Conhecem aqueles sindicatos como a CGTP e a UGT? Pois, o Tugaleaks juntou-se a nomes como este e fica no “guia turístico” da CIA sobre o nosso país. Somos líderes, dizem eles.

CIA

Apelidado de “a Web site that has become a mouthpiece for publicizing diverse protest action”, o Tugaleaks está listado no The World Factbook, uma guia da CIA disponível publicamente no seu website onde podem ser vistas algumas informações sobre Portugal de um ponto de vista mais estratégico e estatístico.
Estamos listados na parte de “grupos políticos de pressão e líderes”.

Tugaleaks mencionado na CIA

Agradecemos a menção, exepto o facto de não termos ambições políticas ou de liderança, mas recusamos tais argumentos claramente exagerados.

O Tugaleaks é um projeto que nasceu nos finais de 2010 no auge das publicações da Wikileaks por achar que faltava algo semelhante em Portugal. Não somos “leakers” de coisas ilegais, mas por vezes somos perseguidos pela nossa própria fama por pessoas e instituições que não nos querem ver suceder.
Nada fazemos além de expor a verdade de uma forma que os media da atualidade não o fazem, com medo de não agradar á redação ou por própria negação da redação em fazer tais notícias, com medo de algo que nem nós imaginamos.
Somos livres. Respiramos a liberdade e denunciamos corrupção.

Somos o Tugaleaks e não somos lideres de nada!

Comentários

10 Comments

  1. “No worries”… A CIA também dizia que existiam armas de destruição maciça no Iraque…
    Continuem a denunciar de forma isenta a corrupção dos nossos políticos e tachistas e borrifem-se para o resto!

  2. A CIA é apenas e só uma fanática seita político-religiosa, atrasada mental! (Não confundir com deficiência mental). Assassinos, ladrões, mentirosos, pulhas e perseguidores do seu próprio povo, é isto a CIA! Hoover era tão cobarde que nem da barraca saía, sendo severamente criticado pela própria mãe. Nunca passaram de uma seita anedótica. As anedotas nos USA começam quase sempre assim: «era uma vez um tipo da CIA…» Isto diz tudo sobre essa gentalha rídicula. Lol.

  3. Mas não pensem que o Tugaleaks é internacionalmente conhecido. Esse guia é uma espécie de directório. Aposto que foi o Rui Cruz que submeteu o seu próprio site! E eles nem sabem português, por isso acreditam em tudo…

  4. Ou então, o dotado hacker, tão temido pelos media pelo seu jornalismo honesto (tão honesto que não esconde que tem o 9º ano, como se pode ver pelos erros ortográficos), entrou no site da CIA e pôs no guia o seu próprio site! Cuidado, ele é perigoso.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder