Prenderam as mãos do taxista, arrancaram e ao fim de 400 metros o taxista morreu. O vídeo que está a indignar o mundo e a exigir reforma da polícia na África do Sul.

 

VÍDEO: polícias na África do Sul arrastam taxista por 400 metros em rua alcatroada

 

Mido Macia era um emigrante Moçambicano que vivia na África do Sul. Por ter estacionado o carro no lado errado da estrada, e à frente de várias dezenas de pessoas que gritaram contra esta atitude, teve o fim à sua vida.
Vários polícias, alguns sem uniforme, ataram as mãos do individuo a um carro da polícia e percorreram cerca de 400 metros. Mido Macia acabaria por falecer quando já numa cela foi morto á pancada por mais polícias.

Esta é uma notícia que tem chocado o mundo e que pede reforma urgente na polícia da África do Sul que tem tido várias críticas não só nacionais como internacionais.

Em Portugal alguns jornais falaram do assunto. O Público falou da situação, mas aparentemente na edição online a fotografia saiu “enganada”, porque o homem estava vestido de vermelho. A Agência Lusa recolheu declarações de Fernando Fazenda, embaixador moçambicano na Africa do Sul onde dizia que “Fiquei horrorizado com as imagens”.

 

 

Ver no YouTube

Comentários

10 Comments

  1. Há uns anos atrás esta imagem seria apelidada de,racismo,colonialismo,barbarie dos brancos exploradores.E agora?Um país dominado por NEGROS,governado por NEGROS e isto que se vê feito por NEGROS contra um NEGRO…

    1. Meu amigo, nada tem haver a cor. o Racismo está na diferenciação entre um e outro, e o Fim do racismo acontecerá quando pararmos te tratar como Brancos e Negros, e todos forem humanos. no Caso acima isso é comum, Várias culturas, que julgo eu serem atrasadas, cometem atrocidades bem pior, DeepWeb tá ai para mostrar, o humano em sua maioria, é sujo e cruel, se quer mudar alguma coisa, comece por você.

  2. Tal facto a aconteçer aqui no buraco imundo e corrupto,seria punido com uma admoestação talves pena suspensa,sem expulsão claro,agora na terra dos pretos vá se lá saber o que se passará.

  3. afinal o gajo foi arrastado 400 metros e morreu (na linha 1)
    e depois foi morto a pancada numa cela ( na linha 6 e 7)
    ?????
    é como os gatos com varias vidas, eu nao percebi bem ou qualquer coisa nao bate certo?

    a minha opiniao é que acho um acontecimento normal para quem resiste a policia. culturas diferentes comportamentos diferentes.
    no Brazil nem tens direito a banco é mesmo para o porta bagagens que os detidos vao.

    e por fim quem fica chocado com isso anda a dormir, porque choque é no seculo 21 haver tantas crianças que morrem a fome

  4. A sério que acabei de ler este comentário??
    Manelanas, vives em que planeta?
    É normal e humano (por muito que se tente resistir a policia), ser arrastado 400 metros amarrado?
    ser espancado ate a morte??

    cura-te o problema esta em pessoas como tu, que pensam assim.. por isso e que fizeram o que está explicito no video… devias de ter vergonha de ter dito isso!!!

    1. ya André, com essa conversa de menino vejo logo que nunca foste preso com certeza, nem nunca levaste com o bastao da policia. eu ja as duas coisas e sim é normal (na cultura deles como é obvio) como noutras culturas uma gaja que trai o marido é morta a pedrada. ou noutras que simplesmente se tem fome matam-te e comem-te. só te afectou eu dizer que é normal levar um gajo assim a boleia? o facto do gajos morrer duas vezes de maneira difrente nao te desperta curiosidade? esse ponto é que eu queria que reflectisses
      e as crianças que morrem todos os dias a fome tb é de outro planeta secalhar? :/
      nao percebo o ha pa curar em pessoas como eu que procuram a razao de uma noticcia, ao contrario de pessoas como tu que vao viver na novela dessas mesmas noticias que sao esqueçidas ao fim de um mes, mas poucos percebem porque realmente ela apareceu nessa altura..
      quero dizer com isto que daqui a uns tempos podemos ver o que se passa no outro lado do mundo outra noticia e possamos trocar outras opinioes e ai dizeres se isto é ou nao normal.

      ja agora vergonha é apanhar e ser roubado 😛
      abraço

  5. Em Portugal sabem quantos agentes da autoridade ou outros equiparados mataram civis á queima roupa ou fora do serviço em casa ?

    Imaginem só , pensem e procurem vão ficar espantados !

    Estou mais preocupado com FASCISTAS em Portugal e cada vêz são mais ;

    A pouco e pouco vão se vendo as maneiras Fascistas que levaram a revolta dos Africanos contra Portugal .

    Eles , os mesmos de sempre lá no Topo adoram ter soluções de escravidão mal paga para solucionarem de forma bárbara o que na idade Média era normal .

    Ele não manda os filhos , enteados , amigos ou próximos fazer o que ele não faz , tal como o outro do BPI , é tudo fácil . Até podem dizer um dia , se os Ronaldos e Mourinhos , etc. são bons porque não sou tambem , aguentamos !

    Só que cada qual é como cada individualmente e enquanto estou aqui a perder tempo com isto , para eles interessa que não se fale da forma criminosa como eles pilham o Estado a cada segundo e levou Portugal para esta podridão besta !

    )

    “””

    Salgueiro defende plano de emergência para desempregados.

    Económico com Lusa
    03/03/13 11:00

    Um plano temporário, que pode até implicar ver desempregados com graus académicos na construção civil ou a limpar matas.

    O economista é membro do Conselho Económico e Social e foi ministro das Finanças no governo de Pinto Balsemão, no início dos anos 80. Em entrevista ao Dinheiro Vivo e à TSF, defende que é preciso ocupar quem está desempregado, sem medo de “pôr mãos à obra”.

    O desenvimento do emprego passa pela atração de investimento produtivo que “pague salários altos em funções qualificadas”, mas entretanto há urgência em trabalhar: “isto não vai absorver a mão-de-obra toda de repente”. “O Keynes dizia até – essa frase ficou célebre – ´ponham metade dos desempregados a abrir buracos e a outra metade a tapá-los`. O que interessa é que estejam ocupados”.

    Apesar do elevado número de desempregados, João Salgueiro defende que há áreas em que faltam pessoas para trabalhar: “Há falta de pessoas para cuidar dos idosos. Há todos os anos incêndios porque as matas não estão tratadas. É assim tão complicado pôr as pessoas a tratar das matas?”.

    Claro que esta não é a opção desejável, acrescenta o economista, mas é preciso ocupar as pessoas até o país recuperar e criar emprego.

    “””

    1. E porque colocar pessoas que trabalharam a vida toda e recebem subsidios de m* a limpar mata, quando outras “pessoas” que roubam essas, matam e muito mais vao para a prisão (se forem…) passar férias? porque não colocar esses a fazer trabalhos comunitários? incluindo politicos corruptos? talvez assim isto mudasse um pouco..

  6. Olá boa tarde eu vivo na África. Do sul e tive acesso de perto a algumas imagens não passadas pelos veios de comunicação social e posso adiantar não ser caso único neste país para além de aqui a força policial ser altamente corrupta também estes tenham um ódio de estimação pelos “negros” vindos de fora. Este não é um caso único nem isolado. Muitos destes casos nem passam na televisão ou são reportados nos jornais. Existe racismo neste país mas já não é entre negros e brancos mas sim em negros e negros.

  7. Não é em Africa é em PORTUGAL !!!

    E ?

    Aqueles que nã ose sabem e ficam por baixo da mesa ???

    “””Ex comandante do posto da GNR de Coruche julgado por crimes de tortura.”””
    Lusa
    16:55 Sexta feira, 8 de março de 2013

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder