Circula na Internet um vídeo viral em que o popular vídeo de aniversário do  Facebook é substituído por um vídeo do Governo onde se recorda alguns momentos desde 2008.

O vídeo, que se está a tornar viral nas redes sociais, é uma montagem da adesão do Governo em 2008 ao Facebook e inspirado no recente vídeo criado pelo Facebook que junta os nossos melhores momentos e nos incentiva a partilha-los na rede social.

 

O vídeo do aniversário do Facebook, visto na prespectiva do Governo Português

No campo das “Primeiras Angústias” é msotrada a Troika a chegar a Portugal, os cortes nas pensões e o despedimento de funcionários públicos,.
Nos piores momentos, é mostrada a dívida do BPN, a utilização do fundo de segurança social para pagar a dívida pública, os cortes salariais, os cortes na educação,
Para a parte do vídeo destinada a “o que nos roubaram”, o vídeo mostra as parcerias público privadas, os despedimentos de professores, fotos do parlamento, de notas de euro e de manifestações em frente á Assembleia em cadeiras de rodas.

 


O vídeo foi criado por João Pico, editor de vídeo na Sport TV.

 

Este, no Facebook, afirmou que o vídeo “não foi um sucesso”, e explica porquê:

 

Quando Portugal está a perder ninguém sai a ganhar. Pelos milhares que já viram e partilharam a mensagem, confirmamos que a angústia de uns afinal é de todos. A prisão em que nos encontramos deve ser convertida em cadeia de solidariedade. A sociedade civil tem urgentemente de acordar e repor o equilíbrio perdido nos últimos tempos. Cada um de nós é governo. Cada um de nós é eleitor. Todos carregamos o peso da responsabilidade, mas acima de tudo a virtude da acção. Nas escolas, nas repartições de finanças, nos centros de saúde e nos hospitais, nos centros de emprego, no cinema mais perto de si, na leiloeira em Londres, na fila do trânsito, nos estádios de futebol, nos estaleiros, nos bancos, no santuário de Fátima ou na tasca do Manel – cada cidadão tem de fazer o que lhe compete: mais e melhor.

 

Para partilhar o vídeo diretamente no seu mural partilhe através deste link.

Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ver
Esconder