce: site offline e protestos nas redes sociais
clica para ampliar

O site esteve intermitente entre o offline e online, porém o grupo não esconde a possibilidade de continuar o ataque no dia de hoje.

Este ataque vem na sequência das noticias veiculadas na comunicação social em como o Pingo Doce tinha mudado a sua cede para a Holanda. No site, agora online, o pingo doce tem um comunicado a negar a situação.

 

As redes sociais pedem boicote

O Facebook e Twitter pedem por boicotes. No Facebook existem diversos grupos como este. Já no Twitter a hashtag #pingodoce parece ter também opiniões desfavoráveis à mudança anunciada como “fuga ao fisco” por alguns órgãos de media tradicionais.

Por último, no YouTube já circula um (dos vários que se vão seguir, provavelmente) vídeo sobre o assunto:

Ver
Esconder