Está a ser montada uma equipa que se prepara para abater políticos, advogados e pessoas da Maçonaria e Opus Dei. Alguns do PSD também estão na lista.

 

Após a grande contestação que a aprovação do OE2013 e de sabermos que o que o FMI pediu não foram tantos sacrifícios como o Governo de Passos Coelho pediu bem como das inúmeras manifestações organizadas contra a aprovação deste orçamento, vem-se agora saber que existe em Portugal uma equipa organizada que pode estar a tentar eliminar alguns destes políticos que o aprovaram.

O primeiro sinal de que isto estaria para acontecer foi dado pelo Jornal O Crime na edição de 25 de Outubro pelo jornalista Carlos Tomás. Nela, constava a seguinte notícia, que dava conta de empresários que se estariam a munir de armas e explosivos vindos de Espanha.

 

Políticos do PSD com cabeça a prémio após aprovarem o OE2013

 

Há algumas semanas que a escolta policial de determinados pessoas da Assembleia da República, a maioria Ministros, também tem sido aumentada.

O segundo sinal veio quando dia 28 foi feita uma reunião na Costa da Caparica com vista à invasão da Assembleia da República no dia 1 de Dezembro. Apareceram 5 pessoas, mas via Facebook continuam os preparativos num grupo fechado ao qual o Tugaleaks teve acesso. Outras reuniões podem ser marcadas até lá.

 

A ameaça parece mais séria

Nos últimos dias o Tugaleaks recebeu informações de que alguns dos políticos do PSD poderiam estar nessa lista. Mais tarde, em grupos de discussão privada (como os que defendem entrar na Assembleia da República sem aviso e pela força, ou os que defendem o mesmo no Palácio de Belém ou os que queriam organizar uma visita á casa de Passos Coelho com paus e pedras) circulavam listas “resumidas” com os mesmos nomes e moradas que apareceram há alguns meses na Internet no entanto filtradas pelos responsáveis do OE2013 dessa lista. Um exemplo de imagem pode ser visto aqui, com o link para a respectiva fonte.

 

Políticos do PSD com cabeça a prémio após aprovarem o OE2013

 

A lista de militantes do PSD continua online

A lista, datada de 2010, dos militantes do conselho de Lisboa do PSD ainda está disponível na Internet, em vários locais como em ficheiro Torrent. Na altura, o PSD disse que ia “apresentar queixa por desconhecidos” (fonte) mas até agora não resultou em nada, pois o ficheiro continua online e em vários locais na Internet.

Esta lista, segundo indicado ao Tugaleaks, serviu para mais facilmente localizar alguns alvos a abater e circular em grupos fechados.

Os mesmos que fizeram a lista podem não ser os mesmos empresários da notícia do crime, mas a opinião é certa… a caça ao homem está a ser montada.

 

Serão estas as FP-25 modernas e conseguirão concretizar o seu objectivo?

Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder