José Sócrates processou dezenas de jornalistas por “perseguição” e pede 250 mil euros. Mais recentemente, ganhou um tacho na indústria farmacêutica.

Sócrates voltou à actividade mas longe de Portugal. O homem que tirou uma licenciatura ao Domingo e que possivelmente poderia ter forjado documentos, voltou ao ativo depois de ter ido estudar para França como noticiou a SIC há uns meses.

 

Sócrates processa jornalistas e ganha tacho na indústria farmacêutica

 

Segundo o Jornal O Crime na edição de 7 de Fevereiro, José Sócrates processou dezenas de jornalistas, com enfase no Correio da Manhã,. E o dinheiro que receber, pretende doar a uma instituição de solidariedade social. Segundo o semanário, “São 14 jornalistas do CM, incluindo todos os directores do diário, que constam no processo cível que tem título de romance: “O contexto de uma perseguição”. São cerca de 80 páginas onde Sócrates afirma ter sido atacado pelo jornal assim que assumiu o Governo em 2005 e que de acordo com o processo, continuou após deixar o cargo e foi estudar filosofia política para Paris”.
Segundo as próprias declarações citadas também pelo jornal O Crime, o Correio da Manhã visou “criar uma imagem extremamente negativa e estimular o ódio dos leitores através de manchetes e artigos sensacionalistas”. Pede assim, por “danos morais”, 250 mil euros. O seu advogado é Proença de Carvalho, homem forte na justiça Portuguesa que participou em grandes casos como Herança Sommer.

 

Já no dia de ontem o Correio da Manhã (será que este vai ser mais um processo de difamação?) colocou uma manchete onde apelidava de “tacho” uma reunião que eventualmente culminou em emprego para José Sócrates. O diário explica que “No início do ano aceitou o convite, formulado há cerca de oito meses, para ser presidente do Conselho Consultivo para a América Latina da multinacional suíça Octapharma AG. Foi já como dirigente da empresa farmacêutica que esteve numa reunião em Brasília com o ministro brasileiro da Saúde, Alexandre Padilha, no dia 5 de fevereiro”. Segundo o CM garante, não existem ligações a Portugal e José Sócrates ficará apenas com o “emprego” de consultor para a América Latina.

Para mais informações sobre ambas as notícias, deixamos o link para download das notícias em formato PDF.

 

Download das notícias referenciadas

Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder