O Tugaleaks é um órgão de comunicação social verdadeiramente independente. Não temos qualquer publicidade no site. Consulta aqui o nosso relatório de transparência mensal.

Envia a tua denúncia anónima aqui

Depois de estar dedicada ao jornalismo, entrou no PSD e recentemente arranjou trabalho no Governo. E o povo? “ai aguenta aguenta”.

Costuma-se dizer em gíria popular que quem tem telhados de vidros não deve atirar pedras. As recentes declarações de Fernando Ulrich sobre os sem-abrigo bem como outras proferidas meses antes estão na ordem do dia e a indignar a maioria dos Portugueses.

 

Esposa de Fernando Ulrich trabalha no Governo desde 2011, e também “aguenta”

 

Uma investigação feita ao passado familiar de Ulrich deixou-nos com a resposta do “ao aguenta, aguenta”. A esposa de Ulrich estava numa carreira de jornalista quando entrou para o PSD onde as suas funções desde 1979 era a gestão do Gabinete de Comunicação desse mesmo partido.

Em 2011 integrou um gabinete semelhante, mas na Presidência da República, conforme pode comprovar esta informação do Dário da República e publicada sexta-feira no nosso Facebook.

 

Esposa de Fernando Ulrich trabalha no Governo desde 2011, e também “aguenta”

 

No final do ano passado Ulrich informou os Portugueses que Portugal “aguenta” mais austeridade. Há alguns dias, firmou que “se os Gregos aguentam uma queda do PIB de 25% os Portugueses não aguentariam porquê”.
O presidente do Banco que teve lucros em 2012 na ordem dos 249 milhões de Euros e que a esposa trabalha no Governo com um ordenado acima da média dos Portugueses, não pode comparar os Portugueses em dificuldades com a vida que lhe pode acontecer, pois não há comparação possível.

 

 

 

Comentários

5 Comments

  1. O roubo dos salários está agora a ser desviado para camuflar o BPN e os tipos que andam a mamar ainda ordenados de 50.000 euros por mes !

    O roubo dos salários jamais serve para desenvolver Portugal , mas sim para o continuado bandidismo político !

    Abram os olhos !

    Votem nas mesmas seitas sempre que eles agradecem .

    Leiam a tese de doutoramento Manuel Monteiro e vejam se não votarem não existe Assembleia da República , morre !

    Preocupem -se em retirar as pessoas dos bancos de fome , mas mais fácil é meter os casais sem rendimento para depois lhe gamarem os filhos , para tráfico de seres humanos !

    Investiguem para onde vão milhares de crianças retiradas aos pais por ano , já que os lares tem sempre a mesma lotação .

    EXISTE TRÀFICO HUMANO EM PORTUGAL !!!

    “Seg. Social pressiona grávidas a abortar”

    In “SOL”

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder