Quando Passos Coelho falava das pensões altas e dos cortes, será que se estava a referir também à função pública?

A. M. vive no Norte de Portugal. Tem 74 anos e sempre viveu do campo. Não sabe se descontou, pois sempre viveu do campo. Sabe assinar mas ficou pela 4ª classe O Tugaleaks falou com A. M., uma pessoa simpática que pelos anos de vida que viveu já não se preocupa com política, “já não tenho idade para isso”, diz ela.
Recebe uma reforma de pouco mais de 300EUR. Com isso, e com a ajuda dos filhos, paga a casa onde habita, comida e sobretudo medicamentos. Felizmente não tem nenhum problema crónico, renal ou outro. Não precisa de gastar tanto dinheiro em medicamentos como outas pessoas da mesma idade gastam.
É uma sobrevivente deste país.

 

Função pública chega a ganhar mais de 4000EUR de reformas

 

Há alguns dias Passos Coelho afirmou que algumas pensões “não correspondem ao valor dos descontos que essas pessoas fizeram”. De quem estaria ele a falar?

Na mesma notícia pode ler-se que “Mas há 5% dos pensionistas, que são mais de metade do regime público, que recebem em média muito mais do que o dobro e na sua maioria não descontaram na proporção do que recebem hoje”.

A Caixa Geral de Aposentações, um organismo da Administração Central, publicou recentemente uma lista de várias páginas de reformados e pensionistas, no Diário da República pelo Aviso 11789/2012.

Isabel Liça, Técnica de Apoio Parlamentar, vai receber 1.112,36EUR de reforma. Já Adélia Sardoeira, Adjunta do Chefe das Finanças, vai receber 2.576,47EUR. O Chanceler António Marques vai receber 3.087,97EUR e António Meireles, Capitão de Mar e Guerra, vai receber 4.892,95EUR.
Estes são apenas exemplos de uma extensa lista que pode ser consultada no DR.

Como sempre, Pedro Passos Coelho é extremamente vago nas suas declarações. Não sabemos quais são as pensões que vão efetivamente sofrer cortes.

Noutro ângulo, Cavaco Silva vai ter um corte de 5.000EUR na sua pensão, que segundo registos públicos era de 11.000EUR.

Será este o Estado Social do qual Passos Coelho fala, onde um “simples” Funcionário Público ganha quase tanto como um Presidente da República? Qual será a solução para o verdadeiro Estado Social?

Ver
Esconder